Follow by Email

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Sindicatos e organizações de luta contra a pobreza exigem um novo projeto europeu


Propõem novas medidas e rejeitam políticas de austeridade

Na véspera do Conselho Europeu, a realizar nos próximos dias 1 e 2 de Março, a Federação de Sindicatos Europeus dos Serviços Públicos (EPSU) e a Rede Europeia Anti-Pobreza (EAPN) apelam aos governos dos Estados-membros e às instituições europeias para que seja dada prioridade à luta contra a desigualdade e à promoção do crescimento inclusivo.

Basta de cortes nos serviços públicos e nos sistemas de proteção social, defendem os dirigentes daquelas organizações europeias, apelando a um compromisso efetivo com os objetivos da Estratégia 2020.
Apesar da União Europeia ter ratificado a Estratégia Europa 2020, onde constam objetivos concretos no que diz respeito à redução da pobreza, e da Análise Anual do Crescimento reconhecer que as medidas de austeridade têm tido um impacto negativo sobre o crescimento, o emprego e as taxas de pobreza, continua a dar-se prioridade a essa atuação.

Reduzir a despesa pública num momento de recessão significa asfixiar o crescimento e aumentar o desemprego. O preço que os trabalhadores e os agregados familiares com baixos rendimentos estão a pagar, principalmente nos países que estão a receber ajuda financeira, é inadmissível. Na Grécia, não só os salários mínimos foram reduzidos 20 por cento, como também se reduziu o subsídio de desemprego, o que atirou muitas pessoas para uma situação de pobreza. A EAPN refere que a coesão económica e social está a ser estruturalmente subvertida nestes países, com o nacionalismo e o racismo a ganharem força. Enquanto isso, os lucros obtidos pelas grandes empresas estão a ultrapassar os valores pré-crise, sendo transformados em dividendos para os acionista em vez de serem canalizados para investimentos produtivos.

A EAPN e a EPSU exigem um novo projeto europeu, aberto e transparente que envolva os parceiros sociais e as organizações da sociedade civil nos seus Planos Nacionais de Reforma e nos seus Relatórios Sociais, quer a nível nacional quer a nível europeu. Este projeto deve incluir: um novo pacote de incentivos ao investimento nos serviços públicos e nas infraestruturas, de forma a gerar empregos ecológicos e desenvolvimento sustentável; o acesso a empregos de qualidade e a luta contra o trabalho precário; o fortalecimento da proteção social e do rendimento mínimo, de forma a reduzir a pobreza e a melhorar a coesão social; o combate à desigualdade, através de políticas fiscais mais justas, combatendo a fraude e a evasão fiscal.

«Não sei o que vai ser necessário para convencer os Estados-membros de que a abordagem das políticas de austeridade coloca as preocupações sociais em segundo plano. Não funcionou, não vai funcionar e não vai restaurar a confiança na UE. Está na altura de utilizar o dinheiro para satisfazer as necessidades das pessoas e não dos mercados», defende o diretor da EAPN, Fintan Farrell.

Por seu lado, Jan Willem Goudriaan, da EPSU, acrescenta: «rejeitamos este absurdo Tratado da Austeridade. Está claro, que em vez de ser um sinal de esperança, está a tornar-se rapidamente num símbolo de miséria para milhões de pessoas. A União Europeia precisa de um projeto social que promova empregos decentes e enfrente as desigualdades crescentes, através do investimento nas infraestruturas públicas, nos serviços públicos e na proteção social».


A Federação de Sindicatos Europeus de Serviços Públicos (EPSU) representa, através de 275 sindicatos, oito milhões de trabalhadores e empenha-se em serviços sociais, serviços públicos, governo local e regional, bem como nas administrações europeias de todos os Estados -membros.
 www.epsu.org

A Rede Europeia Anti-Pobreza (EAPN), criada em 1990, é uma rede independente de organizações não-governamentais e grupos envolvidos na luta contra a pobreza e a exclusão social, nos Estados-membros da União Europeia.
www.eapn.eu


+ INFO

Internacional:
EPSU: Pablo Sanchez +32 474 62 66 33
EAPN: Fintan Farrell +32 2 226 58 55(Fintan.farrell@eapn.eu)
Nacional:
Departamento de Comunicação e Relações Institucionais
EAPN Portugal/Rede Europeia Anti-Pobreza
Rua Costa Cabral, 2368
4200-218 Porto
e-mail: comunicacao@eapn.pt
Tel: 225420800//96 6698549
Site: http://www.eapn.pt/

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Projeto Alcoutim


«O Projeto Alcoutim é um projeto desenvolvido pelo MSV - Movimento ao Serviço da Vida, que tem como missão ir ao encontro das pessoas com mais idade do Concelho de Alcoutim, no distrito de Faro, e procurar colmatar (e preencher) algumas das suas necessidades.


Este projeto é dinamizado ao longo do ano por um grupo de 12 voluntários, universitários e trabalhadores, que vivem em Lisboa e se deslocam um fim-de-semana por mês para trabalhar em parceria com as Paróquias do Concelho de Alcoutim.

A vila de Alcoutim, situada à beira do Rio Guadiana, é uma das mais típicas da Serra Algarvia. Encontra-se rodeada por pequenas comunidades rurais de uma beleza natural inesquecível, os "montes", habitadas por um número cada vez mais reduzido de pessoas, a maioria das quais com uma idade avançada, que vivem em situações de grande isolamento a diversos níveis. Estas pessoas, bem como as que vivem no Lar de Alcoutim, constituem a razão que leva o MSV a promover este projeto.

Apesar de ser desenvolvido por voluntários e de ter o importante apoio da Paróquia de Alcoutim, o projeto tem custos, que estão a cargo do MSV. Estes, que se prendem com as deslocações para Alcoutim e com alguns materiais utilizados no desenvolvimento do projeto, são inteiramente financiados por donativos de particulares e de entidades.

Nesta fase de instabilidade económica e financeira, que se vive em Portugal e que afeta grandemente as instituições que vivem essencialmente de donativos, todos os apoios são fundamentais para garantir o funcionamento dos projetos.

É neste sentido que vimos ao vosso encontro e apelamos à vossa generosidade!

Para ajudar, basta clicar aqui  e seguir as instruções.

Convidamo-vos, também, a entrarem em contacto com o MSV no caso de estarem interessados em conhecer melhor o Projeto e, eventualmente, integrar o grupo de voluntários que o dinamiza.»

"Ambiente e Desenvolvimento Sustentável"

Programa aqui

+INFO
nelia.ribeiro@plataformaongd.pt /
info@plataformaongd.pt
ou contactar o 218872239





Jornadas de Serviço Social

+INFO

Unidade Funcional de Serviço Social

Hospital de Magalhães Lemos, E.P.E.
Rua do Professor Álvaro Rodrigues
4149-003 Porto
Telef: 226192486/91/90
E-mail: servicosocial@hmlemos.min-saude.pt

Projeto "4 the world"

« 4 the world é um grupo constituído por quatro alunas do ensino superior (Escola Superior de Comunicação Social e Faculdade de Belas Artes), para participar no projecto Up2You Challenge. Este é um projecto criado pela Bolsa de Valores Sociais e pela Caixa Geral de Depósitos, com o objectivo de desafiar alunos universitários a implementar uma ideia que lhes permita multiplicar 500€ no espaço de um mês, em prol de uma instituição social. O dinheiro multiplicado será entregue a uma instituição cotada na Bolsa de Valores Sociais.

Posto este desafio, a 4 the world decidiu criar e vender oito porta-chaves alusivos aos 8 Objectivos de Desenvolvimento do Milénio (ODM), para assim multiplicar o dinheiro que nos foi fornecido. Para tal, desenvolveu o projecto 8 Porta-Chaves por 8 Objectivos.
Os ODM foram definidos em Setembro de 2000, quando os chefes de Estado e de Governo de 189 países se reuniram nas Nações Unidas e assinaram a Declaração do Milénio, comprometendo-se a tentar alcançar estes 8 objectivos até 2015, lutando assim contra a pobreza e a fome, a desigualdade de género, a degradação ambiental e o vírus do VIH/SIDA e a favor do desenvolvimento do acesso à educação, a cuidados de saúde e a água potável.
Apesar de estes serem objectivos para 2015, não nos devemos esquecer que a luta pelos mesmos deve ser diária e conjunta, para que se consiga, passo a passo, caminhar para a sua concretização.
Desta forma, com a venda destes porta-chaves, a 4 the world pretende dar a conhecer os ODM e o seu propósito, bem como angariar o máximo de dinheiro para ajudar a atingi-los.
Visto a vossa organização estar associada, directa ou indirectamente, aos ODM, considerámos pertinente dar-vos a conhecer o nosso projecto e pedir que nos ajudem a divulgá-lo e, caso estejam interessados, adquirir alguns dos porta-chaves que estamos a vender. Este projecto estará em vigor apenas até ao dia 2 de Março, data do final do concurso Up2You Challenge.»
Ana Rita Santos; Élia Teixeira; Marta Baeta; Raquel Cordeiro

+ INFO
http://www.facebook.com/pages/8-Porta-Chaves-por-8-Objetivos/270711396334659?sk=wall

Sexualidades & Envelhecimento Ativo





Curso de Especialização Sexualidades & Envelhecimento Ativo

+ INFO
CASA - Centro Avançado de Sexualidades e Afectos

Rua de Santa Catarina, 1538
4000 – 448 Porto
918 444 828
http://www.ass-casa.com/

Empreendedorimos Imigrante

« A ASI- Associação de Solidariedade Internacional está inserida no Projecto Europeu BestForm, liderado pela Sociedade Portuguesa de Inovação o qual compreende a participação de várias instituições de vários países europeus, nomeadamente Alemanha, Roménia, Polónia, Espanha, Reino Unido, Itália e Portugal.
O objectivo do projecto é dinamizar a actividade dos formadores na área de empreendedorismo
imigrante na Europa, através da adaptação da estratégia seguida e implementada já no Reino Unido. Para isso, serão desenvolvidos 2 projectos piloto em Portugal e na Itália, do qual resulta
esta acção de formação»
Esta formação tem caracter gratuito e será realizada no Porto durante o mês de Março (aos sabados).

O interesse em participar pode ser enviado para o mail geral@asi.pt


+ INFO
 
ASI-ASSOCIAÇÃO DE SOLIDARIEDADE INTERNACIONAL

CLAII Porto Itinerante
M. 962 089 493
@: claii@asi.pt
URL www.asi.pt

Empregos de verão para estudantes

« Banco Europeu de Investimento: empregos de verão para estudantes


O Banco Europeu de Investimento (BEI) oferece um número limitado de empregos de verão para estudantes durante o período de junho a setembro, proporcionando a oportunidade de ganhar a primeira experiência de vida ativa e de ganhar algum dinheiro de bolso.
Para serem elegíveis, os alunos devem ter idade compreendida entre os 17 e os 25 anos, inclusive, e ainda devem estar a frequentar um estabelecimento de ensino.
Os alunos que participam destes empregos de verão dão assistência geral em tarefas administrativas básicas.
Os interessados devem viver no Luxemburgo ou nas zonas circundantes ou ser capaz de garantir alojamento à sua própria custa. Para garantir a equidade, os candidatos são selecionados por sorteio.Os candidatos que estejam interessados devem candidatar-se on-line até 4 de março de 2012.
As candidaturas de estudantes que tenham trabalhado nos últimos 3 anos não serão consideradas.
Os resultados serão divulgados no final de março.
+ INFO

aqui

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

EAPN apela ao Presidente da Comissão Europeia:

Ludo Horemans



“ajuda financeira deve ser prestada com base na solidariedade com as pessoas, não com os mercados”

No momento em que a troika acaba de negociar um novo programa de resgate para a Grécia, a EAPN enviou uma carta a Durão Barroso, presidente da Comissão Europeia (CE), com conhecimento aos diretores do Fundo Monetário Internacional (FMI) e do Banco Central Europeu (BCE), pedindo decisões tomadas com base na solidariedade com as pessoas e não com os mercados. De acordo com as diretrizes da Estratégia Europa 2020, a carta define cinco ações urgentes a concretizar em todos os Estados-membro da União Europeia alvo de ajuda financeira. Estas ações visam reverter os ataques sistemáticos que têm sido feitos aos direitos sociais.

A Análise Anual do Crescimento, observada pela Comissão Europeia, confirma que as medidas de austeridade tem tido um impacto negativo sobre as taxas de crescimento, emprego e pobreza e, por esta razão, foi incluída uma nova prioridade social, que visa lutar contra o desemprego e as consequências sociais da crise. «No entanto, as medidas tomadas contradizem totalmente esta decisão, pois os países que estão a receber ajuda financeira são, em primeiro lugar, obrigados a aceitar as condições que estão a devastar as suas infraestruturas sociais. E de acordo com as orientações da CE para os novos Programas Nacionais de Reforma (PNR), os países que estão a ser resgatados ficam isentos de desenvolverem PNRs e de efetuarem uma monitorização do seu progresso em termos de objetivos sociais, o que significa que a UE só se preocupa com o desempenho macroeconómico e não com o impacto sobre as pessoas», explica Ludo Horemans, presidente da EAPN.
«Verifica-se uma dupla penalização sobre esses países e são as pessoas, especialmente as que têm baixos rendimentos, as mais afetadas. Isto revela o desprezo pelos compromissos assumidos relativamente à redução da pobreza no âmbito da Europa 2020. Por isso, apelamos à Comissão e à União Europeia que tome medidas imediatas para assegurar que os acordos com a troika parem de gerar ainda mais pobreza. A integridade e o futuro da Europa social estão em jogo», disse Ludo Horemans.

As cinco ações propostas pela EAPN

1) Os países que recebem apoio económico devem receber tratamento igual perante a “Europa 2020”. Todos devem produzir PNRs, registando o progresso em relação às metas, com recomendações específicas por país.

2) Todos os PNRs deverão ser obrigados a garantir que as medidas de austeridade fiscal deixem de atingir desproporcionalmente as pessoas em situação de pobreza.

3) Todos os PNRs, a nível nacional, deverão envolver ativamente a sociedade civil e outros parceiros, em todas as fases do seu desenvolvimento.

4) Deve ser designada uma delegação específica da Comissão Europeia / Comité de Proteção Social para trabalhar com os países que recebem ajuda económica e monitorização por parte da CE,FMI e do BCE, no sentido de garantir que as condições impostas a esses países não resultem no aumento da pobreza.

5) Todos os Estados-membros, incluindo os países que recebem ajuda económica, devem receber pelo menos uma recomendação específica sobre os progressos alcançados em relação à meta de redução da pobreza.

A carta enviada ao presidente da Comissão Europeia pode ser consultada

aqui

Curso de Gestão de Voluntariado


A Pista Mágica, Escola de Voluntariado irá ministrar nos dias 25 de Fevereiro, 3, 10, 17, 24 e 31 de Março o Curso de Gestão de Voluntariado no Porto.
1.Introdução ao voluntariado - 3h - 25€

2.Planeamento do programa de voluntariado - 6h - 50€

3.Organização do programa de voluntariado - 3h - 25€

4.Elaboração de perfis de posto de voluntários - 6h - 50€

5.Recrutamento dos voluntários - 3h - 25€

6.Entrevista e selecção dos voluntários - 3h - 25€

7.Orientação e treino dos voluntários - 3h - 25€

8.Supervisão dos voluntários - 3h - 25€

9.Avaliação dos voluntários - 3h - 25€

10.Reconhecimento dos voluntários - 3h - 25€

+ INFO
http://pista-magica.pt/

“Ideias Para o Envelhecimento Activo”


CONVITE «O Centro de Recursos em Conhecimento (CRC) do Instituto da Segurança Social, I.P., tem o prazer de convidar V. Exa. para a sessão de divulgação da publicação “Ideias Para o Envelhecimento Activo”, Coordenação de Luís Jacob e Hélder Fernandes.


A publicação será apresentada pelo Professor Luís Jacob e pela Professora Stella António.
Luís Jacob, doutorando em educação social, mestre em recursos humanos e especialista em Gerontologia. É Presidente da Direcção da RUTIS e docente na Escola Superior de Saúde de Bragança na Licenciatura de Gerontologia. Stella António, doutoranda em sociologia, mestre em sociologia, docente no Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade Técnica de Lisboa.
A sessão terá lugar no próximo dia 28 de Fevereiro, pelas 15h00, no Auditório do ISS, I.P., na Rua Castilho, n.º 5 – R/C, Lisboa. Contamos consigo!».
Confirmação de presença:
Telef. 21 318 49 89
E-mail: ISS-CRC@seg-social.pt

"Decrescimento" em debate

«O CIDAC – Centro de Intervenção para o Desenvolvimento Amílcar Cabral organiza um círculo de leitura e um seminário dedicados à teoria económica e proposta de modelo de desenvolvimento conhecida como "Decrescimento". O círculo de leitura, a decorrer nos dias 4, 11 e 25 de fevereiro de 2012, é orientado por Fernando Florêncio, professor da Universidade de Coimbra. O seminário, a realizar a 9 e a 10 de março, conta com a presença de Serge Latouche, professor da Universidade de Paris XI.

Estas atividades enquadram-se no projecto ”Contraponto: Leituras Plurais do Mundo, os Modelos de Desenvolvimento em Questão”, cofinanciado pelo IPAD no âmbito da linha de apoio para projetos de Educação para o Desenvolvimento (ED).»

+ INFO

aqui

“Situação Mundial da Infância 2012”

«Crianças no Mundo Urbano


A UNICEF Portugal tem o prazer de convidar para o lançamento do relatório da UNICEF

“Situação Mundial da Infância 2012”, que terá lugar no dia 28 de Fevereiro, pelas 14h00,

na Sala do Arquivo da Câmara Municipal de Lisboa.

A sessão contará com as intervenções de:

António Costa, Presidente da Câmara Municipal de Lisboa,

Ana Paula Marques, Chefe de Divisão da Acção Social e Saúde Pública da Câmara Municipal de Aveiro

Madalena Marçal Grilo, Directora Executiva da UNICEF Portugal.

+ INFO

Comité Português para a UNICEF


Av. Ant. Augusto Aguiar, 21 – 3º Esq.

1069-115 Lisboa

Tel: 21 317 7512

www.unicef.pt

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Conferência "Nascer em Portugal"


(...) «Especialistas das áreas da saúde, economia, sociologia ou atropologia vão apresentar e discutir diferentes visões do problema, de modo a “apresentar uma perspetiva multi-disciplinar", adiantou a fonte da Presidência da República.

Entre os conferencistas estrangeiros estarão personalidades como Olivier Thévenon, que participou num estudo da OCDE sobre o problema da fecundidade, Gunnar Andersson, da universidade de Estocolmo, e Massimo Livi Bacci, autor do primeiro estudo sobre fecundidade em Portugal – “A century of Portuguese Fertility” de 1971 - e que será distinguido pelo Presidente da República no final da conferência.
Entre os conferencistas portugueses estarão jovens investigadores, economistas e sociólogos, como Maria João Valente Rosa, António Barreto, Manuel Villaverde Cabral e Rui Vilar.
Recusando a pretensão do chefe de Estado se assumir como um "think-tank" ou como fonte de medidas, soluções ou leis, fonte da Presidência da República reconheceu que a primeira consequência que Belém gostaria de ter deste novo roteiro seria "o aumento da investigação sobre os temas da fecundidade, demografia e fertilidade". Seria útil, por exemplo, antecipar os problemas graves que estão prestes a bater à porta de Portugal, como a falência do sistema de Segurança Social.
A conferência é aberta a institutos, investigadores, Organizações Não Governamentais que foram convidados, assim como a representantes dos Partidos representados no Parlamento e do Governo, que também foram chamados a estarem presentes.
As apresentações e conclusões da conferência deverão ser publicadas mais tarde em livro.
Segundo dados fornecidos pela Presidência da República, em 2007, 2009 e 2010 o número de mortes em Portugal ultrapassou o número de nascimentos, uma situação inédita nos últimos 50 anos, e é um dos países europeus onde o número médio de filhos por mulher é mais baixo, não chegando a 1,5.»

Fonte: aqui

Conferência: “De casa à escola, percursos de desvio”

A Escola Superior de Educação de Torres Novas promove, no próximo dia 15 de março, às 21 horas, no seu Auditório,  a conferência intitulada

 “De casa à escola, percursos de desvio”


“Tendo por base os quatro pilares da Educação, definidos pela Unesco a partir do Relatório de Jacques Delors, aprender a conhecer, aprender a fazer, aprender a viver juntos e aprender a ser, qual é o papel de cada um dos agentes socializadores, Família, escola e comunidade, nestas tarefas? Sendo certo que a educação familiar será a base de construção da personalidade e identidade dos adolescentes e jovens, parece poder inferir-se que cabe à família a transmissão dos valores pessoais e de cultura familiar e comunitária que permitem à aquisição dos sentimentos de pertença. À escola, caberá também uma parte importante do projecto de vida destes adolescentes e jovens. E será na unidade de intervenção entre a escola e a família que poderá estar a justificação para o sucesso ou insucesso da educação para a cidadania. Importa, por isso, mobilizar todas as competências para educar os nossos filhos e alunos no valor da palavra contra o uso da violência. Mas parece claro que, em grande parte, as atitudes dos nossos educandos deriva do exemplo que formos capaz de oferecer-lhes. Como dizia Agostinho da Silva “ Demos nós próprios o exemplo, talvez nos sigam”.

Professor Doutor Adelino de Jesus Antunes*

A conferência será ministrada pelo *Professor Doutor Adelino de Jesus Antunes – Mestre em Sociologia do Crime e da Violência, Doutor em Sociologia e investigador da CESNOVA.
A entrada é livre, porém com inscrição obrigatória (espaço limitado a 140 lugares). Caso tenha interesse em estar presente nesta conferência, agradecíamos o envio de um e-mail para alexandra@esetn.pt com o assunto: “presença na conferência “De casa à escola, percursos de desvio”.

+ INFO
Departamento de Comunicação/Formação
Escola Superior de Educação de Torres Novas
Telf. 249 824 892

Ação de formação: Processo de Qualificação Organizacional para IPSS e ONG

DIAS 5, 12, 19 e 26 de abril //
Processos de Qualificação Organizacional para IPSS e ONG – Nível 1
7, 14, 21 e 28 de junho//
Processos de Qualificação Organizacional para IPSS e ONG – Nível 2

«As organizações do século XXI devem ser espaços de felicidade, com capacidade de proporcionar bemestar aos seus colaboradores, prestar serviços ou oferecer produtos de qualidade aos seus clientes,
fomentar relações honestas com todos os parceiros, e criar valor para toda a comunidade. Para isso
precisam de transportar para a sua atuação uma filosofia positiva e com ferramentas adequadas que lhes
permitam diagnosticar o estado em que se encontram nas diversas áreas da sua estrutura interna e da sua
capacidade de lutar contra a pobreza e a exclusão social. Cabe às organizações do sector social a particular
responsabilidade de serem, além de eficazes e de eficientes, organizações virtuosas, agindo em prol dos
seus clientes, mas também dos seus colaboradores.
OBJETIVO
Pretende-se com estas ações promover um espaço de aprendizagem, reflexão e discussão sobre algumas
das áreas centrais na gestão de organizações sem fins lucrativos. Esta ação será um espaço interativo,
fomentando a partilha de experiências, de conhecimentos e de estratégias de forma a permitir dotar os
formandos de competências e instrumentos úteis. Capacidades a adquirir durante a formação: Implementar
um sistema de gestão da qualidade // Definir e construir uma gestão por processos // Domínio de poderosos
instrumentos de diagnóstico organizacional // Auto-conhecimento e reflexão // Focalização no positivo que
se encontra nas pessoas e nas organizações // Utilização de ferramentas e metodologias para o
desenvolvimento das forças positivas // Auto-consciência e responsabilização // Promoção de uma liderança
positiva e transformacional // Utilizar uma liderança purificadora // Promoção de organizações emocional e
moralmente inteligentes».

+ INFO
EAPN Portugal / Núcleo Distrital de Viana do Castelo

Av. Rocha Paris, Ed. Vila Rosa, 103 – 4900-887 Viana do Castelo
telefone 258817034 e fax 258817035
E-mail: vianadocastelo@eapn.pt

Dar vida aos anos: Envelhecimento Ativo

«A Associação Gerações promove no próximo dia 8 de Março, no Auditório da Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco, em Famalicão, um seminário sobre Envelhecimento Ativo, onde estarão presentes diversos especialistas.


Este seminário tem como objectivo assinalar o Ano Europeu do Envelhecimento Activo, sendo este um ano que se pretende sensibilizar, a população em geral e os técnicos que trabalham diariamente com este público em específico, para as questões e para os desafios que decorrem do envelhecimento.

A sessão de abertura terá início às 14h30, sendo que a primeira intervenção será feita pela Dra. Ana Sousa que abordará o tema “Envelhecimento Activo: Dar Vida aos Anos”, seguida pela Dra. Ana Pinheiro com o tema “Solidão na Terceira Idade” e o Professor Doutor Arthur Neto com os “Desafios durante a transição da vida laboral para a reforma”.»

+ INFO
Associação Gerações

Educação, Solidariedade e Serviços
Avenida Marechal Humberto Delgado, n.º 499-515
4760-012 Vila Nova de Famalicão
http://www.associacaogeracoes.com/
Contactos: 252374480/252374918/932886644
Fax: 252374919
E-mail: geral@associacaogeracoes.com

Ação de formação - "Intervenção com famílias pobres: desenvolver estratégias colaborativas"



DIAS 7, 14, 21 e 28 de março

«A intervenção social com famílias pobres atravessa atualmente um momento de “transição” no modo de olhar e pensar as famílias e de conceber a intervenção. Este momento de “transição” tem sido, particularmente, visível na intervenção em sistemas mais complexos, como é o caso das famílias pobres com múltiplos problemas e dos organismos formais que as apoiam. Apesar do empenho de instituições e profissionais, os modelos tradicionais (deficitários ou de controlo) têm vindo a revelar-se pouco eficazes, acabando por gerar sentimentos de fracasso e impotência em todos os envolvidos (famílias, profissionais e instituições). Paralelamente, as experiências de intervenção com os modelos colaborativos (centrados nas competências) têm vindo a revelar a sua maior eficácia junto desta população.
OBJETIVO
Partindo do conhecimento dos profissionais que trabalham diretamente com esta população, esta formação pretende repensar as formas de intervir com as famílias pobres, articulando a compreensão do seu funcionamento e estrutura com a reformulação das estratégias de intervenção. Ao longo da formação, os profissionais poderão analisar a sua experiência profissional, refletindo sobre práticas eficazes para alcançar o sucesso na intervenção social com famílias pobres.
 
+ INFO
EAPN Portugal / Núcleo Distrital de Viseu
Rua D. António Alves Martins nº 14, 4º BE, Edifício Liberal
Telefone 232 468 472/ 91 4 77 77 92 e fax 232 468 474
E-mail: viseu@eapn.pt

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Prorrogado prazo limite de resposta ao censo das fundações

(...) «A participação no censo é obrigatória para as fundações, devendo as respostas ao questionário e a disponibilização de documentação ocorrer até ao dia 24 de fevereiro de 2012, exclusivamente através deste portal eletrónico.

Até ao dia 24 de fevereiro de 2012, também as entidades públicas estão obrigadas a disponibilizar, através deste sítio electrónico, todos os elementos de que disponham sobre as fundações por si criadas ou reconhecidas, as fundações a que tenham concedido bens públicos ou apoios financeiros e as fundações relativamente às quais tenham adotado qualquer decisão ou deliberação, ou celebrado contratos, acordos ou protocolos que envolvam bens públicos ou apoios financeiros.» (...)

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Encontro Regional de Associados EAPN Portugal


Tal como tem acontecido todos os anos, a EAPN Portugal/Rede Europeia Anti-Pobreza reúne com os seus associados, individuais e coletivos, com o objetivo de efetivarem um verdadeiro trabalho em rede, criando momentos de reflexão, de troca de informação e boas práticas que possam ser uma mais-valia para um trabalho participado e profícuo entre a EAPN Portugal e os seus associados. Este ano, a iniciativa divide-se em três encontros regionais, com vista a facilitar deslocações. Assim:

  • Norte: dia 9 de Março
  • Centro: dia 22 de Março
  • Sul: dia 29 de Março

O encontro que reúne os associados da região norte tem lugar no Auditório do Parque Biológico de Gaia, em Vila Nova de Gaia, dia 9 de Março. As inscrições devem assinalar o Grupo de Trabalho escolhido e podem ser enviadas até ao dia 2 daquele mês.


+ INFO


EAPN Portugal
Rua Costa Cabral, nº 2368 – 4200 – 218 Porto
telefone e fax 217976590
E-mail: mj.vicente@eapn.pt - Maria José Vicente

Ação de formação: As Comunidades Ciganas e a Intervenção social


DIAS 27 de Março; 13, 20, 27 e 28 de Abril

«A inclusão dos ciganos é uma prioridade social urgente, já que cerca de 8 milhões de cidadãos da UE pertencem a essa etnia e vivenciam situações de marginalização, exclusão social, discriminação, segregação e pobreza extrema. É tendo por base este contexto, que a EAPN Portugal considera fulcral e indispensável concentrar todos os esforços nesta problemática no sentido de garantir e de assegurar, de uma vez por todas, a construção de um processo de inclusão das comunidades ciganas. Para tal é premente conhecer estas comunidades, as suas necessidades e os desafios que se colocam à sua efetiva inclusão para, dessa forma, permitir uma melhor, mais atualizada, efetiva e, consequente, intervenção.
OBJECTIVOS
Com esta ação pretende-se colocar à disposição dos formandos conhecimentos fundamentais e algumas ferramentas e instrumentos que melhor os ajudem a intervir com estas comunidades, nomeadamente i) sensibilizar e capacitar os formandos, no sentido de melhorar as respostas e as estratégias de intervenção; ii) transmitir um conjunto de conhecimentos sobre as características e os aspectos culturais que as comunidades ciganas apresentam no sentido de promover a efetiva inclusão destas comunidades; iii) promover um espaço de reflexão e discussão sobre as questões da multiculturalidade e da diversidade cultural; iv) dar a conhecer e refletir sobre as metodologias e as estratégias de intervenção e fomentar o intercâmbio de experiências e boas práticas existentes neste domínio».
 
+ INFO
 
EAPN Portugal

Rua Costa Cabral, nº 2368 – 4200 – 218 Porto
telefone e fax 217976590
E-mail: mj.vicente@eapn.pt - Maria José Vicente

Fotografia: Sérgio Aires

Oxford Poverty & Human Development Initiative


Fórum sobre desenvolvimento Internacional


Decisores de hoje reúnem-se com os decisores de amanhã para abordarem o Desenvolvimento Internacional. E são muitas questões a pedirem resposta.

+ INFO

aqui

PT-Polis chega a todas as capitais de distritio


« Depois do projeto Regio-Polis, a Braga 2012: Capital Europeia da Juventude arrancou a 13 de fevereiro com o PT-Polis, uma iniciativa semelhante que vai chegar a todas as capitais de distrito e às regiões autónomas da Madeira e dos Açores.


O PT-Polis

Foi apresentado a 12 de Fevereiro, em conferência de imprensa e tem um orçamento de 62.700 euros financiado pela Agência Nacional para a Gestão do Programa Juventude em Acção. A Fundação Bracara Augusta co-financia a iniciativa com 20 mil euros.

Os objetivos genéricos deste projeto são:

• promover uma ampla discussão nacional sobre o processo democrático,

• promover a participação dos jovens na cidadania portuguesa e

• incrementar a participação destes de forma ativa e democrática em estruturas sociais e organizações juvenis.

O projeto tem a duração de seis meses. e arrancou em Viana do Castelo, a 13 de fevereiro.

O PT-Polis vai chegar a todas as capitais de distrito, aos Açores e à Madeira, contando com a participação de 620 jovens de todo o país, os quais terão oportunidade de representar as suas organizações juvenis e os seus distritos durante todo o projeto.

No terreno, caberá ao Instituto Português da Juventude (IPJ) criar as condições logísticas e técnicas para que as acções se desenvolvam.

Programa
O programa de cada ação é idêntico para todas as cidades:

• A caravana do PT-Polis Braga 2012 visita escolas de manhã e o seminário realiza-se de tarde.

• O dia termina com a promoção da CEJ 2012 nas lojas FNAC da região.

O PT-Polis termina com um seminário em Braga, a 21 e 22 de Junho, que reunirá os representantes dos participantes e onde serão definidas as conclusões do projeto.

Os seminários são organizados de acordo com as metodologias da Educação Não Formal, nomeadamente a metodologia do Diálogo Estruturado».

+ INFO

aqui e aqui

Ciganos portugueses: Olhares Plurais e Novos Desafios numa Sociedade em Transição


«O Centro de Investigação e Estudos de Sociologia do Instituto Universitário de Lisboa (CIES-IUL), o Centro de Estudos da Migrações e Relações Interculturais da Universidade Aberta (CEMRI- Uab) e o Instituto de Sociologia da Faculdade de Letras da Universidade do Porto (IS-FLUP) estão a co-organizar um Seminário Internacional , intitulado Ciganos Portugueses: Olhares Plurais e Novos Desafios numa Sociedade em Transição, tendo como objectivos orientadores:


• Promover uma reflexão multidimensional e interdisciplinar sobre a situação actual que marca os ciganos portugueses;

• Trazer para o debate público temáticas, como o associativismo cigano e as lideranças, as mobilidades, a religião e novas religiosidades, o racismo e a discriminação, a representação política, o acesso à justiça, a educação e formação, o acesso ao emprego, à habitação e à saúde por parte dos ciganos.

• Divulgar abordagens e práticas de intervenção sociocultural e manifestações culturais dinamizadas pelos ciganos.



Este seminário encontra-se subdividido em 2 eventos a decorrer em 2 cidades - no Porto e em Lisboa , nas seguintes datas e locais:



5 Março, Porto, Faculdade de Letras da Universidade do Porto (Via Panorâmica, s/n )

15 de Março, Lisboa, ISCTE- Instituto Universitário de Lisboa (Av. das Forças Armadas)

A entrada é livre, com inscrição prévia via e-mail,que deve ser enviada para:

ciganosportugueses@gmail.com

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

“Estímulo 2012” incentiva empresas a contratar jovens desempregados


«A partir de terça-feira, as empresas que contratarem desempregados com idade igual ou inferior a 25 anos vão ter direito a um apoio equivalente a 60% do salário do contratado, durante seis meses, no valor máximo de 419,22 euros por mês, segundo foi hoje publicado em “Diário da República”.

A medida - "Estímulo 2012" anunciada pelo Governo no final do ano passado - tem como meta o apoio à criação de 56 mil postos de trabalho dirigidos a desempregados com menos de 25 anos, com um orçamento estimado de 100 milhões de euros.
Para beneficiar do apoio, as empresas - que vão ter que ter ao seu serviço pelo menos cinco trabalhadores e demonstrar criação líquida de emprego - podem inscrever-se no portal NetEmprego do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) através do site www.netemprego.pt.
Para demonstrar a criação líquida de emprego, as empresas terão que registar um número total de trabalhadores igual ou superior à média dos registados nos 12 meses anteriores à candidatura, especifica a portaria.
O salário dos desempregados que sejam contratados pelas empresas será atribuído por um período máximo de seis meses, pagos em três prestações.
As empresas que desejem beneficiar desta medida terão ainda que proporcionar aos jovens contratados formação profissional obrigatória.
Cada entidade empregadora não pode contratar mais de 20 trabalhadores ao abrigo do "Estímulo 2012". »

Fonte: aqui

Celebra-se pela primeira vez o Dia Mundial da Rádio


«Celebra-se esta segunda-feira, pela primeira vez, o Dia Mundial da Rádio. Uma data especial, que reúne em Lisboa estudantes, radialistas e profissionais de vários grupos de media, num encontro em que se discutirá o passado, assim como as novas tendências deste meio de comunicação social.
O programa que assinala este 1º Dia Mundial da Rádio, lançado no final do ano passado pela Unesco, inclui vários painéis em que junta «todas as gerações», «dos estudantes e profissionais no activo àqueles que já saíram da profissão», começando com a exibição de um documentário sobre a comemoração no ano passado dos 20 anos da Rádio Energia, feito pelos alunos do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (ISCSP), indicou à Lusa Luís Loureiro, um dos organizadores das comemorações em Portugal.»
O ponto alto do evento será uma tertúlia que juntará gestores, directores de programação, vários profissionais e professores e investigadores de Comunicação Social, que irão comparar a rádio do passado com a do presente e revelar que perspectivas têm sobre o que poderá ser o futuro deste meio.

«Há pessoas que só consomem rádio pela internet, outras que nos empregos acedem aos portais, mesmo em mute [com o som desligado], porque é nas rádios que têm primeiro acesso à informação e querem aí acompanhá-la. São os novos tempos e a rádio tem que se adaptar aos novos tempos», ilustrou o investigador de Media e Comunicação ISCSP.»

Fonte: aqui

Pobreza e Exclusão Social na Europa


Relatório sobre pobreza e exclusão social na Europa...

+ INFO
Documento

Oportunidades de voluntariado em diversos países


Oportunidades para realização de experiências de voluntariado em diversos países e em diversas áreas, dirigidas a jovens com idades compreendidas entre os 18 e os 30 anos, no âmbito de projetos promovidos pela Vertigem – Associação para Promoção do Património.

+ INFO

aqui

Consulte a nossa oferta formativa

A FORMAÇÃO é uma das vertentes de atuação da EAPN Portugal. Com 18 Núcleos Distritais espalhados pelo país, a dinamização da Formação, em diferentes esferas de interesse das organizações, é uma das mais valias do trabalho formativo desenvolvido pela EAPN e acreditado pela DGERT.
Esteja atento à nossa agenda! Consulte a Formação que temos para si. Mantenha-se atualizado. Afinal, "o saber não ocupa lugar"!

+ INFO

aqui

III Jornadas Técnicas da Misericórdia das Caldas da Rainha


Sob o tema "Contextos", realizam-se nos próximos dias 1,2 e 3 de Março, as III Jornadas Técnicas da Santa Casa da Misericórdia das Caldas da Rainha, promovidas pelo projeto Ponto de Ajuda, daquela instituição.

De acordo com a organização, «serão três dias, divididos por diferentes contextos. O primeiro dia será dedicado aos técnicos que trabalhem mais diretamente com crianças e jovens; o segundo, dedicado ao trabalho com idosos e, o último dia, é direcionado às organizações na sua generalidade». Os painéis temáticos levam às Jornadas alguns especialistas nas áreas focadas e, depois, da parte da tarde desenrrolam-se oficinas onde haverá a oportunidade de focar casos práticos. «Este ano a inovação, centra-se num terceiro momento denominado “Café com…” onde um convidado irá abordar uma determinada temática para um reduzido número de pessoas de forma informal e intimista», explica a organização.
Problemas de comportamento, intervenção familiar, institucionalização, saúde, hiperatividade e défice de atenção, direitos, violência, active aging, demência, coaching, novas tecnologias e trabalho em rede são alguns dos temas em cima da mesa. As III Jornadas Técnicas decorrem nas instalações do INATEL da Foz do Arelho.

+ INFO

Ponto de Ajuda - Contrato Local de Desenvolvimento Social

Santa Casa da Misericórdia das Caldas da Rainha
Rua do Sacramento n.º 7 R/C Esq.
2500-182 Caldas da Rainha
http://www.pontodeajuda-scmcr.pt/
geral.clds@scmcr.pt
262 094 422

As cooperativas e a economia social


+ INFO

aqui

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

"Noite Lírica" a favor da CRESCERSER


« Noite Lírica é um espetáculo de solidariedade oferecido pelo Círculo Portuense de Ópera a favor da CrescerSer. Fundado em Dezembro de 1966, o Círculo Portuense de Ópera é uma associação cultural sem fins lucrativos que tem como principal finalidade promover junto de todas as camadas sociais o estudo e a divulgação da ópera especialmente através da realização de espetáculos.

A CrescerSer é uma IPSS de âmbito nacional que promove, dinamiza e organiza serviços comunitários de apoio à criança, ao jovem e à família. Na prossecução dos seus objetivos, a CrescerSer tem em funcionamento 7 centros de acolhimento temporário, 2 dos quais na cidade do Porto: Casa de Cedofeita (acolhimento de crianças) e Casa do Vale (acolhimento de jovens).

No dia 16 de Fevereiro, pelas 21.30h subirão ao palco do grande auditório do Rivoli, o coro adulto e o coro infantil do Círculo Portuense de Ópera, com um programa de que farão parte peças de Bach, Fauré, Puccini, Verdi, Bizet, Donizetti e Bellini.


"Gostaríamos muito que se associasse a esta iniciativa, pela qualidade e prestígio do espetáculo e pelo caráter solidário da mesma", diz Ana Moutinho,  coordenadora dos centros de acolhimento da CrescerSer no Porto, acrescentando que " seria muito bom que o grande auditório do Rivoli, cerca de 800 lugares, esgotasse a sua lotação. Por isso, contamos com a sua presença e, desde já, agradecemos».
+ INFO

Os bilhetes estão à venda no Rivoli, FNAC, CTT e Ticketline / custam 10 ou 15 euros.

https://www.bilheteiraonline.pt/SeleccaoSessao.aspx?codEspSala=6060

"A felicidade existe, ajude-nos a mantê-la"

«O Espaço t – Associação para Apoio à Integração Social e Comunitária com o apoio do Hotel Infante Sagres, promove, no próximo dia 19 de Fevereiro, a partir das 16:30h, um Leilão intitulado “A Felicidade Existe, Ajude-nos a Mantê-la”. No ano em que o Espaço t celebra 18 anos de existência, a instituição atravessa um período financeiro muito difícil, que com a realização deste leilão, espera atenuar. “A Felicidade Existe, Ajude-nos a Mantê-la”é um leilão de obras de arte, de objectos de design, e de objectos pessoais oferecidos por diversas personalidades da sociedade portuguesa. De entre a centena de obras de arte a leiloar, o destaque vai para as peças assinadas por Albuquerque Mendes, Leonel Moura, Pedro Zamith, Américo Silva, Zulmiro Carvalho, Rui Aguiar, Carlos Barreira, Pedro Valdez Cardoso, Ângela Ferreira, Maria Pia Oliveira, Susana Piteira, João Figueiredo, Priscila Fernandes, entre outros. Segundo, Jorge Oliveira, Presidente da Associação, “Com a realização deste leilão o Espaço t pretende fazer face a uma crise muito difícil que está a marcar as comemorações dos 18 anos de espaço t. Acreditamos que nos momentos mais austeros, e apesar das dificuldades, a solidariedade é cada vez maior e mais genuína, por isso sabemos que com o apoio dos diferentes parceiros, sejam artistas, figuras públicas, ou compradores continuaremos a ‘Transformar Homens em Príncipes.’” A exposição dos artigos a leiloar estará patente ao público no Hotel Infante Sagres, no dia 19 de Fevereiro, entre as 10:00h e as 16:00h. » + INFO Espaço t

"Poder e Autoridade Policiais: o lugar das vítimas"


«Nos dias 23 e 24 de Fevereiro decorre em Lisboa o Seminário "Poder e Autoridade Policiais: o lugar das vítimas". Este seminário terá lugar no ISCPSI (PSP), no dia 23, e no ICS/UL, no dia 24. Este evento esulta de uma organização conjunta entre o ICS/UL, o ISCPSI e CRIA.

O objetivo do seminário é responder à pergunta: "Qual o lugar das vítimas em geral e das vítimas de violência doméstica em particular na polícia e sociedade de hoje?" Sabemos que esta questão nos leva a refletir sobre os modos como o policiamento tem sido pensado, organizado e ativado em diferentes contextos regionais.
Reunindo um grupo de especialistas sobre os temas, refletindo teórica e empiricamente sobre diferentes casos, este encontro pretende ser um importante marco para o desenvolvimento deste campo de estudos em Portugal.»

Programa aqui

Pais em Rede apresenta projeto para inclusão efetiva dos cidadãos com deficiência


«Trata-se de um projecto promovido pelo movimento Pais em Rede em parceria com a Universidade de Évora (Centro de Investigação em Educação e Psicologia), financiado pelo Alto Comissariado para a Saúde e pela Fundação Calouste Gulbenkian.

O projecto é pioneiro a nível europeu, na forma como enfatiza e reforça o papel dos pais de crianças/jovens/adultos com deficiência no processo de inclusão dos seus filhos (mais além dos técnicos e das instituições que os acompanham). De âmbito nacional, visa apoiar as famílias através da constituição de uma rede de pais e da sua corresponsabilização.
Consiste na realização de três níveis de formação, com vista à criação de uma bolsa de pais prestadores de ajuda (que poderão no futuro apoiar outros pais). A participação nestas oficinas é gratuita, não tendo qualquer encargo para os participantes. Poderão encontrar mais informação sobre esta formação aqui: http://www.paisemrede.net/files/destaques/programaoficinasparasite.pdf

Nestas sessões de apresentação das contaremos com a participação e o testemunho de outros pais que frequentaram já os primeiros grupos de Oficinas de Pais do Alentejo, decorridos entre Abril e Julho do ano passado em Évora e Estremoz, bem como de técnicos e profissionais envolvidos no projecto.
Estão convidados a participar todos os pais que desejem conhecer melhor estas oficinas. Do mesmo modo, convidamos também os diversos técnicos/profissionais que contactam e lidam directamente com estas famílias, a participar nesta sessão, para assim conhecer e dar a conhecer as Oficinas de Pais, bem como o movimento Pais em Rede.
É fundamental uma boa divulgação destas oficinas para que mais pais se possam juntar a este movimento e encontrar este espaço de partilha e criação de redes com outros que vivem situações idênticas.

+ INFO
Pais-Em-Rede
Núcleo Local de Évora
http://www.paisemrede.net/

Sorriso e Solidariedade: mega triagem odontológica gratuita a jovens entre os 11 e os 17 anos

« Quando todos falam em poupar, nós fazemos questão de PARTILHAR! É exactamente isso que vamos fazer no próximo dia 25 de Fevereiro! Apostar ainda mais em devolver SORRISOS às crianças portuguesas que mais precisam e, desta vez, na cidade do Porto.
Um dia solidário é a nossa proposta! Para começar em grande A Turma do Bem, Organização Não Governamental, cujo principal projeto é o "Dentista do Bem", co fundado em Portugal pela Fundação EDP,
abre as portas da Sede da EDP no dia 25 de Fevereiro, entre as 10h e as 16h, para uma mega triagem odontológica totalmente gratuita e de livre acesso a jovens estudantes com idades compreendidas entre os 11 e os 17 anos. A Turma do Bem traz os melhores 20 dentistas voluntários do mundo a Portugal e, juntamente com os médicos portugueses, pretende avaliar cerca de 500 jovens, seleccionando os casos mais graves para receberem tratamento odontológico gratuito até aos 18 anos.
Mais tarde, pelas 16h00, Sérgio Figueiredo, administrador delegado da Fundação EDP, e Fábio Bibancos, fundador da ONG Turma do Bem, convidam a classe médica dentista/estomatologista e jornalística a vir conhecer de perto o trabalho já desenvolvido pelos Dentistas do Bem em Portugal e a assistir ao lançamento do documentário sobre Alicia, uma jovem portuguesa. “Lá e Cá” é o titulo deste documentário que retrata a
realidade de dois países – Portugal e Brasil - tão distantes, tão diferentes, mas tão iguais nas suas carências.
O dia termina com uma festa solidária na Invicta. A discoteca Twins decidiu juntar-se a esta iniciativa e promover uma festa Twins/Turma do Bem doando 1€ por cada entrada, por isso… não há desculpa para faltar! Nós não vamos poupar esforços para que – cada vez mais crianças portuguesas – possam partilhar sorrisos! Junte-se a nós neste dia onde as palavras de ordem são Sorriso e Solidariedade!».

Local: Auditório, Sede EDP
Rua Ofélia Diogo da Costa, 39
4050-009 Porto

+ INFO
Fundação EDP

Inovação Social
Tel: 225084740 Fax: 225094255

Pedagogia Social - ciclo de seminários temáticos

TEMÁTICAS


  • 24 Fevereiro (17-20h)
Pedagogia e Animação Sociocultural

Convidado: Marcelino Lopes (UTAD)

Moderador: Isabel Baptista (UCP)

  • 23 Março (17-20h)
Cultura escolar e mediação sociopedagógica

Convidado: Ana Vieira (ESE Leiria).

Moderador: Matias Alves (FEP/UCP)

  • 27 Abril (17-20h)
Acolher em família: uma resposta para as crianças em perigo

Convidado: Paulo Delgado (ESE, Porto).

Moderador: Cristina Palmeirão (FEP/UCP)

  • 22 Junho (17-20h)
Pedagogia e Empreendorismo Social

Convidados: Cláudia Rodrigues; Sameiro Moura

(Mestres em Pedagogia Social – 1º prémio 2011 Concurso Socialspin/ FEG, UCP)

Moderador: Américo Mendes (FEG/UCP)


+ INFOUniversidade Católica Portuguesa

Centro Regional do Porto
Campus Foz
Rua Diogo Botelho, n.º 1327 - 4169-005 Porto
Tel. 226 196 200 (Ext.: 183)
Email fmartins@porto.ucp.pt
www.porto.ucp.pt/fep

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

" não deixe os nossos idosos SÓS"


A Câmara Municipal de Lisboa lançou, ontem, uma campanha de sensibilização - SOS Lisboa -  com o objetivo de alertar para o número de idosos, cerca de 85 mil, que vivem isolados na capital. A partir de agora, qualquer cidadão pode reportar uma situação de emergência ou de apoio social através do número verde 800 204 204, disponível 24 horas por dia, 365 dias por ano.

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Programa Daphne



« Estima-se que, na Europa, uma em cada quatro mulheres e crianças seja vítima de violência física...»


+ INFO

"Gente como nós"...



« É necessária uma “maior articulação entre as instituições na intervenção social

O debate sobre as consequências sociais da crise financeira tem-se centrado na inevitabilidade da redução da qualidade de vida e no seu alargamento às classes médias, mas o estado de vulnerabilidade das famílias da capital em situação de pobreza carece de medidas sociais articuladas, que sejam estruturais e não pontuais, curativas e não paliativas. A constatação e fotografia são sublinhadas na síntese conclusiva do barómetro do Observatório da Luta contra a Pobreza na Cidade de Lisboa, que será hoje apresentado e discutido num seminário internacional a decorrer em Lisboa.
Aos que se encontram em situação de vulnerabilidade que já têm um historial de pobreza junta-se a "gente como nós", com habilitações e percurso de vida estável - são eles os novos desempregados de Lisboa. Um subperfil já conhecido dos autores do estudo da Dinamia"CET (Centro de Estudos sobre a Mudança Socioeconómica e o Território, do ISCTE-IUL), que agora refina o seu conhecimento. Em 11 freguesias da cidade (Norte, Oriental e zona histórica), através de inquéritos, foram conhecidos os aspectos qualitativos dos seus percursos, vivência, dificuldades e expectativas.
"Não há no relatório o número de quantos pobres há em Lisboa - embora isso fosse desejável -, mas o que ressalta é o crescimento da qualidade de informação [face ao primeiro relatório, de 2007], e há novas áreas críticas, como o desemprego", diz Sérgio Aires, director do observatório.
Quem são os pobres?
Aos desempregados de longa duração juntam-se estes novos desempregados, pessoas que poderão estar próximas da "nova pobreza", como diz Sérgio Aires.
"Já constam do catálogo dos novos pobres, ainda que não seja totalmente correcto dizer que são os novos pobres. Mas há indicadores de alerta, da Cáritas, do Banco Alimentar. E estamos preocupados em procurar soluções para os seus problemas, pois, independentemente de surgirem essas novas pessoas, já tínhamos os velhos pobres. São aqueles que, ao contrário do que seria de esperar, não estão a ser alvo da melhor atenção."
É crível que o pior possa estar para vir, pois a junção dos dois grupos criaria um número de difícil gestão em termos de auxílio social. Sérgio Aires, sociólogo, antevê alguns desses problemas: "Iremos ter mais novos pobres trabalhadores com todas estas medidas de austeridade, com a oferta de emprego precário, a flexibilidade da legislação laboral, e a redução da remuneração do trabalho."
Idosos, gente com reduzidas qualificações, incapacitados para o trabalho por doença, cuidadoras informais, desempregados e trabalhadores pobres, cada grupo tem o seu perfil estudado, mas se a maior parte revela uma atitude activa cooperante, numa auto-apreciação que reparte entre si próprio e a sociedade a responsabilidade pela pobreza em que se encontra, muitos dizem acreditar que a situação é passageira. (...)

Continua aqui, na fonte...

Pode, ainda, ouvir uma entrevista de Raquel Mourão Lopes a Sérgio Aires aqui

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Estudo pioneiro apresentado no...


...II Seminário Internacional do Observatório de Luta Contra a Pobreza na Cidade de Lisboa...

« O Observatório de Luta Contra a Pobreza na Cidade de Lisboa promove, no próximo dia 3 de Fevereiro, no Auditório do Montepio Geral, em Lisboa, o segundo Seminário Internacional.
Um evento onde se destaca a apresentação do trabalho do Observatório em 2011; os resultados do “Barómetro” um estudo pioneiro que acompanhou um painel de cidadãos e que procura traçar um retrato da pobreza na Cidade; e uma mesa redonda que contará com a presença de 6 Observatórios de outros tantos países, e que procurarão refletir sobre qual o papel da Observação Social num contexto de crise.

O II Seminário Internacional do Observatório de Luta Contra a Pobreza na Cidade de Lisboa (OLCPCL) constitui um espaço de reflexão com os mais diversos atores que se mobilizam em torno do estudo e da ação sobre a pobreza e suas causas.

Num primeiro momento, pretende-se partilhar as ações e resultados do trabalho do OLCPCL em 2011, marcado pela estabilização da sua estrutura e de meios de recolha de informação, pela sua aproximação a entidades que trabalham com os mais pobres, pela dinamização de espaços de reflexão e a realização de estudos em parceria com a Universidade.

Será dado destaque aos resultados do estudo “Barómetro”, um estudo pioneiro promovido em conjunto com o Dinâmia-CET / UL, que visa acompanhar o percurso de famílias em situação de pobreza, perceber como enfrentam essa realidade, que estratégias acionam e como avaliam as respostas existentes.

Num segundo momento, que reúne seis Observatórios locais de outros tantos países (Bélgica, Espanha, França, Hungria, Itália e Portugal), pretende-se debater o papel da Observação Social num contexto de crise internacional, marcado por maior empobrecimento e surgimento de novos grupos em situação de risco ou vulnerabilidade. Neste contexto, marcado também pela contenção orçamental, que riscos, desafios e potencialidades a observação social enfrenta será uma das principais questões a que se procurará responder».

PROGRAMA aqui
+INFO
Sérgio Aires (Diretor)
E-mail: sergio.aires@eapn.pt
http://www.observatorio-lisboa.eapn.pt/

Fórum Empreende Portugal


Fórum Empreende Portugal – Soluções inovadoras para o desemprego, a realizar dia 29 de Fevereiro no Museu do Oriente -Lisboa


«O Fórum Empreende Portugal insere-se no plano de ações decorrentes da Aliança Estratégica estabelecida entre a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa e a Ashoka - Innovators for the Public.


Esta iniciativa de Inovação e Empreendedorismo Social, teve início há cerca de seis meses, com o desafio lançado a um conjunto de mais de 30 associações e empresas, dos mais diversos sectores, a organizarem-se em grupos de trabalho, no sentido de encontrar soluções inovadoras para as questões do emprego e inclusão em Portugal e cujas conclusões irão agora ser apresentadas.

Participarão também empreendedores sociais da Ashoka, selecionados de entre a rede internacional dos seus Fellows, pela natureza dos projetos inovadores que desenvolveram e que irão partilhar essas experiencias e resultados.

Durante o Forum, teremos assim a oportunidade de conhecer os conceitos inovadores que estão a dar os primeiros passos em Portugal; inspirarmo-nos com os Fellows Ashoka que nos mostrarão como as suas inovações melhoraram a vida de milhares de pessoas e ainda participar na construção de ideias que poderão dar origem a futuros projetos de inovação social.

O Fórum Empreende Portugal assume pois como objetivo acelerar o lançamento e disseminação de soluções de inovação social para o desemprego, partilhando soluções globais já comprovadas e motivando líderes dos diversos sectores em Portugal que pretendem fazer a mudança. A entrada é livre mas sujeita a inscrição.

+ INFO

Finicia Jovem: abertura de candidaturas


«As candidaturas 2012 ao Eixo 2 do programa Finicia Jovem – Apoio a iniciativas empresariais dos jovens – reabrem dia 1 de Fevereiro.


Trata-se da primeira fase de candidaturas para o ano de 2012.

Seguir-se-á a avaliação das candidaturas e, para as que forem aprovadas, as reuniões de aconselhamento, até meados de Abril.

As melhores ideias de negócio irão obter, por último, o apoio à elaboração de um dossier de investimento para apresentação a potenciais financiadores (microcrédito) e/ ou investidores (ex. business angels).
Prazo: até dia 30 de Março.

Perfil do Empreendedor Finicia Jovem

• Idade entre 18 e 35 anos, inclusive;

• 12.º ano de escolaridade concluído;

• Residência em Portugal Continental;

• Capacidade de concretização da ideia/ projeto numa iniciativa empresarial.

+ INFO
 
aqui

Rede Europeia de Peritos Independentes sobre a Inclusão Social


Este breve relatório foi produzido para ajudar a Comissão Europeia no acompanhamento do processo da "Europa 2020", bem como para acompanhar o impacto da crise financeira e económica e as medidas de consolidação orçamental numa perspectiva de inclusão social. É fornecida uma visão geral das principais conclusões de uma análise de 27 relatórios por país elaborados por membros da Rede Europeia de Peritos Independentes sobre a Inclusão Social. Nesses relatórios, os especialistas da Rede avaliaram o impacto sobre a pobreza e a exclusão social dos principais desenvolvimentos políticos nos Estados-Membros durante 2011. Fizeram-no à luz da implementação dos Programas Nacionais de Reforma (PNR), do Pacto de Estabilidade e Crescimento, das recomendações específicas de cada país (conforme aprovação do Conselho de Ministros da UE) e, ainda, do "Euro Plus Pact” de cada Estado-Membro.  Este relatório global também se baseia em ambas as análises de peritos independentes de cada país, visando apresentar sugestões concretas para a melhoria da dimensão social da Estratégia Europa 2020.

+ INFO

aqui

"Criatividade & Dinâmicas Turísticas: oportunidades e desafios para as cidades portuguesas. O papel dos agentes inovadores"


Dia 4 de Fevereiro, às 15 horas, no Teatro Viriato em Viseu.


Conferência: "Criatividade & Dinâmicas Turísticas: oportunidades e desafios para as cidades portuguesas. - O papel dos agentes inovadores",  por Dr. Jorge Cerveira Pinto, Director-Geral da Agência INOVA e Coordenador Nacional do Programa "Criatividade Portugal – Programa de Apoio ao Empreendedorismo no Sector Cultural e Criativo".


A EAPN Portugal, através do Núcleo Distrital de Viseu é parceira da iniciativa.

+ INFO

EAPN Portugal/ Núcleo Distrital de Viseu


http://www.eapn.pt/