Follow by Email

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Pobreza e Exclusão Social no Pinhal Litoral

Convite Apresentação do Documentário: Pobreza e Exclusão Social no Pinhal Litoral: Retratos 10 Novembro 2010 15h Escola Superior de Educação e Ciências Sociais do Instituto Politécnico de Leiria

Refugiados e deslocados ambientais: o lado humano das alterações climáticas

Mais informação e inscrições AQUI.
IX Congresso Internacional do CPR - 16 de Novembro na Fundação Gulbenkian, Lisboa

Intervenção comunitária em saúde mental

CONVITE «Vimos por este meio convitar V.Exa para assistir ao painel de debate sob o tema «Intervenção Comunitária em Saúde Mental», a decorrer no próximo dia 5 de Novembro, a partir das 14:00h, no auditório do Hospital de Faro. A iniciativa tem como objectivo proporcionar a reflexão e a troca de experiências sobre a realidade actual da saúde mental comunitária, fomentando a cooperação entre as equipas de saúde mental comunitária e as estruturas sediadas na comunidade, de forma a potenciar a reabilitação e reinserção dos doentes.»

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Debate no Porto: que estratégias para os sem-abrigo?

Debate: «Outras Pontes do Porto – Que Estratégias para os Sem-Abrigo?» Data: 12 de Novembro de 2010 Horário: 9H00 – 18H00 Local: Auditório Ilídio Pinho – Universidade Católica do Porto (Campus da Foz)
Reflectir em torno das várias respostas que existem, ao nível da cidade do Porto, para a população sem-abrigo e repensar novas estratégias tendo em vista uma eficaz e efectiva inclusão social desta população, é o objectivo deste debate. O programa definitivo da iniciativa será divulgado em breve. No entanto, já é possível fazer inscrições (gratuitas) enviando um e-mail ao cuidado de Dra. Paula Cruz: paula.cruz@reapn.org ou através do telefone: 225420800

Excluir a Exclusão, exposição inaugura amanhã

Inaugura amanhã, na escola EB/S Vieira de Araújo, em Vieira do Minho, a exposição de pintura "Excluir a Exclusão" realizada no âmbito do projecto "Ave mais solidário", promovido pela REAPN em parceria com Municípios do Ave. De acordo com fonte da organização, «as pinturas, alusivas à pobreza e à exclusão social, foram elaboradas pelos alunos do Ensino Básico e Secundário do concelho de Vieira do Minho, contando para o efeito com a orientação dos respectivos professores. Estes trabalhos possibilitam, através da arte, sensibilizar os mais jovens para estes fenómenos». A exposição, a berta ao público, está patente na EB/S Vieira de Araújo até ao dia 30 de Novembro e, depois, passa para o Centro Cultural Casa de Lamas, de 3 a 31 de Dezembro.

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Flash Mob

Flash Mob, Leiria

Encontro 'A Saúde da Criança'

CONVITE «A Saúde da Criança é o tema do próximo encontro “Espaços e Contextos de Saúde” que decorre no dia 3 de Novembro, quarta-feira, entre as 14.30 e as 18 horas, na Sociedade Filarmónica Democrática Timbre Seixalense, no Seixal. Um debate moderado por Rita Marrafa de Carvalho, jornalista da RTP, onde serão abordados vários domínios e contextos da vida e da saúde da criança, designadamente, na escola, na prática desportiva, na protecção do ambiente, na literatura e na saúde. A iniciativa conta com o contributo de profissionais de saúde, da cultura, da comunicação e do desporto, educadores, pais e de todas as pessoas que queiram participar. Conheça o programa e proceda à sua inscrição. (programa e ficha de inscrição). Durante a tarde vão decorrer momentos intimistas e de animação, com a Hora do Conto a fechar o pano de mais um encontro “Espaços e Contextos de Saúde”. Venha conversar connosco. A sua presença é muito importante para todos.»

Por um século XXI mais inclusivo

Sob o Lema «Lutar por um Século XXI Inclusivo Unir o Movimento Associativo», a Confederação Nacional dos Organismos de Deficientes (CNOD) realiza no próximo dia 27 de Novembro, o 10º Congresso Nacional de Deficientes. A iniciativa tem lugar no INATEL da Costa da Caparica.

Fórum Cidade Solidária

Dia 26 de Outubro, realiza-se mais um Fórum Cidade Solidária integrado no projecto Porto Cidade Solidária. Mais informação AQUI

Encontro Comunitário - Envelhecimento Activo

[clique na imagem para aumentar]

Congresso do Associativismo e da Democracia Participativa

Mais informação AQUI

Fórum INR 2010 debate envelhecimento

FÓRUM INR, I.P. 28 de Outubro de 2010 “ Dia Mundial da Terceira Idade: o impacto do envelhecimento” Local: Auditório do INR, I.P. – Av. Conde de Valbom, 63 – LISBOA Data: 28 de Outubro de 2010, QUINTA-FEIRA Hora: das 15h00 às 17h30
Esta Sessão do Fórum INR 2010, subordinada ao tema “Dia Mundial da Terceira Idade: o impacto do envelhecimento” será dinamizado pelo Prof. Doutor Daniel Serrão, docente jubilado da Faculdade de Medicina do Porto e pela Dr.ª Maria João Quintela da Direcção-Geral da Saúde. A entrada é livre, sem inscrição prévia. NOTA IMPORTANTE – As Pessoas surdas deverão, até ao fim do dia 21 de Outubro, informar o INR, I.P., se necessitam de serviço de intérprete de língua gestual portuguesa. Contactos: Adalberto Fernandes Instituto Nacional para a Reabilitação Avenida Conde de Valbom, nº 63 1069-178 Lisboa Tel: 21 792 95 00 E-mail: inr@seg-social.pt

Violência doméstica, que intervenção?

[clicar na imagem para aumentar]
Mais informação AQUI

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

De viva voz pela Inclusão

«No âmbito do Ano Europeu de Combate à Pobreza e Exclusão Social, o Instituto de Apoio à Criança viu aprovado o Projecto “De Viva Voz pela Inclusão”. Este tem vindo a promover a reflexão sobre o fenómeno da Pobreza Infantil e da Exclusão Social de Crianças e Jovens. As instituições membro da Rede Construir Juntos dinamizaram 8 Workshops Regionais: Braga; Coimbra; Portalegre; Lisboa; Setúbal; Évora; Beja e Algarve. Nestes foi ouvida a voz das crianças e jovens que manifestaram as suas percepções, experiências e recomendações quanto ao tema em causa. Por outro lado, realizou-se, ainda em Lisboa a 6 de Outubro um Encontro Nacional de Crianças e Jovens “Partilhar Olhares, perspectivas soluções”. Por meio de uma exposição e dos ateliers dinamizados foram partilhadas as experiências locais, aprofundadas, discutidas e aprovadas as propostas que irão constar da Carta de Recomendações. Este é um dos produtos (juntamente com um filme) que irão perdurar para além do ano 2010 e que, serão divulgados na Acção que agora divulgamos. Trata-se de um Seminário sobre Pobreza Infantil, visando a sensibilização da sociedade civil para a problemática, a partilha de boas práticas no combate a Pobreza Infantil e, à divulgação dos produtos já anteriormente identificados.» Seminário “Novos Olhares para Grandes Desafios”,Lisboa, 22 de Novembro 2010, Fundação Calouste Gulbenkian Mais informação:Instituto de Apoio à Criança - Projecto Rua Rua António Patrício nº 20 - 2º Esq., 1700-049 Lisboa E-mail: iacprua@netcabo.pt tel: 217818590 Fax: 217818599

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Não assistimos! Agimos!

“Não Assistimos! Agimos” é o nome da campanha informativa levada a cabo dia 15 de Outubro, em Guimarães. Foram organizadas oficinas artísticas (RAP, Percussão, Banda Desenhada, Expressão Plástica) por diversos alunos das Escolas EB1 e EB2,3. A iniciativa culminou numa apresentação pública de actividades, no Jardim de Alameda de S. Dâmaso, daquela cidade. «Para além destas actividades, estão a decorrer, até ao final deste mês, uma campanha de ruptura de stocks junto das empresas locais e a recolha de material escolar junto de escolas do concelho», informa Isabel Amorim, técnica da REAPN. A Campanha “Não Assistimos! Agimos” integra-se no projecto “Ave mais solidário”, financiado pelo PNAECPES, resultado de uma parceria entre seis Municípios do Ave e a REAPN.
fotografias: Isabel Amorim

7 anos, 7 marcas

[clicar na imagem para aumentar]
Dia 11 de Novembro

Livro "A Pobreza e exclusão social" lançado ontem no âmbito do projecto"Ave mais Solidário"

«O lançamento do livro “A Pobreza e exclusão social” elaborado no âmbito da Rede Social de Vila Nova de Famalicão, aconteceu ontem, envolvendo a participação das Comissões Sociais Inter-freguesias. Esta acção integra-se num conjunto de campanhas informativas do projecto “Ave mais solidário”promovido pela Rede Europeia Anti-Pobreza em parceria com seis Municípios do Ave. O livro, que contou com a participação de crianças e jovens, apresenta histórias referentes a diversas temáticas tais como a importância da família, a pobreza nos idosos, na infância, as diferenças culturais e a tolerância, a igualdade de oportunidades, a solidão, a solidariedade social.»
Mais informações: braga@reapn.org
Fotografias: Isabel Amorim

Instituto de Sociologia tem novo site

NOVO SITE

«No novo website encontrará informações sobre Membros, Projectos, Redes e Parcerias, Publicações, incluindo a Nova Série de Working Papers do IS, e todas as actividades desta Unidade de Investigação e Desenvolvimento da Fundação para a Ciência e a Tecnologia. O novo espaço online do INSTITUTO DE SOCIOLOGIA também é seu e, por isso, enquanto espaço permanentemente em actualização, espera as suas propostas de melhoria. Envie-nos sugestões e comentários para o e-mail: isociologia@letras.up.pt. »

Instituto de Sociologia Faculdade de Letras da Universidade do Porto Via Panorâmica s/n 4150-564 Porto Telf. e Fax +351 22 607 7190

Fórum imigração

fórum imigração :: 23 de Outubro 10h30 :: Hotel Mundial, Martim Moniz
Programa aqui
Projecção de filme ILHA DA COVA DA MOURA :: 21 Outubro 21h30 :: Sede do Bloco de Esquerda (Rua da Palma, 268, metro Martim Moniz) com presença do realizador Rui Simões sinopse ‘Na área da Grande Lisboa, o nome de Cova da Moura nunca foi sinónimo de bem estar, educação ou prosperidade. Pelo contrário, esteve sempre associado à ideia de violência, insegurança, perigo, ou, na melhor das hipóteses, de falta de instrução ou simplesmente pobreza. Em ILHA DA COVA DA MOURA não se pretende simplesmente procurar o outro lado do bairro e fazer um retrato positivo da sua comunidade. O objectivo deste projecto não é o de apagar uma série de ideias feitas, mas sim procurar as causas e efeitos desses preconceitos.’

Projecto Seara

CONVITE «O Instituto Paulo Freire, em parceria com a Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto, a Escola Adolfo Portela e a Universidade de Aveiro têm vindo a desenvolver um projecto em que foram trabalhadas possibilidades/dificuldades de gestão das práticas educativas, por parte da escola e dos professores, visando uma melhoria da relação professor/aluno e do sucesso escolar. Esse projecto termina agora com um Jornada que irá ter lugar no dia 26 de Outubro. Porque pensamos que se trata de uma temática interessante e actual, vimos convidá-la/o a participar nos trabalhos que se vão realizar.» Mais informação: Projecto SEARA INSTITUTO PAULO FREIRE DE PORTUGAL Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da UP - Sala 005 Rua Dr. Manuel Pereira da Silva - 4200-392 Porto [ METRO - Linha Amarela. Saída "Pólo Universitário" ] T: 22 040 06 18 ou 22 607 97 00 (ext. 219) F: 22 607 97 25

Exposição "20 Contra a Sida" Odivelas

CONVITE [clicar na imagem para aumentar]

Amanhã, em Vizela, marcha pela inclusão

Amanhã, em Vizela, tem lugar uma “Marcha pela Inclusão”. «Esta iniciativa integra-se num conjunto de campanhas informativas que estão a ser promovidas também nos concelhos de Fafe, Guimarães, Póvoa de Lanhoso, Vieira do Minho e Vila Nova de Famalicão, no âmbito das comemorações do Ano Europeu do Combate à Pobreza e à Exclusão Social. O projecto “Ave mais solidário” tem como objectivo informar e sensibilizar para as problemáticas da pobreza e da exclusão social, com vista a uma maior compreensão e co-responsabilização pela resolução dos mesmos. Implicam a realização de actividades de carácter informativo, lúdico, de rua, cultural e artístico, tais como, sessões informativas, teatros, danças, músicas, exposições, marchas, reportagem-vídeo, banda desenhada, telas de pintura. Promovido no âmbito Programa Nacional do Ano Europeu do Combate à Pobreza e à Exclusão Social, este projecto resulta de um trabalho de parceria entre municípios do Ave e a Rede Europeia Anti-Pobreza e visa a promoção de uma sociedade mais coesa, solidária e responsável através da sensibilização do público para os fenómenos da pobreza e exclusão social.

Mobiliza-te contra a pobreza e a exclusão social

CONVITE [clicar na imagem para aumentar]

Violência e Segurança na 3ª idade

«A Moura Salúquia – Associação de Mulheres do Concelho de Moura realiza, no próximo dia 28 de Outubro uma acção de sensibilização dedicada à violência e segurança na 3ª idade, iniciativa inserida no plano de actividades do Núcleo de Atendimento a Vítimas de Violência Doméstica do distrito de Beja. Os principais objectivos passam por sensibilizar a população mais idosa para a problemática da violência e informá-la sobre a adopção de comportamentos que minimizem os riscos e contará com a presença de oradores da Moura Salúquia – Associação de Mulheres do Concelho de Moura, da Polícia de Segurança Pública e da Guarda Nacional Republicana. Tendo em conta o actual aumento de casos de violência doméstica praticada contra idosos e a vulnerabilidade acrescida desta população, consideramos que a participação nesta acção poderá constituir um recurso importante, pelo que vimos por este meio convidá-lo a participar nesta acção, ao mesmo tempo que solicitamos a divulgação da mesma junto dos beneficiários da instituição que representa e/ou outros que considere pertinentes». Mais informações: A Moura Salúquia – Associação de Mulheres do Concelho de Moura, instituição gestora do Núcleo de Atendimento a Vítimas de Violência Doméstica do Distrito de Beja navbeja@gmail.com / 284 341 726/ 284 322 022

domingo, 17 de outubro de 2010

Projecto (Re)Ver a Pobreza

Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza

No âmbito do Ano Europeu de Luta Contra a Pobreza e a Exclusão Social, a REAPN entregou ao Governo um documento com a sua mensagem, onde constam directrizes para a mudança. Para as mudanças que urge fazer! Hoje, Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza, é bom que pensemos nisto...para agir já amanhã.
Assim, é importante apostar:
• Na criação de uma cultura do social que assuma a co-responsabilização na luta contra a pobreza e a exclusão social. Uma cultura de participação e de solidariedade que seja capaz de reconhecer e compreender os públicos desfavorecidos e as suas necessidades; • Numa maior consciência social dos cidadãos em geral, e muito particularmente, daqueles que no terreno implementam as diferentes medidas sociais; • No investimento em acções de sensibilização/ informação de forma a desmistificar estereótipos sobre os beneficiários de medidas sociais e dando a conhecer o funcionamento das medidas existentes; • No envolvimento dos meios de comunicação social no sentido de contribuírem para uma desmistificação de algumas representações negativas que existem face à pobreza e à exclusão social através de um conjunto de acções (por exemplo: campanhas de sensibilização; documentários específicos sobre esta temática; apresentação e divulgação de boas práticas de intervenção, entre outros); • No envolvimento da comunidade escolar no sentido de sensibilizar e de trabalhar esta temática de forma estrutural junto da população mais jovem. Este envolvimento permitirá a formação de cidadãos mais responsáveis e participativos na construção de uma sociedade mais coesa e inclusiva. É esta a nossa mensagem… porque já é altura de definitivamente encararmos o combate à pobreza e à exclusão social como uma responsabilidade de todos. Temos que reconhecer que todos somos causa de pobreza e possibilidade de erradicação do fenómeno. A erradicação deste problema passa pela reorganização das nossas sociedades de tal forma que as pessoas se possam sentir membros de facto e parte activa das mesmas. Conforme nos diz Muhammad Yunus, “a verdadeira questão é criar uma plataforma (sociedade) nivelada para todos, dando a todos os seres humanos iguais oportunidades”. Citando a opinião de um cidadão Português: “Chega de procurar remediar, é necessário combater a pobreza e a exclusão social com decisão, conhecimento, competências, coragem, eficiência e eficácia”. * * * * REAPN Outubro 2010
O documento pode ser lido na íntegra, aqui.

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Dia Europeu de Combate ao Tráfico de Seres Humanos

«CONVITE: Sessão Evocativa do Dia Europeu de Combate ao Tráfico de Seres Humanos, que decorrerá no Grande Auditório do Centro Cultural de Belém, no próximo dia 18 de Outubro,às 19 horas. Nesta cerimónia será apresentado o Projecto do II Plano Nacional Contra o Tráfico de Seres Humanos, que entrará nesse dia em Consulta Pública. Esta sessão terminará com a antestreia do filme português “Quero ser uma estrela”, do realizador José Carlos Oliveira, que se centra na temática do trafico de seres humanos. Agradecemos confirmação para 18outubro-2010@cig.gov.pt No dia 18 deverão dirigir-se pela rampa 2/3 às portas de vidro do foyer do grande auditório do CCB. Aí será entregue o respectivo bilhete. Mais informação aqui

Marcha contra a pobreza em Braga

A Cáritas de Braga promove, no dia 17 deste mês, uma marcha contra a pobreza e exclusão social, de forma a assinalar o «Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza». A iniciativa tem início marcado para as 10h00, no edifício Cáritas Arquidiocesana de Braga, situado na Rua dos Falcões. A marcha termina na Avenida da Liberdade. Os autores da iniciativa pretendem realizar uma marcha de 2 km, de forma a simbolizar os 2 milhões de pobres existentes em Portugal. Esta acção servirá também para recolher assinaturas para a Petição Contra a Pobreza a apresentar pela Cáritas Europa ao Parlamento Europeu. A marcha terá como percurso o centro da cidade – com passagem pela Praça do Município e igreja dos Terceiros –, sendo solicitado a cada participante que colabore com a compra de uma t-shirt no valor de cinco euros, à venda no dia da marcha em 4 postos devidamente sinalizados ao longo do percurso, ou oferecendo géneros alimentares que servirão para apoiar as famílias sinalizadas pela instituição. Fonte: aqui

Miss Homeless

A Associação Cais assinala o Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza com a projecção do filme MISS HOMELESS de Daniel Lambo. Antestreia: dia 16 de Outubro, às 18 horas, no Cinema King, em Lisboa.

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Núcleo de Castelo Branco reúne com IPSS

Com o objectivo de assinalar o Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza e Exclusão Social,o núcleo distrital de Castelo Branco, organiza, dia 16 de Outubro, o V Encontro dos Associados da REAPN. «Pretende-se assim manter e incrementar o envolvimento das Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) do distrito, tanto ao nível dos seus dirigentes e técnicos, como ao nível dos seus utentes/clientes e colaboradores, sensibilizando-os para as questões da Pobreza e da Exclusão Social», explica fonte da organização.

Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza

«A origem do Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza remonta a 1987, quando o Padre Joseph Wresinski, fundador do Movimento ATD Quarto Mundo, lançou um apelo para que a população se reunisse no Adro das Liberdades e dos Direitos Humanos no Trocadéro em Paris, como forma de homenagem às vítimas da fome, violência e ignorância, e afirmando o seu respeito pelos Direitos Humanos. Cerca de 100.000 pessoas de todas as origens, meios sociais e crenças aderiram a este apelo e a partir dessa data, no dia 17 de Outubro de cada ano, milhares de pessoas individualmente ou através de organizações, assinalam este dia com as mais diversas actividades. A 22 de Dezembro de 2002, as Nações Unidas, reconhecendo a importância destas incitativas, instituem o dia 17 de Outubro como o Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza.»

Dia da erradicação da pobreza

14, 15, 16 e 17 de Outubro.
Clique na imagem para aumentar e ver o programa.

Workshop musicoterapia

[clicar na imagem para aumentar]
«Com o objectivo de proporcionar uma experiência prática e vivencial da musicoterapia em grupo, proporcionando um contacto com a identidade sonora musical de cada pessoa (e do grupo) decorre, dia 19 de Outubro, em Leiria, um workshop de musicoterapia. A investigação tem mostrado que a música tem um efeito profundo sobre o corpo e psique. Na verdade, existe um campo crescente na área dos cuidados de saúde, conhecido como Musicoterapia, que usa a música para tratar, curar e reabilitar. A musicoterapia é um método de tratamento que envolve o uso das actividades musicais para melhorar a saúde. Existem várias abordagens diferentes para a musicoterapia como a musicoterapia clínica, com recurso a métodos activos e receptivos, entre outros. Embora a musicoterapia seja muitas vezes usada para promover e melhorar a saúde mental e emocional, a sua prática melhora a qualidade de vida das pessoas que estão em condições debilitadas de saúde física e mental. A Federação Mundial de Musicoterapia define a Musicoterapia como a utilização da música e os seus elementos (som, ritmo, melodia e harmonia) por um musicoterapeuta qualificado, com um cliente ou grupo, num processo destinado a facilitar e promover a comunicação, relação, aprendizagem, mobilidade, expressão, organização e outros objectivos terapêuticos relevantes, a fim de atender às necessidades físicas, mentais, sociais e cognitivas. A musicoterapia procura desenvolver potenciais físicos e restaurar funções do indivíduo para que este alcance uma melhor organização intra e interpessoal e, consequentemente, uma melhor qualidade de vida, através da prevenção, reabilitação e tratamento.». Mais informações: Dra. Patrícia Grilo leiria@reapn.org

24 horas contra a pobreza - Porto

No âmbito das "24 horas de luta contra a pobreza e exclusão social" a baixa portuense foi um dos palcos escolhidos para se realizarem diversas actividades que sensibilizaram e mobilizaram a população em geral. Marcha, feira da saúde, mostra social, tertúlias diversas e muita animação contribuiram para chamar a atenção de todos: sociedade civil, instituições, políticos, figuras públicas e órgãos de comunicação social.
fotografias: Elisabete Santos

Focus Week portuguesa mobilizou o país

«O balanço da Focus Week em Portugal é bastante positivo e um exemplo de como o trabalho em rede e em parceria pode, de facto, ser muito válido e profícuo», diz Sandra Araújo, coordenadora técnica nacional da Rede Europeia Anti-Pobreza Portugal (REAPN), instituição responsável pela dinamização desta iniciativa no nosso país. «O empenho da sociedade civil, da comunidade escolar e de muitas outras organizações foi decisivo para dar visibilidade ao trabalho das pessoas e organizações que no terreno lutam diariamente contra a pobreza e a exclusão social», explica Sandra Araújo, acrescentando que «o Fórum Nacional de Pessoas em Situação de Pobreza e a intervenção na Assembleia da República foram momentos altos no que concerne à tentativa de influenciar as políticas sociais no sentido de uma mudança urgente». A mensagem da REAPN, entregue a ao ministro Jorge Lacão e a todas as bancadas parlamentares, resume-se a cinco medidas que urge operacionalizar: criação de um programa nacional de combate à pobreza; emergência de um novo paradigma cultural: sensibilização e participação; apoiar uma economia social mais forte, empreendedora e qualificada; coordenação, articulação e eficácia das políticas; legislação “à prova de pobreza” Década europeia de combate à pobreza. O documento pode ser consultado na íntegra em www.reapn.org. De referir, ainda, que a entrega desta mensagem foi precedida da projecção de um pequeno documentário, da autoria de Pedro Neves, intitulado “Desencontros”, com testemunhos de pessoas que se encontram sem situação de pobreza e exclusão social. Aliás, o documento apresentado pela REAPN foi elaborado tendo em conta a experiência de pessoas em situação de pobreza. Lisboa e Porto foram, de certa forma, as cidades âncora, palco de múltiplas iniciativas visando a sensibilização não só da população em geral como também do Governo. Assim, sob o lema “24h pelo Combate à Pobreza e Exclusão Social” decorreram em simultâneo, por todo o país, várias actividades, promovidas por mais de 90 organizações, alertando a sociedade para a problemática da pobreza e da exclusão social, enquanto efectiva violação dos mais elementares Direitos Humanos Para além de Lisboa e Porto, aderiram à iniciativa mais dezasseis cidades que levaram a cabo centenas de actividades, nomeadamente uma marcha que, na Invicta, reuniu cerca de 500 pessoas, entre elas, figuras públicas que se juntaram ao presidente da European Anti-Poverty Network, Ludo Horemans e ao presidente da REAPN, Pe. Jardim Moreira. A decorrerem no âmbito do Ano Europeu de Luta Contra a Pobreza e a Exclusão Social, estas iniciativas reforçam a necessidade de agir, implementando políticas nacionais de luta contra a pobreza e a exclusão social mais eficazes.
fotografias: José Machado

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

(Re) ver a Pobreza

[clicar na imagem para aumentar]

Caminhar contra a fome

CONVITE: É com o maior prazer que a Junta de Freguesia vem dar a conhecer a iniciativa da II Caminhada Contra a FOME, à qual se associou. A Caminhada, com partida da E.B. 2/3 Pêro Vaz de Caminha até à Quinta do Covelo, acontece no dia 16 de Outubro, às 14h00. Inscrição: oferta de um bem alimentar a entregar no local da partida. Venha caminhar connosco contra a fome!

Exposição fotogrática

[clique na imagem para aumentar]
Exposição Fotográfica “Representações da pobreza”.

Dinâmicas actuais da pobreza e da exclusão social: conceptualizações, políticas e intervenção

[clicar na imagem para aumentar]
O colóquio "Dinâmicas actuais da pobreza e da exclusão social: conceptualizações, políticas e intervenção", terá lugar no auditório III da Fundação Gulbenkian, dia 25 de Novembro.

A iniciativa, que conta com o alto patrocínio do Presidente da República, bem como com o financiamento da FCT, decorre no contexto do Ano Europeu de Luta Contra a Pobreza e a Exclusão Social.

Crescer Ser - 5º Encontro

«Decorre nos dias 14 e 15 de Outubro, no Auditório da Universidade Católica Portuguesa - Campus Foz, o V Encontro Técnico da CrescerSer no Porto, co-organizado pelo SCMP (Colégio Barão de Nova Sintra) e pela Universidade Católica Portuguesa (Faculdade de Educação e Psicologia). Nas últimas décadas diversas áreas das ciências humanas e sociais têm-se preocupado com o constructo de resiliência, procurando compreender o... desenvolvimento positivo das crianças e dos jovens que enfrentam muitas condições negativas (de risco) nas suas vidas. A vinculação tem sido um dos aspectos abordados e a teoria e a investigação neste domínio tem contribuído para o esclarecimento da complexidade deste conceito. Neste 5º Encontro Técnico, especialistas de diferentes áreas de formação abordam a temática Vinculação, Risco e Resiliência, partilhando a sua reflexão teórica, os resultados da investigação científica bem como as práticas de intervenção.»
Informações: - vinculacaoresiliencia@gmail.com - CrescerSer: Casa de Cedofeita – 226096960, 962133058 Casa do Vale – 225574470, 962133060 - Colégio do Barão de Nova Sintra: 225371921