Follow by Email

terça-feira, 22 de maio de 2018

AÇÃO DE FORMAÇÃO, Faro



Elaborar candidaturas para financiamento ou angariação de fundos para projetos de intervenção social
O acesso a fundos para financiamento da intervenção social é cada vez mais competitivo e marcado pela capacidade das equipas em demonstrar as suas competências e as das organizações de onde provêm para assegurarem uma intervenção social estruturante. Há um conjunto de desafios que se colocam: saber quais as fontes de financiamento mais adequadas para responder aos problemas emergentes e aos recursos existentes, analisar o modelo de intervenção financiável e quais as condições de elegibilidade, desenhar a estrutura da intervenção e planear de forma detalhada a sua execução. Apesar de cada programa de apoio ter as suas especificidades, há uma matriz de elementos comuns ou muito similares entre si que devem ser assegurados para procurar um maior sucesso em relação ao acesso a esse financiamento. Por um lado, alguns desses elementos traduzem a estrutura tradicional inerente à metodologia de projeto – realização de um diagnóstico orientado para os problemas que se querem resolver, definição de finalidades, objetivos, ações, delimitação de um orçamento coerente e razoável com a proposta de intervenção. Por outro, cada vez mais se exige a capacidade de delimitação de metas e resultados tangíveis, a identificação dos fatores de inovação e de sustentabilidade da intervenção. Esta ação de formação procura informar o grupo de participantes sobre as várias estratégias que pode ser utilizadas para melhorar a apresentação de propostas de intervenção social, de forma a procurar assegurar o financiamento necessário à sua execução.



OBJETIVOS
Com esta ação de formação pretende-se:
- Refletir com o grupo de participantes sobre estratégias que possam utilizar na realização de candidaturas de projetos de intervenção social;
- Melhorar as competências na estruturação de uma candidatura, de forma a aumentar as possibilidade de acesso aos financiamentos disponíveis.


CONTEÚDOS
·         Pesquisar fontes de financiamento e de angariação de fundos
·         A leitura do «caderno de encargos» - legislação, regulamento, condições de elegibilidade e guião de candidatura
·         Desenho do projeto – versão de trabalho
·         Estratégias para a construção de um diagnóstico orientado
·         Desenho da intervenção e a utilização de matrizes de coerência e de pertinência
·         Pensar a inovação e a sustentabilidade da intervenção
·         Contruir metas e resultados mensuráveis
·         O desenho do orçamento da intervenção



DIAS   19 e 20  junho
HORÁRIO 10/13h  e 14.00/17h
DURAÇÃO 12 horas
LOCAL Olhão
INSCRIÇÃO Associados da EAPN Portugal: 30€ // Não associados: 50€

PÚBLICO-ALVO Dirigentes, Profissionais e Voluntários/as de organizações de intervenção social ou qualquer pessoa interessada.
Dinamizadora: Vanessa Duarte de Sousa é licenciada em Sociologia e Planeamento e Mestre em Planeamento e Avaliação de Intervenções Sociais. É assistente convidada na Faculdade de Economia da Universidade do Algarve e tem vindo a realizar consultoria e formação para o desenho de diagnósticos e planos de desenvolvimento na área social. Tem experiência na realização de candidaturas para a implementação de projetos de intervenção social e na pesquisa de fontes de financiamento.

INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES Ficha de Inscrição em anexo // A Ficha de Inscrição pode ser fotocopiada

Após confirmação da sua inscrição, o pagamento deverá ser efetuado por transferência bancária, numerário ou cheque (à ordem de EAPN – Rede Europeia Anti-Pobreza/Portugal, Associação).

As inscrições são limitadas a 25 participantes e devem ser realizadas até ao próximo dia 12 de junho  para:
EAPN Portugal / Núcleo Distrital de Faro
Rua D. Jerónimo Osório nº 5,  2º Dto, R/C Dto, 8000-307 Faro
T: 289 802 660 | Tlm: 936 873 911 | Fax: 289 802662 | n.faro@eapn.pt

Sem comentários:

Enviar um comentário