Follow by Email

quinta-feira, 19 de maio de 2016

WORKSHOP REABILITAÇÃO COGNITIVA


WORKSHOP
REABILITAÇÃO COGNITIVA

DAS 17:00 ÀS 18:00 HORAS | 24 MAIO | 2016
Local:
Instituto Português do Desporto e da Juventude de Beja | Rua Professor Janeiro Acabado | 7800 Beja
Formador: João Lima Fernandes, Psicólogo e docente na Escola Superior de Educação João de Deus

 O que é a reabilitação cognitiva
 Reabilitação cognitiva e qualidade de vida
 Emoção e demência
 Demência e reabilitação cognitiva
 Papel funcional e reabilitação cognitiva
 Avaliação dos diferentes estádios de demência
 Atividades da vida diária
 Articulação com equipa de prestação de cuidados
 Papel dos técnicos

Enviar Ficha de Inscrição para:
Núcleo Distrital de Beja da EAPN Portugal/Rede Europeia Anti Pobreza
Rua do Jornal Ala Esquerda 207800-301 Beja Telefone: 284 325 744 Fax: 284 325 745 E-mail:n.beja@eapn.pt

terça-feira, 17 de maio de 2016

AÇÃO DE FORMAÇÃO, Porto


Desenho de Projetos de Intervenção Social: planeamento, candidaturas e avaliação
A intervenção social faz-se, por estes dias, essencialmente através de projetos financiados no âmbito de programas com as mais diversas configurações e destinados a públicos específicos. Por esta razão, as organizações do Terceiro Setor ou da Economia Social não podem deixar de dominar os conceitos e instrumentos para desenharem e implementarem projetos que de facto promovam impacto social. As Organizações Sem Fins Lucrativos para conceberem, gerirem e avaliarem projetos têm a necessidade de dominar conceitos teóricos e os instrumentos técnicos que são neste momento mainstream e que, se bem utilizados, maximizarão as suas hipóteses de sucesso quando se candidatam a apoios para a implementação dos seus projetos.
Para os(as) técnicos(as) da área social, estas são competências chave para melhorar o seu perfil de empregabilidade no setor e para poderem ser recursos imprescindíveis às organizações.
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS
1. O processo de planeamento
2. Do diagnóstico aos objetivos
3. Apresentação de um método de trabalho (workflow) que permita desenhar intervenções de qualidade.
4. Relação entre planeamento e avaliação.
5. Construção de um plano de avaliação - Etapas e instrumentos.
6. Do planeamento à estruturação de candidaturas a programas - pontos críticos e como aumentar o potencial de sucesso
7. Elaboração de candidaturas - Questões-chave.
8. Análise crítica a candidaturas - O fechar do processo.
OBJETIVO GERAL
Melhorar os conhecimentos teóricos e metodológicos dos técnicos nas áreas do desenho de projetos e elaboração de candidaturas na área da intervenção social.
OBJETIVOS ESPECÍFICOS
- Dotar os participantes de conhecimentos e ferramentas desde o planeamento à avaliação de projetos de intervenção de nível conceptual e operativo.
- Desenhar projetos que criem impacto social.
METODOLOGIAS DE FORMAÇÃO E AVALIAÇÃO
Exposição com auxiliares audiovisuais, discussão orientada e trabalhos de grupo.
Avaliação: participação e trabalhos de grupo.
DIAS 6, 13 e 14 de junho de 2016
HORÁRIO 9h30 às12h30 e das 14h00 às 17h00
DURAÇÃO 18 horas
LOCAL Auditório da Sede da EAPN Portugal: Rua Costa Cabral, 2368, Porto.
INSCRIÇÃO Associados da EAPN Portugal: 45€ // Não associados: 75€
PÚBLICO-ALVO Técnicos(as) superiores, coordenadores(as), gestores(as) e dirigentes de organizações de intervenção social
ÁREA DE FORMAÇÃO 762 – Trabalho Social e Orientação
MODALIDADE DE FORMAÇÃO Formação contínua de atualização
FORMA DE ORGANIZAÇÃO Formação presencial
CRITÉRIOS DE SELEÇÃO Prioridade a associados da EAPN Portugal // Número de ordem de receção da inscrição
CERTIFICADO DE FORMAÇÃO Presença obrigatória em pelo menos 80% do total da duração da ação e aproveitamento no final da formação.
FORMADOR: Paulo Teixeira
Mestre em Planeamento e Avaliação de Processos de Desenvolvimento. Consultor, formador e docente nas áreas do planeamento, gestão e avaliação de programas e projetos, planeamento estratégico territorial e mudança organizacional, entre outras. Possui uma vasta experiência profissional, tendo trabalhado para ONGs, na coordenação de equipas de projetos de intervenção, e para o Estado, no planeamento e acompanhamento da implementação de Programas Nacionais. É coordenador de equipas de consultoria e avaliação para organizações como a Fundação Calouste Gulbenkian (coordenador da equipa de avaliação do Programa PARTIS), o Comité Português para a UNICEF (no desenho do Programa “Cidades Amigas das Crianças”, o Alto Comissariado para as Migrações (consultoria no Programa Escolhas e no desenho de Planos para a Integração de Imigrantes) ou a APAV, onde colabora em vários projetos. É Sócio-gerente da Logframe. É frequentemente convidado como perito em avaliação de políticas, programas e projetos por organizações internacionais, como a Comissão Europeia. Neste momento integra a direção da, recentemente criada, Associação Ibérica de Profissionais pela Avaliação, sediada em Madrid. É, ainda, co-autor de livros sobre Planeamento, avaliação, gestão e inovação social.
As inscrições são limitadas a 25 participantes e devem ser realizadas até ao próximo dia 30 de maio para:
EAPN Portugal/Núcleo Distrital do Porto
Rua das Taipas, 83, 2º 5300-302 Bragança
Telefone: 22 2086061 | porto@eapn.pt 

“Singular do Plural": Livro e Exposição


LANÇAMENTO DO LIVRO E INAUGURAÇÃO 
DA EXPOSIÇÃO

“Singular do Plural"

«A iniciativa “Singular do Plural, promovida pela EAPN Portugal e da autoria de Maria José Vicente e Sérgio Aires insere-se na Campanha Nacional " A discriminação é falta de educação”.
 20 pessoas. 20 ciganos e ciganas. 20 profissões. Porquê? Para desmistificar um plural - “os ciganos” -, supostamente representativo de uma entidade colectiva apenas imaginária, e quase sempre negativa, que procura classificar o todo ignorando as partes. E, maioritariamente, responsável pela manutenção de estereótipos negativos que alimentam a discriminação social e as suas maléficas consequências.

 Neste sentido, vimos por este meio convidá-lo a estar presente, no dia 03 de junho, na Sala de Exposições Temporárias da Reitoria da Universidade do Porto, às 17h, para o lançamento do livro e inauguração da exposição fotográfica “Singular do Plural”.

+ info:

Maria José Vicente
Departamento de Desenvolvimento e Formação
 mj.vicente@eapn.pt
EAPN Portugal / Rede Europeia Anti-Pobreza
Rua de Costa Cabral, 2368
 4200 - 218 Porto
 Tel. 00351 225420806 Fax. 00351 225403250
 www.eapn.pt

“UM CHÁ E CONVERSAS SOBRE FAMÍLIA(S)”


“UM CHÁ E CONVERSAS SOBRE FAMÍLIA(S)”

 "No âmbito do Dia Internacional das Famílias, vos convidamos a participar na iniciativa “UM CHÁ E CONVERSAS SOBRE FAMÍLIA(S)”, no próximo dia 20 de maio, das 16.00h às 18.00h, na Biblioteca Municipal – Serviços Centrais – Av. Luisa Todi, n.º 188, em Setúbal.
Trata-se de uma tertúlia sobre o ciclo vital familiar e as várias tipologias de família, destinada a profissionais, voluntários/as e todas as pessoas interessadas.
A iniciativa promovida pelo Projeto Retratos Tecidos em Manta, é co-facilitada pela ACM/YMCA de Setúbal, Associação Moradores da Praça do Brasil Girassol, APPACDM Setúbal, EAPN Portugal/Nucleo de Setúbal e conta com o apoio da Câmara Municipal de Setúbal e da Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar.
Agradecemos confirmação de presença (até 18 de maio, para maria.liberdade@ymcasetubal.org) e ampla divulgação da iniciativa nas vossas redes de contactos.
 Encontramo-nos disponíveis para eventuais esclarecimentos – 265 741 525| 913 882 480.


 + INFO:
 Ana Vizinho
 Técnica do Núcleo Distrital de Setúbal
 setubal@eapn.pt
 EAPN Portugal / Rede Europeia Anti-Pobreza
 Av. D. João II, Nº 14 R/C Dtº
 2910-548 Setúbal
 Tel: +351 265 535 330 Tlm: 963859266
 www.eapn.pt

“Uma criança é uma criança em qualquer parte do Mundo"


“Uma criança é uma criança em qualquer parte do Mundo – um olhar sobre as crianças refugiadas: sentir, pensar, AGIR”.

 "Com o objetivo de contribuir para o debate de uma temática que a todos diz respeito e despertar consciências para um problema de proporções dramáticas decorrerá, no dia 25 de maio, a partir das 15h30, no Auditório 1, do Edifício B, da Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico de Leiria, a Conferência subordinada ao tema “Uma criança é uma criança em qualquer parte do Mundo – um olhar sobre as crianças refugiadas: sentir, pensar, AGIR”.

Esta iniciativa é uma organização conjunta da ESTG (Departamento de Ciências Jurídicas) e da ESECS do IPLeiria, das Associações Meninos do Mundo, Vida Activa, InterMEDIAR - Associação de Mediadores [de conflitos] do Oeste e da EAPN - Rede Europeia Anti-Pobreza/Portugal, Núcleo Distrital de Leiria.

Com uma dupla vertente, esta iniciativa inclui uma Conferência e uma Exposição intitulada “Ilustrações sobre a realidade das crianças refugiadas” da autoria de Sofia Lança Zambujo, “ilustradas” por afirmações de crianças de várias escolas de Portugal e que decorrerá entre 18 e 25 de maio nos Átrios da ESECS e nos Átrios dos Edifícios A, B e D da ESTG.

 Para além do painel de oradores convidados, a Conferência será estruturada num modelo interativo e onde não faltarão algumas surpresas.

 Trata- se de uma iniciativa de cidadania ativa e participativa, relevante pela sua atualidade e pertinência, de interesse transversal quer no âmbito social, económico, político e académico.

A entrada é livre ainda que condicionada a inscrição prévia. Convidamos-vos a inscreverem-se através do link:
 http://www.ipleiria.pt/…/uma-crianca-e-uma-crianca-em-qual…/


 + info:
 Núcleo Distrital de Leiria
 leiria@eapn.pt
 EAPN Portugal / Rede Europeia Anti-Pobreza
 Rua Miguel Franco, lote 8, 102, loja 1 e 2
 2400-191 Leiria
 Tel. +00351 244 837 228 Fax: + 00351 244 837 229
 www.eapn.pt

Workshop Formativo, Braga


Workshop Formativo 
“Intervenção com pessoas com demência em contexto institucional: Abordagem centrada na pessoa e capacitação de cuidadores informais”

« A EAPN Portugal/ Núcleo Distrital de Braga realiza, em parceria com o Município de Vila Verde (Rede Social), o Workshop Formativo “Intervenção com pessoas com demência em contexto institucional: Abordagem centrada na pessoa e capacitação de cuidadores informais”, no próximo dia 31 de maio, na Biblioteca Municipal Prof. Mach...ado Vilela (Praça de Santo António, 4730-728 Vila Verde).
Este terá a duração de 6 horas e destina-se aos técnicos/as que trabalham em instituições com respostas dirigidas às pessoas com demências.
Com este workshop visa-se fomentar o intercâmbio de experiências profissionais e o aprofundamento de conhecimentos sobre estratégias de intervenção com pessoas com demência e com cuidadores informais.
Para mais informações, anexa-se o programa e a ficha de inscrição, a remeter até ao dia 27 de maio para braga@eapn.pt
A inscrição é gratuita e obrigatória.
+ info:
Isabel Amorim
Técnica do Núcleo Distrital de Braga
EAPN Portugal/Rede Europeia Anti-Pobreza
braga@eapn.pt
Rua Ana Teixeira da Silva, n.º 34, 1º Esq.
4700-251 Braga
Tel. + 00351 253 331 001 Fax: + 00351 253 331 002
www.eapn.pt

INOVAÇÃO SOCIAL E AVALIAÇÃO DE IMPACTE


3 workshop sobre

INOVAÇÃO SOCIAL E AVALIAÇÃO DE IMPACTE, Aveiro

 « O Núcleo Distrital de Aveiro da EAPN Portugal convida V. Ex.a para participar no ciclo de 3 workshop sobre INOVAÇÃO SOCIAL E AVALIAÇÃO DE IMPACTE, que decorrerá nos próximos dias 8 e 22 de junho e 6 de julho, das 9:30 às as 12:30 e das 14:00 às 17:00, em Aveiro (informação sobre o local a divulgar brevemente).


 A iniciativa é dirigida a profissionais de entidades públicas e privadas com intervenção na área social e os três momentos de trabalho abordarão os conhecimentos e as ferramentas inerentes à inovação social e à avaliação de impacte e serão dinamizados com o recurso a metodologias potenciadoras do desenvolvimento de ideias de projeto(s) que explorem e integrem os conhecimentos e as ferramentas para a inovação social e para a avaliação de impacte que serão abordados ao longo dos trabalhos.
Assim, o ciclo de workshops terá como objetivos:
 - promover o conhecimento de ferramentas para a estimulação da inovação social;
 - aprofundar o conhecimento sobre mecanismos de accountability das Organizações e explorar a sua articulação com a monitorização do impacte social;
 - desenhar ideias de projetos de intervenção social, integrando os conteúdos relativos à inovação social e à avaliação de impacte social.

 A data limite para receção de inscrições é 31 de maio.

 + INFO:

 Cristina Mamede
 Técnica do Núcleo Distrital de Aveiro
 aveiro@eapn.pt
 EAPN Portugal/ Rede Europeia Anti-Pobreza
 Estrada Nova do Canal, n.º 111, R/C Dto.
 Vera Cruz
 3800-236 Aveiro
 Tel.: + 00351 234 426 702 Fax: + 00351 234 426 246
www.eapn.pt

AÇÃO DE FORMAÇÃO, Viana do Castelo


 Desenho de projectos de intervenção social: planeamento, candidaturas e avaliação
 A intervenção social faz-se, por estes dias, essencialmente através de projetos financiados no âmbito de programas com as mais diversas configurações e destinados a públicos específicos. Por esta razão, as organizações do Terceiro Setor ou da Economia Social não podem deixar de dominar os conceitos e instrumentos para desenharem e implementarem projetos que de facto promovam impacto social. As Organizações Sem Fins Lucrativos para conceberem, gerirem e avaliarem projetos têm a necessidade de dominar conceitos teóricos e os instrumentos técnicos que são neste momento mainstream e que, se bem utilizados, maximizarão as suas hipóteses de sucesso quando se candidatam a apoios para a implementação dos seus projetos.
 Para os(as) técnicos(as) da área social, estas são competências chave para melhorar o seu perfil de empregabilidade no setor e para poderem ser recursos imprescindíveis às organizações.

 CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

 1. O processo de planeamento
 2. Do diagnóstico aos objetivos
 3. Apresentação de um método de trabalho (workflow) que permita desenhar intervenções de qualidade.
 4. Relação entre planeamento e avaliação.
 5. Construção de um plano de avaliação - Etapas e instrumentos.
 6. Do planeamento à estruturação de candidaturas a programas - pontos críticos e como aumentar o potencial de sucesso
 7. Elaboração de candidaturas - Questões-chave.
 8. Análise crítica a candidaturas - O fechar do processo.
 9. As Novas Tecnologias no apoio a processos de planeamento.

OBJETIVOS
1. Melhorar os conhecimentos teóricos e metodológicos dos técnicos nas áreas do desenho de projetos e elaboração de candidaturas na área da intervenção social.
 2. Desenhar projetos que criem impacto social.

 METODOLOGIAS DE FORMAÇÃO E AVALIAÇÃO
 1. Exposição com auxiliares audiovisuais, discussão orientada e trabalhos de grupo.
2. Avaliação: participação e trabalhos de grupo.

DIAS 8 / 9 Junho 2016
 HORÁRIO 09.30h -12.30h / 14.00h -17.00h
 DURAÇÃO 12 horas
 LOCAL EAPN Viana do Castelo – Rua Salvato Feijó - Torre “Active Center”, 1º Andar Loja AA Viana do Castelo
 INSCRIÇÃO Associados da EAPN Portugal: 30€ / Outros formandos não associados da EAPN Portugal: 50€
 PÚBLICO-ALVO Dirigentes e equipas técnicas de instituições da área social públicas ou privadas / outros interessados
 ÁREA DE FORMAÇÃO 762 Trabalho social e Orientação
 MODALIDADE DE FORMAÇÃO Formação contínua de atualização
 FORMA DE ORGANIZAÇÂO Formação presencial.
CRITÉRIOS DE SELEÇÃO Prioridade a associados da EAPN Portugal // nº de ordem de receção da inscrição
 CERTIFICADO DE FORMAÇÃO Cumprimento de 80% do total da formação e aproveitamento no final da acção
 FORMADOR Paulo Teixeira (Logframe) Mestre em Planeamento e Avaliação de Processos de Desenvolvimento. Consultor, formador e docente nas áreas do planeamento, gestão e avaliação de políticas, programas e projetos, planeamento estratégico territorial e mudança organizacional, entre outras. Possui uma vasta experiência profissional, tendo trabalhado para ONGs, na coordenação de equipas de projetos de intervenção e para o Estado, no planeamento e acompanhamento da implementação de Programas Nacionais. É coordenador de equipas de consultoria e avaliação para organizações como por exemplo a Fundação Calouste Gulbenkian (coordenador da equipa de avaliação do Programa PARTIS), o Comité Português para a UNICEF (no desenho do Programa “Cidades Amigas das Crianças”), o Alto Comissariado para as Migrações (consultoria no Programa Escolhas e no desenho de Planos para a Integração de Imigrantes) ou a APAV, onde colabora em vários projetos. É frequentemente convidado como perito em avaliação de políticas, programas e projetos por organizações internacionais como a Comissão Europeia (nomeadamente DG Regio, DG Home e DG for Employment, Social Affairs & Inclusion), Council of Europe Development Bank, Victim Support Europe ou o Council of Europe Youth Department, só para citar algumas.
 Integrou a Direção da Sociedade Europeia de Avaliação (European Evaluation Society – EES) entre 2005 e 2010, foi coordenador do Núcleo de Lisboa da Rede Europeia Anti-Pobreza (EAPN Portugal) e fundou em 2006 a Logframe – Consultoria e Formação, Lda, de que é sócio-gerente. Neste momento integra a direção da recentemente criada Associação Ibérica de Profissionais pela Avaliação sediada em Madrid. É, ainda, co-autor dos livros “MAPA – Manual de Planeamento e Avaliação de Projectos”, “MAPA – Manual de Facilitação para a Gestão de Eventos e Processos Participativos” e “Gestão de Organizações Sem Fins Lucrativos – o desafio da Inovação Social”.

 INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES Ficha de inscrição em anexo

As inscrições são limitadas a 18 participantes e devem ser realizadas até ao dia 6 junho 2016 para:

 Correio electrónico: vianadocastelo@eapn.pt (meio preferencial) Telefone: 258817034
 EAPN Viana do Castelo – Rua Salvato Feijó - Torre Active Center, 1º Andar Loja AA Viana do Castelo

“Ser Sociedade-Desafios Globais para uma Sustentabilidade Local”





“Ser Sociedade - 
Desafios Globais para uma Sustentabilidade Local”


«O Núcleo Distrital de Viseu da EAPN Portugal e a Freguesia de Viseu organizam, no próximo dia 25 de maio às 14h no Auditório Mirita Casimiro o Encontro “Ser Sociedade- Desafios Globais para uma Sustentabilidade Local”, onde serão apresentadas práticas de caráter global mas exercidas num contexto local e podem contribuir para a sustentabilidade do território - aqui incluem-se práticas como a Tiny House, o Microcrédito, a Loja Solidária, o Comércio Justo, as Hortas Comunitárias, os Novos Povoadores ou a Re- Food.
A inscrição é gratuita mas obrigatória. Para qualquer dúvida, estamos disponíveis através dos contactos 91 4 77 77 92 (José Machado), 232 468 472 (EAPN Portugal) ou 232 426 578 (Freguesia de Viseu), além dos mails viseu@eapn.pt e geral@freguesiadeviseu.pt

Encontro Nacional de Associados EAPN Portugal





AÇÃO DE FORMAÇÃO, Leiria


segunda-feira, 16 de maio de 2016

AÇÃO DE FORMAÇÃO, Viana do Castelo



Desenho de projectos de intervenção social: planeamento, candidaturas e avaliação
A intervenção social faz-se, por estes dias, essencialmente através de projetos financiados no âmbito de programas com as mais diversas configurações e destinados a públicos específicos. Por esta razão, as organizações do Terceiro Setor ou da Economia Social não podem deixar de dominar os conceitos e instrumentos para desenharem e implementarem projetos que de facto promovam impacto social. As Organizações Sem Fins Lucrativos para conceberem, gerirem e avaliarem projetos têm a necessidade de dominar conceitos teóricos e os instrumentos técnicos que são neste momento mainstream e que, se bem utilizados, maximizarão as suas hipóteses de sucesso quando se candidatam a apoios para a implementação dos seus projetos.
Para os(as) técnicos(as) da área social, estas são competências chave para melhorar o seu perfil de empregabilidade no setor e para poderem ser recursos imprescindíveis às organizações.

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

1. O processo de planeamento
2. Do diagnóstico aos objetivos
3. Apresentação de um método de trabalho (workflow) que permita desenhar intervenções de qualidade.
4. Relação entre planeamento e avaliação.
5. Construção de um plano de avaliação - Etapas e instrumentos.
6. Do planeamento à estruturação de candidaturas a programas - pontos críticos e como aumentar o potencial de sucesso
7. Elaboração de candidaturas - Questões-chave.
8. Análise crítica a candidaturas - O fechar do processo.
9. As Novas Tecnologias no apoio a processos de planeamento.

OBJETIVOS
1. Melhorar os conhecimentos teóricos e metodológicos dos técnicos nas áreas do desenho de projetos e elaboração de candidaturas na área da intervenção social.
2. Desenhar projetos que criem impacto social.

METODOLOGIAS DE FORMAÇÃO E AVALIAÇÃO
1. Exposição com auxiliares audiovisuais, discussão orientada e trabalhos de grupo.
2. Avaliação: participação e trabalhos de grupo.






DIAS 8 / 9 Junho 2016
HORÁRIO 09.30h -12.30h / 14.00h -17.00h
DURAÇÃO 12 horas
LOCAL EAPN Viana do Castelo – Rua Salvato Feijó - Torre “Active Center”, 1º Andar Loja AA Viana do Castelo
INSCRIÇÃO Associados da EAPN Portugal: 30€ / Outros formandos não associados da EAPN Portugal: 50€
PÚBLICO-ALVO Dirigentes e equipas técnicas de instituições da área social públicas ou privadas / outros interessados
ÁREA DE FORMAÇÃO 762 Trabalho social e Orientação
MODALIDADE DE FORMAÇÃO Formação contínua de atualização
FORMA DE ORGANIZAÇÂO Formação presencial.
CRITÉRIOS DE SELEÇÃO Prioridade a associados da EAPN Portugal // nº de ordem de receção da inscrição
CERTIFICADO DE FORMAÇÃO Cumprimento de 80% do total da formação e aproveitamento no final da acção
FORMADOR Paulo Teixeira (Logframe) Mestre em Planeamento e Avaliação de Processos de Desenvolvimento. Consultor, formador e docente nas áreas do planeamento, gestão e avaliação de políticas, programas e projetos, planeamento estratégico territorial e mudança organizacional, entre outras. Possui uma vasta experiência profissional, tendo trabalhado para ONGs, na coordenação de equipas de projetos de intervenção e para o Estado, no planeamento e acompanhamento da implementação de Programas Nacionais. É coordenador de equipas de consultoria e avaliação para organizações como por exemplo a Fundação Calouste Gulbenkian (coordenador da equipa de avaliação do Programa PARTIS), o Comité Português para a UNICEF (no desenho do Programa “Cidades Amigas das Crianças”), o Alto Comissariado para as Migrações (consultoria no Programa Escolhas e no desenho de Planos para a Integração de Imigrantes) ou a APAV, onde colabora em vários projetos. É frequentemente convidado como perito em avaliação de políticas, programas e projetos por organizações internacionais como a Comissão Europeia (nomeadamente DG Regio, DG Home e DG for Employment, Social Affairs & Inclusion), Council of Europe Development Bank, Victim Support Europe ou o Council of Europe Youth Department, só para citar algumas.
Integrou a Direção da Sociedade Europeia de Avaliação (European Evaluation Society – EES) entre 2005 e 2010, foi coordenador do Núcleo de Lisboa da Rede Europeia Anti-Pobreza (EAPN Portugal) e fundou em 2006 a Logframe – Consultoria e Formação, Lda, de que é sócio-gerente. Neste momento integra a direção da recentemente criada Associação Ibérica de Profissionais pela Avaliação sediada em Madrid. É, ainda, co-autor dos livros “MAPA – Manual de Planeamento e Avaliação de Projectos”, “MAPA – Manual de Facilitação para a Gestão de Eventos e Processos Participativos” e “Gestão de Organizações Sem Fins Lucrativos – o desafio da Inovação Social”.



As inscrições são limitadas a 18 participantes e devem ser realizadas até ao dia 6 junho 2016 para:

Correio electrónico: vianadocastelo@eapn.pt (meio preferencial) Telefone: 258817034
EAPN Viana do Castelo – Rua Salvato Feijó - Torre Active Center, 1º Andar Loja AA Viana do Castelo

quinta-feira, 12 de maio de 2016

“UM CHÁ E CONVERSAS SOBRE FAMÍLIA(S)”


"No âmbito do Dia Internacional das Famílias, vos convidamos a participar na iniciativa “UM CHÁ E CONVERSAS SOBRE FAMÍLIA(S)”, no próximo dia 20 de maio, das 16.00h às 18.00h, na Biblioteca Municipal – Serviços Centrais – Av. Luisa Todi, n.º 188, em Setúbal.
Trata-se de uma tertúlia sobre o ciclo vital familiar e as várias tipologias de família, destinada a profissionais, voluntários/as e todas as pessoas interessadas.
A iniciativa promovida pelo Projeto Retratos Tecidos em Manta, é co-facilitada pela ACM/YMCA de Setúbal, Associação Moradores da Praça do Brasil Girassol, APPACDM Setúbal, EAPN Portugal/Nucleo de Setúbal e conta com o apoio da Câmara Municipal de Setúbal e da Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar.
Agradecemos confirmação de presença (até 18 de maio, para maria.liberdade@ymcasetubal.org) e ampla divulgação da iniciativa nas vossas redes de contactos.
Encontramo-nos disponíveis para eventuais esclarecimentos – 265 741 525| 913 882 480."

+ INFO:
Ana Vizinho
Técnica do Núcleo Distrital de Setúbal
setubal@eapn.pt
EAPN Portugal / Rede Europeia Anti-Pobreza
Av. D. João II, Nº 14 R/C Dtº
2910-548 Setúbal
Tel: +351 265 535 330 Tlm: 963859266
www.eapn.pt

Exposição fotográfica, em Faro

Exposição fotográfica

“ NÓS TAMBÉM SOMOS EUROPA”

No âmbito do Grupo de Trabalho Envelhecimento Ativo coordenado pelo Núcleo Distrital de Faro da Rede Europeia Anti-Pobreza:
                                                

Participação:
Centro Paroquial de Martin longo
Centro Paroquial de Vaqueiros
Casa do Povo do Ameixial
Delegação de Silves e Albufeira da Cruz Vermelha Portuguesa
Lar e Centro de Dia Maria Ribeiro Vicente (Balurcos)





«O dia da Europa é hoje um dos símbolos da União Europeia e constitui uma oportunidade para promover atividades e celebrações, procurando aproximar a Europa dos cidadãos.
Por essa razão o Núcleo Distrital de Faro da EAPN Portugal associa-se à celebração do Dia da Europa, promovendo no âmbito do Grupo de trabalho do Envelhecimento ativo, conjuntamente com o Centro Paroquial de Martinlongo, o Centro Paroquial de Vaqueiros, o Lar de Balurcos, a Casa do Povo do Ameixial e a Delegação de Silves e Albufeira da Cruz Vermelha Portuguesa, uma exposição de fotografias sob o tema “ Nós também somos Europa” realizadas pela população sénior de Alcoutim, Ameixial e S. Marcos da Serra sobre as potencialidades e constrangimentos de envelhecer na serra…

A exposição conta com o apoio da CCDR-Algarve, e estará exposta de 15 a 31 de Maio das instalações da CCDR em Faro. Contamos com a vossa visita.»

+ INFO:
Dionisia Pedro
EAPN Portugal/ Rede Europeia Anti-Pobreza
Técnica do Núcleo Distrital de Faro
rua D.Jerónimo Osório, nº 5, 2º Dto.
8000-307 Faro
Tel 289 802 660  Fax 289 802 662






terça-feira, 10 de maio de 2016

Aconteceu no Núcleo Distrital da Guarda




"Por convite da Biblioteca Municipal de Seia, no âmbito do seu projeto “Conhecer para Integrar”, o Núcleo Distrital da Guarda da EAPN Portugal participou numa sessão de sensibilização/informação sobre as comunidades ciganas para a apresentação do livro “Vardá. Verdade há só uma” e da Campanha “Discriminação é falta de educação”, dinamizada pela técnica da EAPN Portugal Mara José Vicente, e que contou com a presença de membros da comunid...ade cigana e técnicos da área social do concelho de Seia".
+ INFO:
Cátia Azevedo
Técnica do Núcleo Distrital da Guarda
guarda@eapn.pt
EAPN Portugal / Rede Europeia Anti-Pobreza
Largo Paço do Biu, N.º 19
6300-592 Guarda
Telemóvel: 964 764 067
Telf: 00351 271 227 506 | Fax: 00351 271 227 507
www.eapn.pt

sexta-feira, 6 de maio de 2016

COMUNICADO À IMPRENSA


Press Release
Porto, 6 de maio, 2016

O Parlamento Europeu Despertou!
O regresso da esperança no combate à pobreza na União Europeia?
A EAPN Portugal associa-se às comemorações dos 30 anos da adesão de Portugal à União Europeia e promove, no dia da Europa, 9 de Maio, o Encontro Nacional de Associados, desta vez, em Santarém.


No Dia 9 de maio de 1950, Robert Schuman, o então ministro francês dos Negócios Estrangeiros, apresentou em Paris uma proposta com as bases fundadoras do que é hoje a União Europeia. Esta proposta, conhecida como “Declaração Schuman”, baseada numa ideia originalmente lançada por Jean Monnet, trazia consigo valores de paz, solidariedade, desenvolvimento económico e social, equilíbrio ambiental e regional e incluía a criação de uma instituição europeia supranacional incumbida de gerir as matérias-primas que nessa altura constituíam a base do poderio militar: o carvão e o aço.
Por se considerar que esse dia foi o marco inicial da União Europeia, os Chefes de Estado e de Governo, na Cimeira de Milão de 1985, decidiram consagrar o dia 9 de maio como "Dia da Europa".
O Dia da Europa é hoje um dos símbolos da União Europeia e constitui uma oportunidade para promover atividades e celebrações, procurando aproximar a Europa dos cidadãos.
A data reveste-se atualmente de importância especial na medida em que em 2016 se assinalam os 30 anos da data de assinatura da adesão de Portugal às, então, Comunidades Europeias e, simultaneamente, a EAPN Portugal celebra os 25 anos de existência em Portugal.
Por esta razão, a EAPN Portugal associa-se á celebração das comemorações do Dia da Europa promovendo o seu mais importante evento anual - Encontro Nacional de Associados - que este ano, decorre em Santarém.
O Encontro reunirá mais de 150 participantes de todo o país, e pretende fazer um balanço dos 25 anos de existência da organização em Portugal, e da sua missão de lutar pelos valores da erradicação da pobreza, pela dignidade humana e pela defesa da igualdade de todos no acesso aos direitos. Será ainda uma oportunidade de renovar o retrato social do país, e proceder a uma análise rigorosa da evolução dos indicadores relativos às desigualdades, à pobreza e exclusão social.
Embora já não seja o país mais desigual na UE, Portugal ainda apresenta o quinto índice de Gini mais elevado e o sétimo maior rácio S80/S20, continuando a ser dos Estados-membros com uma distribuição do rendimento mais desigual. Em linha com a estratégia Europa 2020, Portugal comprometeu-se com a redução de 200 mil pessoas em risco de pobreza e/ou exclusão social até 2020. No entanto, em­ 2014 havia 2,9 milhões de pessoas nessa situação, mais 100 mil do que 2008. Para Portugal, tal como para a maioria dos Estados-membros, o ­cumprimento desta meta encontra-se comprometido, o que, tendo em consideração as atuais circunstâncias, é altamente preocupante por questionar as bases fundamentais daquilo que era o objetivo da União Europeia: a coesão social e a Paz. Neste sentido, será dada particular atenção neste Encontro à recente – e muito bem-vinda – resolução do Parlamento Europeu sobre o cumprimento do objetivo de luta contra a pobreza à luz do aumento dos encargos domésticos (2015/2223(INI) – em anexo), onde, de forma clara e muito abrangente, a casa da Democracia europeia insta as instituições a colocarem o combate à pobreza no topo das prioridades governativas.
O encontro será ainda palco de apresentação de um estudo sobre “O impacto social e institucional da crise económica e financeira nas organizações do Terceiro Sector”, em Portugal. O estudo realizado pela EAPN Portugal, em parceria com a Associação para a Extensão Universitária da Universidade Coimbra, procurou conhecer as forças e debilidades do sector antes da crise económica; avaliar o impacto da crise no sector, percebendo se as organizações assumiram ou não os custos sociais da crise e a forma como isso afetou a sua dinâmica interna e a sua projeção externa; conhecer como as organizações do Terceiro Sector podem contribuir para a reconstituição da sociedade civil e para a coesão social; e identificar propostas para enfrentar os desafios económicos da crise.

+ info:
Departamento de Comunicação da EAPN Portugal/
Rede Europeia Anti-Pobreza
Rua Costa Cabral, 2368
4200-218 Porto
Tel: 225420800// 96 6698549



AÇÃO DE FORMAÇÃO, Évora


Aconteceu no Núcleo Distrital de Leiria



"Cerca de 600 alunos da escola sede e da Escola Básica de Marrazes juntaram-se para celebrar o Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor, lendo excertos de livros do Baú da Cidadania, proveniente do Núcleo Distrital de Leiria da EAPN Portugal/ Rede Europeia Anti-Pobreza.
Simultaneamente, manifestaram a sua solidariedade para com a luta contra a violência na infância e juventude."

IV Jornadas sobre a Família, Portalegre


+ info:
Isabel Lourinho
Técnica do Núcleo Distrital de Portalegre
portalegre@eapn.pt
EAPN Portugal/Rede Europeia Anti-Pobreza...
Rua de Olivença, nº15
7300-149 Portalegre
Tel. + 00351 245 202 407 Fax: + 00351 245 202 408
www.eapn.pt

Aconteceu no Núcleo Distrital da Guarda


Encontro Nacional de Associados EAPN Portugal



Dia Internacional da Família, em Leiria


terça-feira, 3 de maio de 2016

Workshop “Parcerias para o Desenvolvimento Comunitário”


As parcerias constituem-se como uma estratégia para potenciar e facilitar a interação entre os diversos setores sociais que desempenham papéis relevantes nos processos e percursos de desenvolvimento das comunidades. A construção de parcerias eficazes, focalizadas nos resultados de desenvolvimento efetivo dos indivíduos, grupos e comunidades apresentam desafios a diferentes níveis, por um lado, na organização interna das parcerias e, por outro, nos níveis de envolvimento do(s) grupo(s) que experienciam as situações e/ou problemáticas e a capacidade de sistematizar e comunicar os resultados alcançados ao longo do tempo.


Temas a abordar: 
1.      Parcerias orientadas para o desenvolvimento comunitário
2.      A estruturação interna de parcerias proativas
3.      Participação e envolvimento da(s) Comunidade(s) e dos seus membros nos processos desenvolvimento
4.    Sistematização dos resultados do trabalho em parceria numa perspectiva de desenvolvimento comunitário


OBJETIVO GERAL
Proporcionar oportunidades de reflexão a partir das realidades locais acerca das potencialidades e desafios das parcerias orientadas para o desenvolvimento e fortalecimento dos indivíduos, famílias e/ou comunidades abrangidas por medidas associadas a políticas públicas de apoio social. Identificar estratégias de intervenção promotoras do desenvolvimento e da auto-determinação das pessoas em situação de vulnerabilidade social e/ou económica.


 DIA: 13 de maio de 2016
HORÁRIO: 09h30-12h30 às14h00 -17h00
DURAÇÃO: 6horas
LOCAL: Setúbal – Auditório do Mercado do Livramento
PÚBLICO-ALVO: Parceiros/as do NLI - Núcleo Local de Inserção de Setúbal
Dinamizadora: Maria João Vargas Moniz - Doutorada em Psicologia Comunitária

INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES: Eneida Simões: Coordenadora do NLI de Setúbal
                                                      Lina Ventura: Coordenadora do NLI de Palmela


+ info:
Ana Vizinho
Técnica do Núcleo Distrital de Setúbal
EAPN Portugal / Rede Europeia Anti-Pobreza
Av. D. João II, Nº 14 R/C Dtº
2910-548 Setúbal
Tel: +351 265 535 330  Tlm: 963859266













Ação de Formação, Setúbal


AÇÃO DE FORMAÇÃO
GESTÃO / TRABALHO EM EQUIPAS
A importância de uma boa liderança e gestão de pessoas e equipas é facilmente reconhecida no contexto organizacional da actualidade. É ao líder e gestor que recai a responsabilidade sobre o desempenho dos vários actores organizacionais: a organização, as equipas, as pessoas, e ele próprio. Contudo, a liderança não deriva unicamente das características do líder. Há uma série de outras variáveis que influenciam a dinâmica deste processo. Assim, o exercício da liderança é, também, dependente da situação e do contexto. O comportamento do líder é, então, influenciado pelo contexto e pelos liderados com quem se relaciona. “Sendo a motivação das pessoas variada e variável, a escolha do estilo de liderança deve ser bastante flexível e dinâmica. Portanto, não há normas rígidas ou regras. É importante atender a que quanto mais congruente for o estilo adoptado, com as motivações do grupo, mais provável é que a liderança corresponda ao que os liderados esperam dela.” (Fachada, 2000). Trabalhar em equipa é, cada dia, tentar desenvolver habilidades extraordinárias em pessoas comuns, inclusive em nós próprios.
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS
Os conteúdos a abordar neste curso remetem para os seguintes domínios temáticos:
• Comunicação
1.Impacto dos vários tipos de comunicação
2.Comunicação assertiva
• Liderança
1. O Processo de Liderança;
2.Tipos de Liderança;
3. Adequação da Liderança às equipas
OBJETIVO GERAL
Este curso visa desenvolver e treinar as atitudes e competências adequadas para liderar e gerir eficazmente uma equipa de trabalho.
OBJETIVOS ESPECÍFICOS
•Reconhecer a importância do auto-conhecimento, identificando os pontos fortes e aspectos a desenvolver em termos de forças de carácter e tipos de liderança;
•Dotar os Participantes das estratégias mais adequadas para gerirem as suas equipas de forma mais eficiente e eficaz;
•Desenvolver práticas de liderança mais eficazes que permitam potenciar o desempenho próprio e dos colaboradores;
•Proporcionar aos Participantes “ferramentas” comunicacionais que lhes permitam gerir as relações interpessoais no quadro Organizacional e Pessoal;
•Conhecer os estilos/atitudes individuais de comunicar;
•Identificar as ferramentas motivacionais a utilizar na gestão de equipas;

METODOLOGIAS DE FORMAÇÃO E AVALIAÇÃO
- Metodologias expositivas com recurso ao PowerPoint
- Metodologias Ativas (Dinâmicas de Grupo, Exercícios de auto-conhecimento; Exercícios Práticos de Grupo; Brainstorming)
- Avaliação decorrerá da assiduidade/participação (50%) e de teste final (50%)
DIAS 19 e 20 de maio de 2016
HORÁRIO 9h30 às12h30 e das 14h00 às 17h00
DURAÇÃO 12h
LOCAL: Associação NÓS - Rua Aquiles de Almeida, N.º 1 Barreiro
INSCRIÇÃO Associados/as da EAPN Portugal: 30€ // Não associados/as: 50€
PÚBLICO-ALVO Profissionais e Dirigentes de ONG’s e Organismos Públicos e, todas as pessoas interessadas
ÁREA DE FORMAÇÃO: 090 – Desenvolvimento Pessoal
MODALIDADE DE FORMAÇÃO Formação contínua de atualização
FORMA DE ORGANIZAÇÃO Formação presencial
CRITÉRIOS DE SELEÇÃO Prioridade a associados/as da EAPN Portugal // Número de ordem de receção da inscrição
CERTIFICADO DE FORMAÇÃO Presença obrigatória em pelo menos 80% do total da duração da ação
FORMADORA: Susana Maria, Doutoramento em Psicologia na Especialidade de Psicologia Comunitária, ISPA
As inscrições são limitadas a 20 participantes e devem ser realizadas até ao próximo dia 16 de maio para:
EAPN Portugal / Núcleo Distrital de Setúbal

Av. D. João II, Nº 14 R/C Dtº.
2910-548 Setúbal
Telefone: 265535330 / Tlm: 963859266 / setubal@eapn.pt

EAPN Portugal recebida, amanhã, na Assembleia da República



O PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA, EDUARDO FERRO RODRIGUES, RECEBE, EM AUDIÊNCIA, A EAPN PORTUGAL/ REDE EUROPEIA ANTI-POBREZA



O GRUPO DE TRABALHO NACIONAL, COORDENADO PELA EAPN PORTUGAL, QUE NOS ÚLTIMOS DOIS ANOS, TEM VINDO A DEFENDER A NECESSIDADE DE UMA ESTRATÉGIA NACIONAL PARA A ERRADICAÇÃO DA POBREZA, SERÁ RECEBIDO NA PRÓXIMA QUARTA-FEIRA, DIA 4 MAIO, PELO PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA, DR. EDUARDO FERRO RODRIGUES.

- Considerando que a pobreza é uma dura realidade para uma parte considerável da população portuguesa, tendo em conta os níveis de rendimento, progresso material, tecnológico e organizacional já alcançados no nosso País;
- Considerando que a situação da pobreza é iníqua e intolerável à luz de critérios éticos consagrados em documentos fundamentais, nomeadamente a Constituição da República Portuguesa, a Declaração Universal dos Direitos Humanos ou a Carta Social Europeia;
- Considerando que a liberdade é um direito humano fundamental que só se garante quando estão asseguradas as condições efectivas do seu exercício, condições que a pobreza nega, constituindo, assim, uma situação de privação da liberdade, que ofende a dignidade humana;
E, tendo em conta:
- A Resolução da Assembleia da República Nº31/2008 que recomenda a definição de um limiar de pobreza e a avaliação das políticas públicas destinadas à sua erradicação e em que a Assembleia da República declarou solenemente que a pobreza não era só um problema social e económico, mas constituía uma violação dos Direitos Humanos;
- A Resolução do Parlamento Europeu, de 14 de abril de 2016, sobre o cumprimento do objetivo de luta contra a pobreza à luz do aumento dos encargos domésticos (2015/2223/(INI).
Os membros do Grupo de Trabalho solicitam ao Senhor Presidente da Assembleia da República, enquanto mais alto representante da Casa da Democracia, que envide todos os esforços institucionais para que o objetivo da luta contra a pobreza e exclusão social seja uma prioridade na agenda política:
1. Exortam a Assembleia da República a empenhar-se de forma prioritária na luta contra a pobreza e a exclusão social, adotando uma estratégia integrada de erradicação das diversas manifestações da pobreza, através de uma abordagem holística que estabeleça elos de ligação entre as políticas económicas, de trabalho, de educação, de energia e de transportes e as políticas sociais e que, ao mesmo tempo, tenha em conta os fatores e causas daqueles fenómenos;
2. Exortam a Assembleia da República a reavaliar e a adaptar todas as políticas susceptíveis de provocar um aumento da pobreza, bem como a realizar uma avaliação específica de impacto das políticas sociais sobre a capacidade das mesmas contribuírem para o objetivo de erradicação da pobreza;
3. Instam a Assembleia da República a assegurar uma concretização mais eficaz, direcionada e melhor supervisionada dos Fundos Europeus Estruturais e de Investimento (FEEI) pelas autoridades nacionais, regionais e locais, bem como a efetiva aplicação dos 20% do Fundo Social Europeu (FSE) no objetivo do combate à pobreza;
4. Convidam a Assembleia da República a consagrar um debate anual à luta contra a pobreza, à pobreza extrema, à exclusão social, às desigualdades sociais e ao acesso a uma vida digna, que privilegie o diálogo e a participação das próprias pessoas em situação de pobreza e/ou exclusão social.