Follow by Email

quarta-feira, 27 de maio de 2015

Workshops formativos sobre Planeamento Estratégico e Coesão Territorial

Workshops formativos sobre 
Planeamento Estratégico e Coesão Territorial

Em Braga - inscrições até 11 de Junho

A realização de dois Workshops formativos sobre Planeamento Estratégico e Coesão Territorial, dirigidos aos técnicos(as) superiores dos SAAS e das entidades parceiras dos NLI da sub-região do Cávado é mais uma iniciativa organizada pelo Núcleo Distrital de Braga da EAPN Portugal, o Centro Distrital de Braga do ISS-IP, a CIM do Cávado e os Municípios de Amares, Barcelos, Braga, Esposende, Vila Verde e Terras de Bouro.

O 1º Workshop dirige-se aos técnicos(as) dos SAAS e NLI de Amares e Braga e será realizado nos dias 18 e 25 de junho, no GNRation (Braga). O 2º Workshop terá lugar nas instalações do Município de Vila Verde, a 19 e 26 de junho e destina-se aos técnicos(as) dos SAAS e NLI de Barcelos, Esposende, Vila Verde e Terras de Bouro.

 Objetivos:

- Aumentar e consolidar competências técnicas para melhorar e manter a regeneração e a inovação da intervenção social baseada no planeamento estratégico;

- Aumentar a sustentabilidade da intervenção do setor social através do conhecimento de pontos críticos e oportunidades que gerem coesão territorial e combatam a pobreza e exclusão social.

A participação é gratuita, mediante inscrição prévia, até 11 de junho para: braga@eapn.pt

 + INFO:

Isabel Amorim

EAPN Portugal/Rede Europeia Anti-Pobreza

Núcleo Distrital de Braga

braga@eapn.pt

Rua Ana Teixeira da Silva, n.º 34, 1º Esq.

4700-251 Braga

Ensinar Responsabilidade durante as Férias


Ensinar Responsabilidade durante as Férias

 " O Núcleo Distrital de Santarém da EAPN Portugal, tem vindo a desenvolver , no âmbito da Parentalidade, nomeadamente no Projeto Família + irá promover o 2º de um ciclo de Workshop sobre está temática em Parceria com o Agrupamento de Escolas Dr. Ginestal Machado

 Este evento decorrerá no dia 04 de junho, às 17.30 horas, no auditório da Escola Secundária Ginestal Machado na Praceta Bento de Jesus Caraça, Santarém, e tem como tema enquadrador: Ensinar Responsabilidade durante as Férias;


 Conteúdos:

 •Porque é que o castigo nunca resulta a longo-prazo?

 •Qual a verdadeira origem do mau comportamento?

 •Descobrir de que forma a ordem do nascimento, a rivalidade entre irmãos e as respostas dos adultos influenciam a personalidade da criança

 •Aprender a substituir a luta pela negociação

 •As férias também são para si: aprenda a gerir o stress e a cuidar de si própria(o)

 Oradora: Cristina Valente, autora de várias publicações nesta matéria.

 Destinatários: Pais/Avós/Encarregados de Educação de crianças e jovens

 As inscrições são gratuitas mas obrigatória para o e-mail/telefone abaixo mencionado.

 + info:
 Ricardina B. Dias

Técnica do Núcleo Distrital de Santarém

 EAPN Portugal/Rede Europeia Anti-Pobreza

 santarem@eapn.pt

 Rua Prior do Crato, nº 2 ,

2005-364 Santarém

Telefone: 00351 243306279;

www.eapn.pt

Aconteceu no Núcleo Distrital de Santarém



Realizou-se no passado dia 21 a reunião  mensal de Associados/ Parceiros do Núcleo Distrital de Santarém da EAPN pORTUGAL. Para além da partilha de práticas institucionais  realizou-se uma sessão de esclarecimento sobre o Mercado Liberalizado de Electricidade e Gás Natural. Foram oradores convidados Susana Pestana e João Posseiro da Delegação de Santarém da DECO.
Estiveram connosco vários Associados Parceiros e ainda o Presidente da APPACDM, Sr. Luís Silva Amaral. Associe-se a nós e participe nas próximas atividades.

  + info:
Ricardina B. Dias

Técnica do Núcleo Distrital de Santarém

EAPN Portugal/Rede Europeia Anti-Pobreza

santarem@eapn.pt

Rua Prior do Crato, nº 2 ,

2005-364 Santarém

Telefone: 00351 243306279;

www.eapn.pt

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Baú da Cidadania



“A inicativa Baú da Cidadania: Porque podemos e queremos construir um mundo mais solidário e inclusivo!,  promovida pelo Núcleo Distrital de Leiria da EAPN Portugal / Rede Europeia Anti-Pobreza em parceria com o Projeto de Leitura Inclusiva Partilhada (PLIP) do Instituto Politécnico de Leiria, continuam a ser enriquecida, agora com mais uma história: O frigorífico da Magui, de Lois Brandt. O escritor procurou com este livro chamar a atenção para a questão da pobreza infantil, bem como desenvolver iniciativas que ajudassem a transformar palavras em ações.


O Baú da Cidadania insere-se no âmbito da iniciativa Escolas Contra a Pobreza e pretende, através de diversos livros infantis inclusivos e/ou que trabalham as temáticas da inclusão, desenvolver com as crianças e suas famílias, valores assentes nos princípios da igualdade, solidariedade, não discriminação, respeito pelo outro e pela diferença.

Caso a vossa organização e/ou Escola esteja interessada em integrar esta iniciativa e receber um Baú temático para dinamizar junto das crianças durante um período de 3 semanas, poderá contactar-nos para:

+ info:
Núcleo Distrital de Leiria da EAPN Portugal
Rua Miguel Franco, lote 8, 102, loja 1 e 2
2400-191 Leiria
E-mail: leiria@eapn.pt
Tel. 244 837 228  

Projeto Click – arranca o desafio de promoção das competências de empregabilidade



Projeto Click
arranca o desafio de promoção das competências de empregabilidade 

O projeto Click- ativar competências de empregabilidade já se encontra em desenvolvimento e é um dos grandes desafios e apostas da EAPN Portugal em 2015, no âmbito do Acordo de Cooperação com o IEFP, IP, estando inclusivamente a ser alvo de avaliação através do projeto Impacto Social.

Entre 27 de Abril e 14 de Maio tiveram lugar as duas primeiras sessões junto dos 4 grupos com os quais estamos a trabalhar:
2 grupos de desempregados de longa duração entre os 35 e os 55 anos, um com elevadas qualificações e outro com baixas qualificações (Figueira da Foz e Évora, respetivamente).
2 grupos de jovens NEET, um com elevadas qualificações e outro com baixas qualificações (Santarém e Porto, respetivamente).

Nestas duas sessões iniciais foram trabalhados um conjunto de dinâmicas que nos permitiram a realização de um balanço das competências dos participantes. Este conhecimento mais detalhado dos mesmos serve-nos agora de base às fases posteriores, desde logo ao desenho de todo o programa do projeto e à adequação do perfil de potenciais empregadores com os quais iremos iniciar contacto, numa primeira reunião agendada para inícios de Junho.

Brevemente teremos mais novidades e será disponibilizado um site de acompanhamento do projeto com especial destaque para a ponte entre a oferta e a procura de emprego.

Para mais informações contacte, por favor:
Coordenadora: Graça Costa - graça.costa@eapn.pt
Liliana Pinto - liliana.pinto@eapn.pt
Claudia Albergaria - claudia.albergaria@eapn.pt
Telefone: 225420808


quarta-feira, 20 de maio de 2015


AÇÃO DE FORMAÇÃO, Castelo Branco


AÇÃO DE FORMAÇÃO
Estratégias de Intervenção no Processo do Luto: Método Comunicacional, Acompanhamento e Apoio nos Utentes, Familiares e Colaboradoras


CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS
1. O que é o luto? Caracterização e sintomatologia do luto. Fases do Luto. Luto normal e luto patológico
2. Especificidades do luto nas diferentes faixas etárias: Infância/ Adolescência Idoso.
3. Formas comunicacionais adequadas no processo de luto nas diferentes faixas etárias e intervenientes (utentes, familiares e colaboradores)
4. O luto e a deficiência: Acompanhamento e intervenção (utentes, familiares e colaboradores).
5. Prevenir, acompanhar e intervir de forma adequada nas diferentes faixas etárias e intervenientes (utentes, familiares e colaboradores).
6. Formas comunicacionais adequadas no processo de luto nas diferentes faixas etárias e intervenientes (utentes, familiares e colaboradores).O luto e a deficiência: Acompanhamento e intervenção (utentes, familiares e colaboradores). Prevenir, acompanhar e intervir de forma adequada nas diferentes faixas etárias e intervenientes (utentes, familiares e colaboradores)
7. Estudo de casos. Treino prático de competências e conhecimentos adquiridos


DIAS 4 de junho de 2015
HORÁRIO 10h00 às13h00 e das 14h30 às 17h30
DURAÇÃO 7h
LOCAL Biblioteca Municipal de Castelo Branco
INSCRIÇÃO Associados/as da EAPN Portugal: 15€ // Não associados/as: 20€
PÚBLICO-ALVO Profissionais da área social, ajudantes de ação direta, encarregadas gerais
ÁREA DE FORMAÇÃO 762 – Trabalho Social e Orientação
MODALIDADE DE FORMAÇÃO Formação contínua de atualização
FORMA DE ORGANIZAÇÃO Formação presencial
CRITÉRIOS DE SELEÇÃO Prioridade a associados/as da EAPN Portugal // Número de ordem de receção da inscrição
CERTIFICADO DE FORMAÇÃO Presença obrigatória em pelo menos 80% do total da duração da ação e aproveitamento no final da formação.
FORMADORAS
Sofia Rodrigues, Psicóloga Clínica e Psicoterapeuta
 As inscrições são limitadas a 25 participantes e devem ser realizadas até ao próximo dia 2 de junho para:
EAPN Portugal / Núcleo Distrital de Castelo Branco
Campo Mártires da Pátria, Biblioteca Municipal 6000 – 000 Castelo Branco

Telefone: 272328333 / Fax: 272328334 / castelobranco@eapn.pt

terça-feira, 19 de maio de 2015

1.ª reunião de planeamento das V Jornadas de Economia Social


1.ª reunião de planeamento das V Jornadas de Economia Social

 “Realizou-se, na passada semana, a 1.ª reunião de planeamento da quinta edição das Jornadas de Economia Social, promovidas pelo Núcleo Distrital de Leiria da EAPN Portugal em parceria com 10 organizações associadas – ABEP; ADESBA; ADSFAN; APEPI; ASSISTE; Centro Comunitário do Landal; InPulsar; Liga Social e Cultural Campos do Lis; Mulher Século XXI e Vida Plena.

 Daremos mais notícias em breve!”


 + info:
Patrícia Grilo
 Técnica do Núcleo Distrital de Leiria
 leiria@eapn.pt
 EAPN Portugal / Rede Europeia Anti-Pobreza
 Rua Miguel Franco, lote 8, 102, loja 1 e 2
 2400-191 Leiria
 Tel. +00351 244 837 228 Fax: + 00351 244 837 229
 www.eapn.pt

ACONTECEU NO NÚCLEO DISTRITAL DA GUARDA


ACONTECEU NO NÚCLEO DISTRITAL DA GUARDA

 " O Núcleo Distrital da Guarda da EAPN Portugal participou na Feira do Emprego, Empreendedorismo e Qualificação organizada pelo CLDS+ Guarda que decorreu nos dias 13 e 14 de maio no NERGA, na Guarda. Para além da presença com um stand expositivo, o Núcleo ainda dinamizou uma sessão de apresentação sobre a Experiência-Piloto “Coaching para a Empregabilidade”.


 + info:
 Cátia Azevedo
 Técnica do Núcleo Distrital da Guarda
 guarda@eapn.pt
EAPN Portugal / Rede Europeia Anti-Pobreza
 Largo Paço do Biu, N.º 19
 6300-592 Guarda
 Telemóvel: 964 764 067
 Telf: 00351 271 227 506 | Fax: 00351 271 227 507
 www.eapn.pt

EAPN Portugal promoveu debate na Assembleia da República


A Sala do Senado foi, ontem, palco de um debate promovido pela EAPN Portugal, para o qual foram convidados, entre outros, os líderes dos partidos políticos com assento na Assembleia da República e representantes da sociedade civil.
Sob o signo de um “Compromisso para a definição de uma Estratégia nacional de Erradicação da Pobreza”, o debate visa dar a conhecer as intenções do grupo de trabalho, criado pela EAPN Portugal, face à necessidade da criação de uma Estratégia Nacional para a Erradicação da Pobreza e Exclusão Social e, por outro lado, ouvir as propostas dos programas eleitorais dos partidos políticos relativamente a esta temática.

sexta-feira, 15 de maio de 2015

Urge uma Estratégia Nacional de Erradicação da Pobreza


Urge uma Estratégia Nacional de Erradicação da Pobreza 

 EAPN Portugal promove mais um debate no sentido da concretização

No próximo dia 18, a Sala do Senado é palco de um debate promovido pela EAPN Portugal, para o qual foram convidados, entre outros, líderes dos partidos políticos com assento na Assembleia da República e representantes da sociedade civil.
Sob o signo de um “Compromisso para a definição de uma Estratégia nacional de Erradicação da Pobreza”, o debate visa dar a conhecer as intenções do grupo de trabalho, criado pela EAPN Portugal, face à necessidade de uma Estratégia Nacional para a Erradicação da Pobreza e Exclusão Social e, por outro lado, ouvir as propostas dos programas eleitorais dos partidos políticos relativamente a esta temática.

A EAPN Portugal dinamiza um grupo de trabalho sobre o tema da pobreza e da exclusão social que, ao longo dos últimos meses, realizou vários encontros com vista a refletir sobre o impacto da crise sobre os direitos das pessoas em situação de maior vulnerabilidade social, a somar ao dos fatores tradicionais de pobreza e exclusão.

Este grupo denominado “Estratégia Nacional de Erradicação da Pobreza e Exclusão Social” reúne um conjunto de entidades de âmbito nacional e personalidades de reconhecido mérito na área da investigação dos fenómenos da pobreza e exclusão social e tem por objetivo influenciar os órgãos de decisão politica e a opinião pública em geral para a premência da criação de uma Estratégia Nacional que promova a erradicação da Pobreza e Exclusão Social.

«As Eleições Legislativas que se avizinham constituem um marco importante no futuro nacional. Acreditamos que as próximas eleições podem marcar a diferença através de uma aposta clara na coesão social, onde os direitos dos cidadãos são protegidos e onde a luta contra a pobreza e a exclusão social se assume como uma prioridade na agenda política», diz o Padre Jardim Moreira, presidente da organização.

«Uma estratégia desta natureza não cabe nos limites da ação de um ministério. Pela sua natureza transversal às áreas de governação e relevância à luz do bem comum, o combate à pobreza e exclusão deverá situar-se no âmbito da Presidência do Conselho de Ministros, e contar com a ativa participação de toda a sociedade, no desenho, implementação e avaliação das políticas e programas», explica o presidente.

No dia 18 de maio «queremos iniciar este debate quer com os responsáveis políticos quer com a sociedade em geral. Os últimos 25 anos têm sido caracterizados por um crescimento muito acentuado da Pobreza e da Exclusão Social, acompanhados por uma quase total ausência de empenhamento político e visão estratégica para o contrariar. Bem pelo contrário, quando mais a Pobreza cresce, mais se tem insistido e reforçado a visão que a promove e intensifica. Se em alguns momentos determinadas decisões parecem querer contrariar este processo (foi o caso da Estratégia de Lisboa e, mais recentemente, do Pacote de Investimento Social), a verdade é que as decisões de nível macroeconómico se mantêm inalteradas, ou, pior, se afastam ainda mais de qualquer possibilidade de resolução do problema, estando apenas disponíveis para a promoção de medidas de assistência, e mais recentemente, de emergência social», reitera Padre Jardim Moreira.

Este grupo de trabalho está consciente de que uma estratégia como a que defendem não está alheada do contexto mundial e europeu. E que uma Estratégia Nacional terá, forçosamente, de ser enquadrada por ações de nível europeu e internacional. Ao nível mundial, as Nações Unidas estão prestes a definir um novo enquadramento global de luta contra a pobreza, baseado em 17 objetivos e cujo primeiro é a erradicação da pobreza em todas as suas formas (objetivos de desenvolvimento sustentáveis) cuja aprovação – ou não – será em Setembro próximo.

Ao nível europeu, em particular na União Europeia, estas matérias estão consagradas no Tratado de Funcionamento da União Europeia, pois é sua competência orientar e coordenar políticas públicas, particularmente em matéria de emprego e combate à pobreza e exclusão social, mas a definição das medidas a tomar permanece uma competência exclusiva dos seus Estados-membros. «Embora discordemos desta visão e decisão, porque a produção da Pobreza não resulta apenas da ação de um Estado-Membro em particular, e sim da dinâmica económica a que ele está sujeito pela sua participação na União Europeia, e defendamos por isso que a erradicação da Pobreza ultrapassa em muito as competências nacionais, ou seja, defendemos a urgência de uma Estratégia Europeia para a Erradicação da Pobreza, insistimos que é possível e indispensável que Portugal adote uma Estratégia Nacional para a Erradicação da Pobreza», afirma o presidente da EAPN Portugal, acrescentando que «a pobreza não é uma inevitabilidade. É o resultado da escolha de um modelo de desenvolvimento económico que privilegia o lucro do capital financeiro e favorece a concentração da riqueza, a corrupção e a perigosíssima polarização da sociedade. Se queremos vencer o desafio da erradicação da pobreza no nosso país, é urgente que se tomem medidas políticas sérias, à luz do que está consignado nos Direitos Humanos, para salvaguardar as pessoas que se veem privadas de exercer a sua plena cidadania e dignidade. Mais do que assistir pontualmente, com ações avulsas, é necessário concertar políticas para ações globais duradouras e justas. O modelo que insistentemente perseguimos pode produzir riqueza e crescimento – mas apenas de uma pequena minoria. A não distribuição da riqueza e, bem pelo contrário, a sua concentração, só poderão agravar os problemas», explica o Padre Jardim Moreira.

Daí que a EAPN Portugal defenda que uma estratégia de erradicação da pobreza requeira medidas de carácter transversal, salientando que quer nas causas, quer nas soluções, a pobreza depende tanto ou mais de políticas sociais quanto de políticas económicas e infraestruturais. Uma estratégia correta de erradicação da pobreza implica alterações profundas nas prioridades que presidem à noção de desenvolvimento.

+ Informação: 
comunicacao@eapn.pt
EAPN Portugal/ Rede Europeia Anti-Pobreza /Rua Costa Cabral, 2368 /4200-218 Porto / Tel. + 00351 225 420 800 Fax: + 00351 225 40 32 50 Tm.96 6493341

quinta-feira, 14 de maio de 2015

AÇÃO DE FORMAÇÃO, Vila Real


I Workshop Parentalidade, em Santarém


I Workshop Parentalidade, em Santarém

 “Como Educar no Século XXI: o papel dos Pais”

 O Núcleo Distrital de Santarém no âmbito do trabalho que tem vindo a desenvolver no domínio da Parentalidade promove o I Workshop sobre está temática em Parceria com o Agrupamento de Escolas Sá da Bandeira. Este evento tem lugar no dia 22 de maio, às 18 horas, no auditório da Escola Secundária Sá da Bandeira, na Rua Dr.ª Maria Inês Schäller Dias, em Santarém.

 O encontro é subordinado ao seguinte tema:

 “Como Educar no Século XXI: o papel dos Pais”, com o orador especialista Jorge Rio Cardoso.

 As inscrições são gratuitas mas obrigatórias

 xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

 Carta Aberta da autoria de Jorge Rio Cardoso:

Caros Pais, Avós e restantes Encarregados de Educação,

 “ Sei aquilo que sentem, não só porque também sou pai, mas, porque ao longo destes últimos anos passei por algumas centenas de escolas portuguesas.
Assim, o título “Pais à Beira de um Ataque de Nervos” é o reflexo daquilo que verifiquei no terreno: pais a fazerem os maiores sacrifícios pela educação dos seus filhos, mas, em simultâneo, a sentirem alguma frustração pelos resultados não serem exactamente aqueles que esperavam.
Tive, pois, para além de toda a investigação universitária que fiz, a oportunidade de debater as várias problemáticas que se colocam aos educadores nos dias de hoje. E que inquietações são essas?
Em resumo, são as seguintes:
 • Qual a origem das más notas e as melhores formas de ultrapassar essa situação?
• Quais as melhores formas de o motivar para o estudo?
• Como controlar o seu défice de atenção e concentração?
 • Como lidar com a sua impulsividade e agressividade (e, muitas das vezes, a má educação)?
 • Como estimular a sua criatividade?
 • Como o ensinar a lidar com a frustração e ultrapassá-la?
 • Como acabar com a sua embirração com a Matemática ou outras disciplinas?
 • Como impor regras e disciplina sem repressão?
 • Como melhorar o seu relacionamento interpessoal?
 • Como o educar com valores?
 • Como lhe estimular aprendizagens exigentes, mas motivadoras?
 • Como conseguir que seja emocionalmente apto?
 • Como treinar a sua autonomia e responsabilidade?
 • Quais as regras que devem impor para o uso de tablets?
 Foram todas estas questões que procurei responder ao longo deste livro, através de:
 • Mais de 50 exemplos de aplicação;
 • Mais de 70 conselhos práticos;
 • Mais de 30 depoimentos de especialistas e investigadores.
Com o livro “O Método Ser Bom Aluno, ‘Bora Lá?” conseguimos aquilo que parecia impossível, chegar a níveis de melhoria de classificações na ordem dos 30 %. Todavia, sabemos que, com o envolvimento dos Pais, essas melhorias poderão ser potenciadas.
Assim, este livro pretende, ainda que modestamente, transmitir aos pais os conselhos e formas de atuação para que possam fazer do vosso filho um melhor aluno, ou seja:
 • Motivado para o conhecimento;
 • Com valores de Cidadania;
 • Preparado para a vida e para trabalhar com os outros.
 O mundo mudou profundamente nas últimas décadas. Hoje é reconhecido que é essencial possuir competências metacognitivas (criatividade, pensamento crítico, foco na resolução de problemas, comunicar bem, criar empatia, relacionamento social). Ora, este livro procura, precisamente, ajudar os pais a trabalharem melhor estas competências até porque se baseia em práticas inovadoras, baseadas no desempenho concreto de tarefas.
Por último, desejo, que os múltiplos conselhos dados ao longo do livro, possam surtir efeito no seu educando, não só para o vosso bem, mas com um passo para tornar um mundo num lugar melhor.

  + info:
 Ricardina B. Dias
Técnica do Núcleo Distrital de Santarém
 EAPN Portugal/Rede Europeia Anti-Pobreza
 santarem@eapn.pt
 Rua Prior do Crato, nº 2 ,
2005-364 Santarém
Telefone: 00351 243306279;
www.eapn.pt

terça-feira, 12 de maio de 2015

AÇÃO DE FORMAÇÃO, Viseu



AÇÃO DE FORMAÇÃO

 “Conceção de candidaturas a projetos de intervenção social- Portugal 2020”, a decorrer nos dias 3 e 4 de junho na APPACM em Viseu


+ info:
José Machado
Técnico do Núcleo Distrital de Viseu da EAPN Portugal
EAPN / Portugal- Rede Europeia Anti Pobreza
viseu@eapn.pt
Rua Dr. Cesar Anjo, Lote 2 R/C F
3510-009 VISEU
Telefone:232468472  Fax:232468474
www.eapn.pt

Compromisso para a Definição de uma Estratégia Nacional de Erradicação da Pobreza


Mesa Redonda: Compromisso para a Definição de uma Estratégia Nacional de Erradicação da Pobreza

As Eleições Legislativas que se avizinham constituem um marco muito importante para o futuro nacional. Num contexto de recessão económica, as políticas macroeconómicas baseadas na austeridade conduziram a um agravamento do desemprego e das situações de pobreza e exclusão social em Portugal. Portugal enfrenta hoje enormes desafios no que diz respeito à coesão social, à igualdade na distribuição do rendimento e à salvaguarda dos direitos humanos fundamentais. Acreditamos que as próximas eleições podem marcar a diferença através do estabelecimento de um compromisso nacional para (re)construir uma coesão social onde os direitos dos cidadãos são protegidos e onde a luta contra a pobreza e a exclusão social se assume como uma prioridade na agenda política.

Neste contexto e com o objetivo de debater o programa dos vários partidos políticos no domínio da pobreza e da exclusão, a EAPN está a organizar uma  Mesa Redonda subordinada ao tema “Compromisso para a definição de uma Estratégia nacional de Erradicação da Pobreza”, a realizar no próximo dia 18 de maio na Sala do Senado da Assembleia da República.

Para este evento foram convidados  os líderes das bancadas parlamentares dos vários partidos políticos com assento na Assembleia da República.
A inscrição é gratuita mas obrigatória a deverá ser enviada até 15 de maio para: armandina.heleno@eapn.pt

segunda-feira, 11 de maio de 2015

ACONTECEU NO NÚCLEO DISTRITAL DE LEIRIA


“Decorreu na passada sexta-feira, dia 8 de maio, o Workshop Como Usar o Coaching na Intervenção Social e Capacitação para a Empregabilidade.

 O referido Workshop foi promovido pelo Núcleo Distrital de Leiria da EAPN Portugal em parceria com a Tese – Associação para o Desenvolvimento, tendo sido dinamizado por Sara Almeida e Ricardo Rodrigues. Contou com a participação de 18 pessoas, de várias entidades públicas e privadas sem fins lucrativos do distrito de Leiria e Santarém.”

 + info:
Patrícia Grilo
 Técnica do Núcleo Distrital de Leiria
 leiria@eapn.pt
 EAPN Portugal / Rede Europeia Anti-Pobreza
 Rua Miguel Franco, lote 8, 102, loja 1 e 2
 2400-191 Leiria
 Tel. +00351 244 837 228 Fax: + 00351 244 837 229
 www.eapn.pt

AÇÃO DE FORMAÇÃO


AÇÃO DE FORMAÇÃO
Colaboração na Intervenção com as Famílias: 
Desafios e Pistas de Ação
Olhar para as famílias que solicitam ajuda é frequentemente olhar para um rol de problemas complexos e infindáveis. Ao iniciarmos a intervenção, num primeiro atendimento, procuramos conhecer mais a fundo esses problemas e não raras vezes entramos com as famílias nesse mar de mais e mais obstáculos, dificuldades e impossibilidades, muitas vezes multigeracionais. Através da abordagem sistémica procuramos ganhar perspetiva, intervindo colaborativamente com todo o sistema familiar e considerando toda a rede envolvida na comunidade, ao nível das suas dinâmicas e inter-relações, de modo a co-criar uma mudança inclusiva e gratificante, potenciando uma filosofia orientada para as soluções e recursos.

DIAS 11, 15 e 22 de maio de 2015
HORÁRIO 10h às13h e das 14h00 às 17h00
DURAÇÃO 18h
LOCAL Setúbal (a confirmar)
INSCRIÇÃO Associados/as da EAPN Portugal:45€ // Não associados/as: 75€
PÚBLICO-ALVO Técnicos e dirigentes de organizações de intervenção social
ÁREA DE FORMAÇÃO 762 – Trabalho Social e Orientação
MODALIDADE DE FORMAÇÃO Formação contínua de atualização
FORMA DE ORGANIZAÇÃO Formação presencial
CRITÉRIOS DE SELEÇÃO Prioridade a associados/as da EAPN Portugal // Número de ordem de receção da inscrição
CERTIFICADO DE FORMAÇÃO Presença obrigatória em pelo menos 80% do total da duração da ação e aproveitamento no final da formação
FORMADORA Catarina Rivero. Psicóloga Clínica e Terapeuta Familiar. Docente Convidada no Instituto Piaget Almada, nas áreas da Psicoterapia, e Terapia Familiar e Comunitária. É co-autora, com Helena Marujo, do livro Positiva-Mente, editado em 2011 pela Esfera dos Livros, e do Manual de Práticas Colaborativas e Positivas na Intervenção Social, editado em 2013 pela EAPN Portugal. Desde 2004 tem desenvolvido várias ações de formação, workshops e palestras nas áreas da Psicologia Positiva, Bem-Estar, Motivação, Intervenção Social, Trabalho em Equipa, Famílias e Conjugalidade. Fez formação em Terapia Familiar pela Associação Portuguesa de Terapia Familiar e Comunitária (APTEFC). É Master em Terapia Familiar e Sistemas da Faculdade de Medicina da Universidade de Sevilha. Possui ainda Master Executivo em Psicologia Positiva Aplicada pela Universidade de Lisboa. Tem colaborado em vários programas de televisão, bem como em artigos de diversos jornais e revistas sobre as áreas do Bem-Estar, Psicologia e Terapia Familiar. Teve uma rubrica regular sobre Família durante dois anos - Labirintos Familiares - no programa Mais Mulher da SIC Mulher. www.catarinarivero.com



As inscrições são limitadas a 20 participantes e devem ser realizadas até ao dia 8 de maio para:
EAPN Portugal / Núcleo Distrital de Setúbal
Rua D. João II, nº 14 r/c Dto. 2910-548 Setúbal
Tel: 265535330 | E-mail: setubal@eapn.pt




Baú da Cidadania continua em viagem...


Baú da Cidadania continua em viagem...

 Fotografia tirada no âmbito da iniciativa Baú da Cidadania, que resultou do trabalho realizado pelas crianças que estão integradas no Projeto Giro ó Bairro, promovido pela InPulsar – Associação para o desenvolvimento Comunitário em parceria com o Núcleo Distrital de Leiria da EAPN Portugal.

 Estiveram envolvidas 6 crianças que frequentam o pré-escolar e 9 que frequentam o 1.º ciclo.


 Agora, o Baú da Cidadania continua viagem. É só fazerem o V. pedido!

 + info:

 Patrícia Grilo
 Técnica do Núcleo Distrital de Leiria
 leiria@eapn.pt
 EAPN Portugal / Rede Europeia Anti-Pobreza
 Rua Miguel Franco, lote 8, 102, loja 1 e 2
 2400-191 Leiria
 Tel. +00351 244 837 228 Fax: + 00351 244 837 229
 www.eapn.pt

sexta-feira, 8 de maio de 2015

31 MAIO: NOVA DATA PARA RESPONDER A QUESTIONÁRIO



SOLICITAÇÃO: 
Resposta a questionário no âmbito do Estudo 
"O impacto do contexto de crise nas 
Organizações do Terceiro Sector"

Exm@s Sr@s,
O ano de 2008 marcou o início de uma profunda crise financeira para Portugal que afetou todos os sectores económicos do país e teve um efeito significativo no aumento da vulnerabilidade da população. Passado este período, muito se questiona sobre os reais impactos que esta situação trouxe na área social, nomeadamente na pobreza e exclusão social, assim como nas Organizações que trabalham diariamente com este fenómeno e com as pessoas que são alvo do mesmo.
É com estas preocupações que a Rede Europeia Anti-Pobreza/Portugal (EAPN Portugal) deu início o ano passado a um estudo, em parceria com o Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra, sobre o impacto do contexto de crise nas Organizações do Terceiro Sector. Depois da realização de um conjunto de entrevistas a alguns atores privilegiados, iniciamos agora uma auscultação mais próxima (através de um questionário online) às entidades de terreno que são a nosso ver os atores que têm desempenhado uma função relevante no combate à pobreza e que têm muito a dizer sobre o impacto que a crise teve nas suas estruturas e, consequentemente, no trabalho que exercem.
Neste sentido, a EAPN Portugal vem solicitar a Vs. Exas. o preenchimento do questionário online até ao dia 31 de Maio. O questionário é anónimo e confidencial e as suas respostas serão utilizadas apenas para fins estatísticos.
Ajude-nos a aprofundar o conhecimento existente sobre o nosso sector. Muito obrigado.

Pode aceder ao questionário  AQUI


+ info:
Paula Cruz
EAPN Portugal / Rede Europeia Anti-Pobreza
Técnica do Departamento de Investigação e Projetos
paula.cruz@eapn.pt
Rua de Costa Cabral, 2368
4200-218 Porto
Tel: 00351 22 542 08 02/0; Fax: 00351 22 540 32 50
http://www.eapn.pt

quinta-feira, 7 de maio de 2015

ACONTECEU NO NÚCLEO DISTRITAL DE LEIRIA


ACONTECEU NO NÚCLEO DISTRITAL DE LEIRIA

 “Decorreu nos dias 5 e 6 de maio, no Núcleo Distrital de Leiria da EAPN Portugal, a ação de formação “Intervenção com pessoas com demência em contexto institucional”, ministrada pela formadora Patrícia Paquete.

 A referida ação contou com a presença de 22 formandas, de 13 organizações de economia social do distrito de Leiria.


 Globalmente, a avaliação realizada pelas formandas foi bastante positiva.
Deixamos aqui algumas citações:
 “Foram abordados assuntos importantes, houve imensa partilha que foi muito interessante e enriquecedor…”
 “Muito interessante do ponto de vista profissional e pessoal. Algo que se pode aplicar às nossas realidades institucionais.”
 “Gostei bastante da formação e da formadora. Ajudou-me bastante a “voltar” a olhar para os meus clientes como pessoas outra vez. Obrigado.”

 + INFO:
 Patrícia Grilo
 Técnica do Núcleo Distrital de Leiria
 leiria@eapn.pt
 EAPN Portugal / Rede Europeia Anti-Pobreza
 Rua Miguel Franco, lote 8, 102, loja 1 e 2
 2400-191 Leiria
 Tel. +00351 244 837 228 Fax: + 00351 244 837 229
 www.eapn.pt

10º ANIVERSÁRIO DO NÚCLEO DISTRITAL DE VILA REAL


COMEMORAÇÕES DO 10º ANIVERSÁRIO DO NÚCLEO DISTRITAL DE VILA REAL DA EAPN PORTUGAL

 Quando? 1 de Junho 2015
 A que horas? 14.00h-17.00h
 Onde? Instalações do Núcleo Distrital de Vila Real
 Quem pode estar presente? Associados EAPN Portugal | Membros do Conselho Local de Cidadãos | Parceiros


Inscrições a partir da ficha de inscrição até ao dia 28 de maio para vilareal@eapn.pt 

+ info:
 Catarina Oliveira
EAPN Portugal/Rede Europeia Anti – Pobreza
 Técnica do Núcleo Distrital de Vila Real
vilareal@eapn.pt
 Rua Dr. Francisco Sales da Costa Lobo, lote 5, -1 rc/esquerdo 3 B
 5000-260 Vila Real
T: +00351 259322579 F: +00351 259322001 T: 964764081
 www.eapn.pt

quarta-feira, 6 de maio de 2015

ACONTECEU NO NÚCLEO DISTRITAL DE SANTARÉM


ACONTECEU NO NÚCLEO DISTRITAL DE SANTARÉM

Feira do Livro Temática e Atividades Culturais na ESES
 (dias 28,29 e 30 de abril) 

"No âmbito da divulgação da produção de conhecimento da EAPN Portugal, o Núcleo Distrital de Santarém, promoveu esta iniciativa em parceria com o Instituto Politécnico / Escola Superior de Educação de Santarém (ESES).
 Para além da divulgação do acervo bibliográfico do CDI – Centro de Documentação e Informação, realizaram-se algumas manifestações culturais, como uma apresentação sobre Replicação de Projetos; lançamento do livro Bem-Me-Quer; Mal-Me-Quer – O impacto das representações sociais na luta contra a pobreza em Portugal e projeção do filme Cinema de Bairro. As atividades foram realizadas em formato “tertúlia” e foram dirigidas para alunos e docentes da ESES e outras escolas locais.
 Os debates foram produtivos e animados por algumas dinâmicas de grupo, tendo culminado com propostas para a erradicação da pobreza apresentadas pelos jovens".


 + INFO:
 Ricardina B. Dias
Técnica do Núcleo Distrital de Santarém
 EAPN Portugal/Rede Europeia Anti-Pobreza
 santarem@eapn.pt
 Rua Prior do Crato, nº 2 ,
2005-364 Santarém
Telefone: 00351 243306279;
www.eapn.pt

Projeto ativa competências de empregabilidade em Águeda


Projeto ativa competências de empregabilidade em Águeda

Deixou esperança e perguntas difíceis a reclamarem ação!

Quem já lá esteve – no desemprego – sabe muito bem como é. Ainda que por poucos meses, não se esquece nunca essa aflição de precisar de trabalhar e não ter um lugar nesse mercado que, nomeadamente em Portugal, está cada vez mais difícil, mais árido, mais surdo. Não para todos, de igual modo. Os jovens, em particular. Mesmo com formação. E os mais velhos. Os mais velhos que são, ainda, novos demais para ficarem inertes e jovens de menos param serem contratados. Ficar sem emprego entre os 35 e os 55 anos pode ser a pior das idades para sair do mercado de trabalho e voltar a entrar. O tempo passa e as respostas ou tardam ou não chegam. Se devolvem duas linhas a dizer que leram a candidatura e que o processo vai para a base de dados da empresa, já é uma alegria. Uma alegria precária, mínima mas uma alegria. Só pelo fato de haver retorno, resposta, comunicação. São dias sem fim a enviar curriculum vitae; dias sempre iguais à procura de anúncios que se encaixem no perfil e fora dele; dias inteiros a fazer candidaturas espontâneas, a bater a portas que não se abrem. Com sorte, aparece a oportunidade de uma ou outra entrevista. E o tempo passa veloz, indiferente, aos sonhos sem idade, às contas para pagar, aos compromissos de toda a espécie, à separação de famílias, ao sofrimento, à exclusão.

Indiferente ao futuro de cada um, o tempo avança e o silêncio adensa-se e a autoestima esbate-se, quantas vezes até à depressão. Num ápice, cai-se na pobreza e não há estatísticas que o desmintam.
A FOCUSSOCIAL ouviu algumas pessoas que vivem o drama do desemprego de longa duração e integraram o projeto CLICK. Homens e mulheres que fizeram parte daquele projeto-piloto que decorreu no concelho de Águeda e que, ente outros objetivos, visou fazer pontes entre a oferta e a procura de trabalho. Mas o caminho é ainda muito longo. Porque se trata, também, de mudar mentalidades. Porque não há resposta para perguntas simples como estas: porque é tão difícil arranjar emprego quando já não se está em idade de ter filhos ou se estes estão já criados? Porque é que a experiência não é valorizada? Porque é que uma pessoa com 40 anos dificilmente tem enquadramento na vida ativa?
A ver se 2015 abre caminhos. Políticas novas e ajustadas a esta realidade. Acreditar, contra o desânimo, é fundamental. Mas o país tem de agir, tem de acionar medidas concretas e céleres. Uma pessoa que não é oficialmente jovem, nem oficialmente reformada tem de ter lugar no mercado de trabalho. É imperativo que tenha.

Pode, por favor, continuar a ler AQUI

segunda-feira, 4 de maio de 2015

II JORNADAS SOBRE A FAMÍLIA


III JORNADAS SOBRE A FAMÍLIA

Portalegre / 19 de maio/ entrada gratuita

 + info:
 Isabel Lourinho
 Técnica do Núcleo Distrital de Portalegre
 portalegre@eapn.pt
 EAPN Portugal/Rede Europeia Anti-Pobreza
 Rua de Olivença, nº15
 7300-149 Portalegre
 Tel. + 00351 245 202 407 Fax: + 00351 245 202 408
 www.eapn.pt

Compromisso para a definição de uma Estratégia Nacional de Erradicação da Erradicação


DEBATE


 Mesa Redonda subordinada ao tema:

 “Compromisso para a definição de uma Estratégia Nacional de Erradicação da Erradicação" 
Dia 18 de maio 
na Sala do Senado da Assembleia da República, em Lisboa

[programa actualizado]


 « As Eleições Legislativas que se avizinham constituem um marco muito importante para o futuro nacional. Num contexto de recessão económica, as políticas macroeconómicas baseadas na austeridade conduziram a um agravamento do desemprego e das situações de pobreza e exclusão social em Portugal. Portugal enfrenta hoje enormes desafios no que diz respeito à coesão social, à igualdade na distribuição do rendimento e à salvaguarda dos direitos humanos fundamentais. Acreditamos que as próximas eleições podem marcar a diferença através do estabelecimento de um compromisso nacional para (re)construir uma coesão social onde os direitos dos cidadãos são protegidos e onde a luta contra a pobreza e a exclusão social se assume como uma prioridade na agenda política. Para este evento estão convidados igualmente os líderes das bancadas parlamentares dos partidos políticos com assento na Assembleia da República».


+ info:

 Fátima Veiga
 Departamento de Investigação e Projetos
 fatima.veiga@eapn.pt
 EAPN Portugal/ Rede Europeia Anti-Pobreza
 Rua Costa Cabral, 2368
4200-218 Porto
 Tel. + 00351 225 420 803 Fax: + 00351 225 403250
 www.eapn.pt