Follow by Email

terça-feira, 24 de abril de 2018

“Singular do Plural” é uma exposição fotográfica itinerante, agora, em Castelo Branco


“Singular do Plural” é uma exposição fotográfica itinerante, agora, em Castelo Branco

Aceite o nosso convite!
Foi inaugurada em Junho de 2016, no Porto e, agora, corre cidades. 20 profissões. 20 pessoas. 20 ciganos e ciganas. Para quê? Para desmistificar um plural - “os ciganos”-, supostamente representativo de uma entidade coletiva apenas imaginária, e quase sempre negativa, que procura classificar o todo ignorando as partes. E, maioritariamente, responsável pela manutenção de estereótipos negativos que alimentam a discriminação social e as suas maléficas consequências.

A EAPN Portugal / Rede Europeia Anti-Pobreza acredita que o combate à discriminação passa necessariamente por uma intervenção que promova um maior conhecimento sobre a realidade dos cidadãos portugueses ciganos, pois a sua ausência contribui, consequentemente, para a manutenção e o agravamento de alguns estereótipos e preconceitos altamente negativos.
Contrariamente àquilo que o cidadão comum pensa, as comunidades ciganas são heterogéneas relativamente à sua composição, situação social, estilo de vida e comportamentos, embora se reconheçam como membros de uma cultura e identidade assentes num conjunto de valores, crenças e costumes. Muitas vezes as generalizações têm presente especificidades e características comuns que são atribuídas a estes cidadãos, mas que, na maior parte dos casos, não coincidem com uma grande parte da realidade individual destas pessoas, ou que assentam em representações deslocadas no espaço e no tempo. É isto que justifica o título deste trabalho: “Singular do Plural”.

“Singular do Plural” é também uma publicação da autoria de Maria José Vicente (textos) e Sérgio Aires (fotografias) insere-se na campanha nacional da EAPN Portugal, “A Discriminação é Falta de Educação”, lançada em abril de 2016 e apresenta 20 testemunhos reais contados na primeira pessoa e que nos relatam diferentes trajetórias de vida, falando dos seus percursos, das suas experiências, dos seus desejos e da sua forma de entender a sociedade. Testemunhos acompanhados de fotografias, com o objetivo de confrontar os leitores, de forma gráfica, com a mesma mensagem que se pretende transmitir com os testemunhos. Procura-se, no fundo, e assumidamente de forma provocatória, incentivar um olhar diferente.

Aceite o nosso convite!
+ info:
Paula Montez
EAPN Portugal/ Rede Europeia Anti - Pobreza
Técnica do Núcleo Distrital de Castelo Branco
castelobranco@eapn.pt
Biblioteca Municipal de Castelo Branco - 2º Andar
Campo Mártires da Patria (antigo Quartel da Devesa)
6000 - 000 Castelo Branco
Tel. 272 328 333 Fax. 272 328 334 Tlm.965 918 476
www.eapn.pt

Sem comentários:

Enviar um comentário