Follow by Email

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

EAPN apela apela à presidência cipriota


 Falta transparência nas negociações do orçamento da UE
Estados-membros colocam coesão social e futuro da união risco

«A EAPN apela à presidência cipriota e ao presidente Van Rompuy para reunir o apoio dos Estados-membros para a proposta da Comissão Europeia sobre o Fundo Social Europeu, já apoiada pelo Parlamento Europeu. Apenas três Estados-membros responderam ao pedido da EAPN no sentido de darem a conhecer a sua posição relativamente a esta proposta. Embora todos os Estados Membros se tenham comprometido com a meta de redução da pobreza, reconhecendo a necessidade de um quadro europeu comum para o investimento na luta contra a pobreza e a exclusão social. A maioria parece disposta a desrespeitar os seus compromissos e a rejeitar a proposta da Comissão Europeia.

 “Se os Estados-membros rejeitarem a proposta da Comissão Europeia que visa atribuir a quota mínima e necessária do orçamento da União Europeia (UE) ao Fundo Social Europeu (FSE) e à luta contra a pobreza e à exclusão social, colocarão em risco o futuro do Fundo Social Europeu  bem como o seu contributo para atingir a meta europeia de redução da pobreza”, declarou Sérgio Aires, presidente da EAPN, acrescentando que "isso seria um sinal de total incoerência política com os compromissos assumidos pelos governos nacionais para reduzir a pobreza. Esta atitude, seria a reta final para o desastre, colocando em risco não só qualquer possibilidade de redução da pobreza, mas também a coesão social na sua base e o futuro da UE.

Embora haja um reconhecimento crescente de que as medidas de austeridade não funcionam e só resultam num aumento profundo dos níveis da pobreza e da exclusão, o investimento social através da utilização dos fundos da UE para promover a coesão social é absolutamente necessário”, afirma Fintan Farrell, diretor da EAPN.

As ONGs envolvidas na campanha “Dinheiro da UE para Reduzir a Pobreza, Já!” vão enviar uma carta conjunta ao Conselho dos Assuntos Gerais de 20 de novembro, durante o qual os Estados-membros devem dar a conhecer a sua posição sobre a proposta da Comissão Europeia e traçar definitivamente o futuro do FSE e do seu potencial para alcançar a meta de redução da pobreza. A carta será acompanhada pela petição da referida campanha, instando a apoiar a proposta da Comissão.



·         




Para mais informações, por favor contacte Vincent Caron (policy offer) vincent.caron@eapn.eu ou Fintan Farrell (Diretor) fintan.farrell@eapn.eu, ou Nellie Epinat (Comunicação) nellie.epinat@eapn.eu ou, tel. +32 2 226 58 50 - fax. +32 2 226 58 69 - E-mail: team@eapn.eu – Website: www.eapn.eu



 

Banco do Livro Reutilizado




Banco do Livro Reutilizado

O Banco do Livro Reutilizado, organizado pelo Núcleo Distrital de Beja da EAPN Portugal, pretende promover a troca gratuita de livros, animado pela "preocupação cívica e pela reutilização", rejeitando a ideia de que os livros usados só interessam aos mais desfavorecidos
.
Gratuitidade como Princípio de honra
Todo e qualquer produto ou serviço prestado por ou para o Banco do Livro Reutilizado é gratuito.

Como funciona o Banco do Livro Reutilizado?
O Banco do Livro Reutilizado recebe ofertas de livros usados e disponibiliza gratuitamente os mesmos livros a quem precisa deles.

Onde entregar / levantar os Livros usados?
EAPN Portugal/ Rede Europeia Anti-Pobreza
Núcleo Distrital de Beja
Rua do Jornal Ala Esquerda 20. 
7800-301 Beja
Tel. + 00351 284 325 744 Fax: + 00351 284 325 745 Email - n.beja@eapn.pt