Follow by Email

quarta-feira, 22 de março de 2017


VI Jornadas de Economia Social



Dia 4 de abril | Teatro Miguel Franco | Leiria

VI Jornadas de Economia Social

Projetos sociais: da conceção aos resultados – 
o diálogo virtuoso entre financiadores e promotores

As referidas jornadas terão como objetivos:
- Dotar os/as participantes de conhecimentos e informação sobre as expetativas das entidades financiadoras e as expetativas das entidades promotoras dos projetos;
- Dar a conhecer projetos sociais apoiados pelas entidades financiadoras, considerados como boas práticas de intervenção;
- Debater ambas as perspetivas sobre o financiamento de projetos, tendo em vista a identificação de fatores que potenciem a convergência de expetativas e resultados.

Neste sentido, muito nos honraria contar com a sua presença nesta iniciativa. O programa pode ser consultado aqui.
As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas até ao dia 31 de março.


A comissão organizadora:

ADESBA – Associação para o Desenvolvimento e Bem Estar Social da Freguesia da Barreira
APEPI – Associação de Pais e Educadores para a Infância
Associação de OTL do SOM
InPulsar – Associação para o Desenvolvimento Comunitário
Liga Social e Cultural Campos do Lis
Mulher Século XXI
Vida Plena – Associação de Solidariedade Social de Leiria
Rede Europeia Anti-Pobreza / Portugal, Núcleo Distrital de Leiria






AÇÃO DE FORMAÇÃO, Braga


Conceção de Projetos Intergeracionais

Numa sociedade cada vez mais envelhecida e segmentada, é necessário e urgente criar-se novos paradigmas de ação sociocultural onde há espaço para diferentes gerações se interajudarem, conviverem e crescem em conjunto, quebrando com velhos dogmas sociais limitadores e geradores de preconceitos.
Nesta formação, pretende-se apresentar uma metodologia de intervenção e boas práticas internacionais/ nacionais de projetos intergeracionais e refletir sobre riscos/vícios comuns na intervenção social /cultural limitadores ao crescimento de uma sociedade participativa para todas as idades.

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS


1.     Metodologia de projeto de intervenção intergeracional;
2.     Princípios norteadores de um projeto intergeracional;
3.     Riscos associados a conceção de um projeto intergeracional e como minimizar estes riscos;
4.     Benefícios e desafios de projetos intergeracionais; 
5.     Boas práticas nacionais e internacionais.


OBJETIVO GERAL
- Compreender o que são projetos Intergeracionais e os seus princípios norteadores.
- Saber planear, executar e avaliar um projeto intergeracional.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS
- Adquirir conhecimento técnico sobre as diferentes fases de implementação de um projeto intergeracional;
- Conhecer ferramentas, métodos e estratégias para uma participação ativa dos diferentes públicos-alvo na implementação do mesmo;
- Identificar os riscos e erros comuns associados à conceção e execução de um projeto/ intervenção intergeracional;
- Compreender os desafios e os graus de complexidade associados ao tipo e à dimensão do projeto a implementar;
- Conhecer boas práticas internacionais e nacionais - projetos intergeracionais.

METODOLOGIAS DE FORMAÇÃO E AVALIAÇÃO
Apresentação equilibrada dos conteúdos, conciliando a vertente expositiva e o trabalho prático, com recurso a técnicas de reflexão, de síntese, trabalho de grupo e troca de experiências profissionais no grupo e desenvolvidas em organizações internacionais (via Skype). Avaliação ao longo da ação através de diferentes trabalhos de grupo.



DIA: 27 de abril e 3 de maio de 2017
HORÁRIO 09h30 às13h00 e das 14h00 às 17h30
DURAÇÃO 14 horas
LOCAL Núcleo Distrital de Braga da EAPN (Rua Ana Teixeira da Silva, n.º 34, 1º Esq., Real, 4700-251 Braga)
INSCRIÇÃO Associados da EAPN Portugal: 35€ // Não associados: 55€
PÚBLICO-ALVO Diretores(as) Técnicos(as), Coordenadores(as), Técnicos(as) superiores e outros profissionais de organizações de/com intervenção Social.
ÁREA DE FORMAÇÃO 762- Trabalho Social e Orientação
MODALIDADE DE FORMAÇÃO Formação contínua de atualização
FORMA DE ORGANIZAÇÃO Formação presencial
CRITÉRIOS DE SELEÇÃO Número de ordem de receção da ficha de inscrição
CERTIFICADO DE FORMAÇÃO implica a Presença obrigatória em pelo menos 80% do total da duração da ação
FORMADORA:
Vanda Ribeiro. Formadora profissional certificada e licenciada em Animação Sociocultural. Apresenta um curriculum vasto e diversificado de experiências de trabalho em diferentes organismos sociais, culturais e turísticos, tanto nacionais como internacionais (Reino Unido).
Durante o seu percurso profissional, trabalhou em IPSS em Portugal e no Reino Unido, onde desenvolveu projetos de intervenção com crianças, jovens, idosos, etc., e em Companhias de teatro. Atualmente é empresária e gestora de uma agência de viagens, onde desenvolve programas de férias com oferta desenvolvida pela comunidade local, especializando-a, para a receção de turistas estrangeiros, inclusive, pessoas com mobilidade reduzida e seus acompanhantes. É ainda oradora em diferentes eventos nas áreas da intergeracionalidade, e do turismo acessível / turismo para todos.



INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES Ficha de Inscrição em anexo / A Ficha de Inscrição pode ser fotocopiada
Após confirmação da sua inscrição, o pagamento deverá ser efetuado por transferência bancária ou cheque (à ordem de EAPN – Rede Europeia Anti-Pobreza/Portugal, Associação).

As inscrições são limitadas a 14 participantes e devem ser realizadas até ao próximo dia 13 de Abril de 2017 para:
EAPN Portugal / Núcleo Distrital de Braga
E-mail: braga@eapn.pt
Rua Ana Teixeira da Silva, N.º 34, 1º Esq.- 4700-251 Braga

Telefone: 253 331 001 

sexta-feira, 17 de março de 2017

Semana da Interculturalidade


03 e 09 abril  | Semana da Interculturalidade 

A iniciativa visa sensibilizar todos os cidadãos para a necessidade de uma sociedade intercultural que tenha presente os valores da solidariedade, da igualdade, do respeito pela diferença e pela diversidade, de forma a garantir uma cidadania mais inclusiva e mais igualitária.
A interculturalidade, cada vez mais presente na nossa sociedade, exige um conhecimento mais aprofundado das várias culturas que integra. É através do conhecimento de outras culturas e dos contactos que temos com essas culturas que nos enriquecemos enquanto cidadãos. A interculturalidade passa assim pela aceitação e o respeito pelas diferenças. 
Apostar na interculturalidade é acreditar que se pode aprender e enriquecer através do diálogo e da convivência com outras culturas.


Em breve o programa estará disponível  aqui.

quinta-feira, 16 de março de 2017

Ação de Formação, Guarda


AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO COMO PROCESSO DE MELHORIA DAS ORGANIZAÇÕES


As pessoas são o maior ativo de qualquer organização, sendo esta afirmação ainda mais pertinente no chamado sector social, onde as pessoas, suas atitudes, competências e organização são determinantes na qualidade e sucesso das respostas sociais proporcionadas aos problemas que as comunidades, as famílias e a sociedade em geral enfrentam. A avaliação de desempenho nestas organizações é uma oportunidade de melhoria individual e coletiva, com vista a um aumento da qualidade dos serviços prestados e do desempenho das diferentes equipas e da organização como um todo. Mas gerir e avaliar o desempenho de pessoas e equipas tem que ser mais que definir objetivos e avaliar resultados. Deve ser um processo coletivo e legitimado por todos/as os/as que nele vão participar. Focar-se na aferição das condições proporcionadas para alcançar esse sucesso, na análise dos processos de planeamento e definição de prioridades e responsabilidades, na avaliação da coerência das políticas internas de Gestão de Recursos Humanos e da operacionalização das medidas planeadas.


CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS


1.   Acolhimento e apresentação de programa e formandos; Avaliação inicial de conhecimentos
2.   Avaliação e avaliação de desempenho: gestão de pessoas e equipas, modelos e tipos de avaliação de desempenho
3.   Avaliação de desempenho no setor social: modelos e práticas; processo de definição e implementação do modelo de avaliação de desempenho; ferramentas de avaliação de desempenho; métodos participativos de definição e construção de um modelo de avaliação de desempenho; definição de objetivos; momentos de avaliação de desempenho (individual e coletivo)
4.   Análise de resultados, feedback e melhoria continua







OBJETIVO GERAL // OBJETIVOS ESPECÍFICOS
·         Definir Avaliação de Desempenho;
·          Identificar os diferentes tipos e modelo de Avaliação de Desempenho
·         Compreender o processo de definição e desenvolvimento de um modelo de Avaliação de Desempenho;
·         Definir objetivos para a Avaliação de Desempenho;
·         Compreender a importância de implementar processos participativos como garante da legitimidade do processo de Avaliação de Desempenho;
·         Analisar os resultados do processo de Avaliação de Desempenho.
METODOLOGIAS DE FORMAÇÃO E AVALIAÇÃO
Abordagem pedagógica: Educação Não Formal e Entre Pares. Metodologias: ativas, expositivas e interrogativas. Avaliação: inicial, formativa e sumativa (com recurso a metodologias participativas)



DIAS  4 e 5 abril 2017
HORÁRIO 9h30 às13h00 |14h00 às 17h30
DURAÇÃO 14 horas
LOCAL Sala 66 da ESTG – Instituto Politécnico da Guarda
INSCRIÇÃO Associados da EAPN Portugal: 35€ // Não associados: 55€
PÚBLICO-ALVO Chefias intermédias, membros de direção, gestores/as da qualidade, direções técnicas, técnicos/as e coordenadores/as
PRÉ- REQUISITOS Conhecer relativamente bem a organização que representam, a sua equipa, políticas internas, os seus projetos, missão, visão e valores; Ter noções básicas de gestão das organizações e de Recursos Humanos.
ÁREA DE FORMAÇÃO 345 – Gestão e Administração
MODALIDADE DE FORMAÇÃO Formação contínua de atualização
FORMA DE ORGANIZAÇÃO Formação presencial
CRITÉRIOS DE SELEÇÃO Prioridade a associados da EAPN Portugal // Número de ordem de receção da inscrição
CERTIFICADO DE FORMAÇÃO Presença obrigatória em pelo menos 80% do total da duração da ação e aproveitamento no final da formação.
FORMADOR João Mesquita - Fundador e sócio-gerente da Coatl – Consultoria para o Desenvolvimento, é licenciado em Economia e mestre em Desenvolvimento e Cooperação Internacional pelo Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG – Universidade de Lisboa). Trabalha como formador desde 2010 e como consultor para o Terceiro Sector desde 2013 em temas como Monitorização e Aavaliação, Planeamento Estratégico e desenvolvimento e implementação de Estratégias de Angariação de Fundos, privilegiando o uso de metodologias participativas e abordagens pedagógicas não-formais e de educação entre pares. Ao longo do seu percurso profissional trabalhou com organizações como o Conselho da Europa, Alto Comissariado para as Migrações (ACM, IP), Fundação Calouste Gulbenkian, Fórum Europeu de Juventude (YFJ), EFUS – European Forum for Urban Security, Conselho Nacional de Juventude, Plataforma Portuguesa das ONGD, Médicos do Mundo, APF – Associação para o Planeamento Familiar, EAPN – Rede Europeia Anti-Pobreza), entre muitas outras IPSS, ONG, Associações Juvenis, Cooperativas e Municípios.
INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES Ficha de Inscrição em anexo // A Ficha de Inscrição pode ser fotocopiada Após confirmação da sua inscrição, o pagamento deverá ser efetuado por transferência bancária, numerário ou cheque (à ordem de EAPN – Rede Europeia Anti-Pobreza/Portugal, Associação).
As inscrições são limitadas a 20 participantes e devem ser realizadas até ao próximo dia 31 de Março para:
EAPN Portugal / Núcleo Distrital da Guarda
Largo Paço do Biu, N.º 19
6300-592 Guarda

Telf: 271 227 506  | guardal@eapn.pt

Tweet connosco!



A EAPN Portugal também está no TWITER 

Siga-nos lá também! Até já!

Leiria Sem Tecto - Retratos da Invisibilidade | 31 de março


Tertúlia: 
Leiria Sem Tecto - Retratos da Invisibilidade | 31 de março | 14h| MIMO - Museu de Imagem em Movimento, em Leiria



A InPulsar - Associação para o Desenvolvimento Comunitário, em parceria com o Núcleo Distrital de Leiria da EAPN Portugal, vão dinamizar uma tertúlia: Leiria Sem Tecto - Retratos da Invisibilidade, no dia 31 de março de 2017, pelas 14h, no MIMO - Museu de Imagem em Movimento.

A tertúlia tem como objetivos: contribuir para a visibilidade do problema sem-abrigo na cidade de Leiria e fomentar uma maior articulação entre as respostas existentes; refletir sobre o conceito de pessoa sem-abrigo e as estratégias de intervenção social para a retirada da rua e apresentar o modelo do Housing First.

Trata-se de um evento que se insere no 5.º aniversário da InPulsar, e contará com a exposição de fotografias de Paulo Teixeira, de espaços em que habitam as pessoas sem-abrigo da cidade de Leiria no âmbito do projeto de fotografia humanitária Humane Focus.

As inscrições, gratuitas, podem ser realizadas aqui.

+ info:

Patrícia Grilo
Núcleo Distrital de Leiria
EAPN Portugal / Rede Europeia Anti-Pobreza
Rua Miguel Franco, lote 8, 102, loja 1 e 2
2400-191 Leiria
Tel. +00351 244 837 228 | Telem. 93 687 39 12 | Fax: + 00351 244 837 229

quarta-feira, 15 de março de 2017

Campanha Consignação IRS


AÇÃO DE FORMAÇÃO, Aveiro



Famílias: Estudo de Casos numa Visão Sistémica
Trabalhar com as famílias em contexto de intervenção social implica considerar os múltiplos agentes e recursos envolvidos. A abordagem sistémica permite-nos ganhar perspetiva do todo, numa realidade dinâmica e complexa, considerando os diferentes elementos dos sistemas e suas inter-relações. Nesta ação iremos trabalhar a partir de metodologias essenciais à perspetiva sistémica quando se pretende aprofundar a compreensão das realidades familiares e comunitárias. Através de metodologias como o Genograma, Ecomapa e Mapa de Rede, considera-se que haverá um enquadramento mais abrangente que nos permite, enquanto técnicos, trabalhar com as famílias de modo a ativar recursos, estratégias e soluções para mais autonomia e equilíbrio familiar.
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS
1. Introdução à abordagem sistémica. Família e Comunidade enquanto Sistemas.
2. Olhares Sistémicos: Genograma, Ecomapa e Mapa de Rede.
3. Estudo de casos.
OBJETIVO GERAL
Conhecer e/ou aprofundar conhecimentos sobre a abordagem sistémica de modo a otimizar a intervenção familiar e comunitária.
OBJETIVOS ESPECÍFICOS
- Ficar apto a utilizar as metodologias do Genograma, Ecomapa e Mapa de Rede no Trabalho com Famílias.
- Realizar estudo de casos a partir das famílias que os formandos estão a acompanhar no terreno, integrando as metodologias estudadas.
METODOLOGIAS DE FORMAÇÃO E AVALIAÇÃO
Métodos expositivos e ativos. Recurso a metodologias de trabalho em grupo e roleplaying. Avaliação contínua por observação e discussão de casos práticos.
NOTA IMPORTANTE: os formandos deverão trazer um ou dois casos preparados para trabalhar durante a formação 
DIAS 20, 27 e 28 de abril de 2017
HORÁRIO 9h30 às13h00 e das 14h00 às 17h30
DURAÇÃO 21h
LOCAL Núcleo Distrital de Aveiro da EAPN Portugal | Estrada Nova do Canal, n.º 111, R/C Dto., Vera Cruz, Aveiro
INSCRIÇÃO Associados/as da EAPN Portugal: 55€ // Não associados/as: 85€
PÚBLICO-ALVO Profissionais que desenvolvem intervenção social
ÁREA DE FORMAÇÃO 762 - Trabalho Social e Orientação
MODALIDADE DE FORMAÇÃO Formação contínua de atualização
FORMA DE ORGANIZAÇÃO Formação presencial
CRITÉRIOS DE SELEÇÃO 1. Prioridade a associados/as da EAPN Portugal // 2. Prioridade às candidaturas provenientes do distrito de Aveiro // 3. Número de ordem de receção da inscrição
CERTIFICADO DE FORMAÇÃO Presença obrigatória em pelo menos 80% do total da duração da ação e aproveitamento no final da formação
FORMADORA Catarina Rivero
Psicóloga Clínica e Terapeuta Familiar. Especialista em Psicologia Clínica e da Saúde e especificamente em Psicoterapia e Psicologia Comunitária pela Ordem dos Psicólogos. Desde 2004 desenvolve ações de formação, workshops e palestras nas áreas da Psicologia Positiva, Bem-Estar, Motivação, Intervenção Social, Trabalho em Equipa, Famílias e Conjugalidade. Formação em Terapia Familiar pela Associação Portuguesa de Terapia Familiar e Comunitária. Master em Terapia Familiar e Sistemas da Faculdade de Medicina da Universidade de Sevilha. Master Executivo em Psicologia Positiva Aplicada pela Universidade de Lisboa. Realiza Mestrado em Sociedade, Risco e Saúde (ISCSP-UL), com foco nas Desigualdades de Rendimentos, Confiança nas Instituições, Bem-Estar e Depressão nos países europeus. Colaborou entre 2012 e 2016 como docente Convidada no Instituto Piaget Almada, nas áreas da Psicoterapia e Terapia Familiar e Comunitária. Coautora do livro Positiva-Mente, editado em 2011 pela Esfera dos Livros e do Manual de Práticas Colaborativas e Positivas na Intervenção Social, editado em 2013 pela EAPN Portugal. Colabora em programas de televisão, artigos de jornais e revistas sobre Bem-Estar, Psicologia e Terapia Familiar. Teve rubrica regular sobre Família durante 2 anos - Labirintos Familiares - no programa Mais Mulher da SIC Mulher. Colabora desde 2015 no portal online da Revista Máxima com artigos de Psicologia. www.catarinarivero.com
As inscrições são limitadas a 15 participantes e devem ser realizadas até ao próximo dia 13 de abril para:
EAPN Portugal / Núcleo Distrital de Aveiro
Estr. Nova do Canal, n.º 111, R/C Dto., Vera Cruz, 3800-236 Aveiro
Telefone: 234 426 702 // E-mail: aveiro@eapn.pt

terça-feira, 14 de março de 2017

Rendimento Social de Inserção: da Ação à Intervenção


Rendimento Social de Inserção: da Ação à Intervenção
28 de Março | Auditório Instituto de Emprego Formação Profissional de Castelo Branco


Destinatários: Profissionais dos serviços de atendimento e acompanhamento social do Centro Distrital da Segurança Social de Castelo Branco, entidades parceiras dos Núcleos Locais de Inserção do distrito de Castelo Branco e beneficiários do Rendimento Social de Inserção.


Objetivos:
 Promover o debate informado e fundamentado sobre o RSI, numa perspetiva longitudinal;
 Fomentar a reflexão de estratégias de ativação e o seu efetivo contributo para a integração social dos beneficiários de RSI;
 Promover a capacitação dos beneficiários do RSI, fomentando o seu exercício de cidadania.

PROGRAMA

14h00 - Sessão de abertura
• Diretor do Centro Distrital da S.S de C.B | António Melo Bernardo
• Diretor IEFP de C.B | Leopoldo Rodrigues
• Diretora UDSP – Centro Distrital Castelo Branco | Verónica Pedrosa
• Coordenador do Núcleo D.de C. B da EAPN Portugal | Frederico Reis
14h30 – Painel: Rendimento Social de Inserção um Direito à Cidadania
Moderação: Patrícia Ventura (Diretora Núcleo das Respostas Sociais - Centro Distrital Castelo Branco)

Dos números à Realidade Social| orador/a a definir*

Do Rendimento Social de Inserção ao mercado de trabalho |
Carla Tomé beneficiária de RSI (elemento CLC da EAPN)
Abel Araújo beneficiário de RSI e formando do IEFP | (elemento do CLC da EAPN).

Caminhos para um Rendimento Mínimo Adequado| 
Liliana Pinto- socióloga EAPN Portugal

17h00 - Debate e Encerramento
* aguardar confirmação


Nota: As inscrições são gratuitas mas obrigatórias

+ info:
Paula Montez
EAPN Portugal/ Rede Europeia Anti - Pobreza
Técnica do Núcleo Distrital de Castelo Branco
castelobranco@eapn.pt
Biblioteca Municipal de Castelo Branco  - 2º Andar
Campo Mártires da Patria (antigo Quartel da Devesa)
600 - 000 Castelo Branco
Tel.272 328 333 Fax.272 328 334
www.eapn.pt

sexta-feira, 10 de março de 2017

Ação de Formação: “Gestão Eficaz de Recursos Humanos no 3º setor”

Ação de Formação: “Gestão Eficaz de Recursos Humanos no 3º setor”
DIAS 30 e 31 de Março de 2017
HORÁRIO 10h00 às13h00 e das 14h00 às 17h00
DURAÇÃO 12h
LOCAL Auditório do Centro Distrital de Segurança Social de Santarém
 + info:
Ricardina B. Dias
Técnica do Núcleo Distrital de Santarém
EAPN Portugal/Rede Europeia Anti-Pobreza
Rua Prior do Crato, nº 2 ,
2005-364 Santarém
Telefone: 00351 243306279;

quinta-feira, 9 de março de 2017

“A análise do Bem-estar das Crianças e Jovens e os direitos da Criança”



Apresentação do livro “A análise do Bem-estar das Crianças e Jovens e os direitos da Criança” , dia 17 de março, pelas 17:00h, no Instituto Superior de Serviço Social do Porto, Av. Dr. Manuel Teixeira Ruela, 370, Senhora da Hora, Matosinhos


+ info:

Armandina Heleno
Departamento de Documentação e Informação
EAPN Portugal/Rede Europeia Anti-Pobreza
Rua de Costa Cabral, 2368
4200-218 Porto
Tel. 00351 225 420 800  Fax. 00351 225 403 250

“Motivação – o ingrediente do sucesso e da felicidade no trabalho"




Motivação – o ingrediente do sucesso e da felicidade no trabalho"
Workshop | 10 de março (sexta-feira), entre as 09h30 e as 17h30, em Manteigas

"Devido ao sucesso da primeira edição, a EAPN Portugal/Núcleo Distrital da Guarda está a organizar uma nova edição do Workshop “Motivação – o ingrediente do sucesso e da felicidade no trabalho” em parceria com a Iniciativa +Social de Manteigas.
A dinamização estará a cargo de Sandra Pereira Ladeiro (Associada da EAPN Portugal): Psicóloga, Coach e Formadora. Conta com uma larga experiência no papel de técnica e Diretora Técnica em contexto de IPSS e atualmente exerce funções como técnica no CLDS 3G de Almeida. Também colabora com instituições e organizações do terceiro setor como consultora e formadora. A metodologia adotada na sua abordagem é a Psicologia Positiva e o Coaching em prol do bem-estar e sucesso. É ainda mentora do Projeto Mummy Daddy & Baby onde desenvolve o conceito de Parentalidade Positiva e é autora do programa de Desenvolvimento Pessoal #100CoachingDays, tendo fundado o Clube com o mesmo nome. Licenciada em Psicologia pela Universidade de Coimbra, certificada internacionalmente em Programação Neurolinguística e life coaching com formação na área do Family Coaching.
Este Workshop destina-se a todas as pessoas que precisam de se motivar e motivar os outros, quer a nível profissional quer a nível pessoal.
O investimento neste Workshop é de apenas 10€ para Associados da EAPN Portugal e 15€ para as restantes pessoas. Para formalizar a inscrição é necessário preencher a ficha de inscrição em anexo até ao próximo dia 8 de março e enviá-la para o nosso e-mail: guarda@eapn.pt.
+ info:
Cátia Azevedo
Técnica do Núcleo Distrital da Guarda
guarda@eapn.pt
EAPN Portugal / Rede Europeia Anti-Pobreza
Largo Paço do Biu, N.º 19
6300-592 Guarda
Telf: 00351 271 227 506 | Fax: 00351 271 227 507
www.eapn.pt

terça-feira, 7 de março de 2017

CICLO DE WORKSHOPS | Bragança

CICLO DE WORKSHOPS | Bragança
Como melhorar a intervenção social com grupos vulneráveis
A EAPN Portugal/ Núcleo Distrital de Bragança promove pelo terceiro ano consecutivo um Ciclo de Workshops de curta duração para a abordagem de práticas ligadas à qualificação das organizações sociais. 
Estes workshops pretendem ser um espaço de partilha de ideias e de práticas, mas também de atualização de conhecimentos e aquisição de competências práticas ligadas aos processos de melhoria dos serviços prestados aos grupos mais vulneráveis
Objetivos:
- Refletir sobre as ações realizadas no exercício da profissão, ajudando os participantes a sustentar as suas ações e comportamentos em princípios morais e éticos
- Ajudar a realizar o seu trabalho com consciência de que cumprem todas as obrigações, contribuindo para melhorar a qualidade de vida das pessoas cuidadas.
Destinatários: Ajudantes de Ação Direta
Horário | 20.00h-23.00h (3h)
Local: Núcleo Distrital de Bragança da EAPN Portugal
Workshop 1 | Prevenção da negligência, abusos e maus tratos
Data | 31 de Março de 2017
Dinamizadora | Teresa Fernandes | Técnica do Núcleo de Apoio à Vítima de violência doméstica do distrito de Bragança
Workshop 2 | Ética e Deontologia profissional
Data| 6 de Abril de 2017
Dinamizadora | Catarina Matos | Socióloga/ Consultora e formadora na área da qualidade para o Terceiro Setor. Diretora Técnica da Seniormais- Apoio ao Domicílio
Valor da inscrição por workshop
Associados da EAPN: 5,00€
Não Associados: 7,50€
Data limite de inscrição | 28 de março 2017 
para braganca@eapn.p / Telef.:273 332 913

segunda-feira, 6 de março de 2017

Seminário internacional


“A Observação social na luta contra a pobreza e exclusão social. A experiência de estudos longitudinais qualitativos”
dia 24 de Março | Fundação Calouste Gulbenkian
Evento realizado no âmbito da celebração dos 10 anos do Observatório de luta contra a Pobreza na cidade de Lisboa sendo subordinado ao tema “A Observação social na luta contra a pobreza e exclusão social. A experiência de estudos longitudinais qualitativos”.
Este encontro conta com a presença de diversas experiências internacionais (Argentina, Brasil, Canadá, Espanha e Reino Unido) que irão partilhar a sua experiência no desenvolvimento de estudos desta natureza, bem como a presença dos investigadores do estudo “Barómetro de pessoas que se encontram em situação vulnerável no concelho de Lisboa”, estudo longitudinal qualitativo promovido pelo Observatório em parceria com o Centro de Estudos Dinâmia’CET-IUL, que este ano se encontra na sua 3.ª fase e que tem como finalidade compreender as dinâmicas de pobreza na cidade de Lisboa.
+ info:
Catarina Cruz
Observatório luta contra a Pobreza na cidade de Lisboa
uma iniciativa da EAPN/Portugal
www.observatorio-lisboa.eapn.pt