Follow by Email

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Tem uma grande ideia para um Projecto intergeracional?

«Tem uma grande ideia para um Projecto intergeracional? Fale-nos sobre a sua ideia e poderá ganhar um subsídio até €30.000. Inscreva-se hoje AQUI. Convite à apresentação de propostas Nos próximos 12 meses, no âmbito do programa Envelhecimento e Coesão Social, a Fundação Calouste Gulbenkian pretende atribuir a um total de 18 projectos em Portugal e no Reino Unido um máximo de €30.000/£30,000 por projecto, com vista ao desenvolvimento de projectos-piloto intergeracionais para enfrentar um desafio do século XXI. Através deste convite, a Fundação procura receber novas ideias de organizações com um historial comprovado de bons resultados. O prazo para a recepção de propostas da primeira fase termina às 12 horas de sexta-feira, 26 Março 2010. As candidaturas seleccionadas para a segunda fase terão de submeter uma proposta completa até às 12 horas de sexta-feira 16 de Abril 2010.» Contacto para mais informações: Fundação Calouste Gulbenkian info@entregeracoes.org www.gulbenkian.pt

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

7ª Meia Maratona Fotográfica de Setúbal

7ª Maratona fotográfica de Setúbal dedicada ao tema da pobreza e da exclusão social.

A REAPN é parceira desta iniciativa. As inscrições estão abertas até ao dia 26 de Fevereiro. Mais informações e o respectivo regulamento pode ser solicitado para o Gabinete da Juventude da Câmara Municipal de Setúbal.

Pela Madeira: campanha CTT

«Desde o dia 23 de Fevereiro que está em curso uma campanha nacional lançada pelos CTT, de recolha de bens essenciais. O objectivo é enviá-los para a Madeira, no âmbito do Programa de Luta contra a Pobreza e a Exclusão Social. As novecentas Estações de Correio do País estão mobilizadas para a iniciativa. Basta qualquer pessoa dirigir-se a uma Estação de Correios, pedir a caixa solidária grátis, enchê-la com os bens e marcar como destinatário a palavra MADEIRA. Não é preciso selo nem mais morada e o envio é grátis. Os CTT tratam de entregar os bens. As Instituições destinatárias são a Caritas da Madeira e a Associação Protectora dos Pobres do Funchal, que já informaram estarem a precisar, principalmente, dos seguintes produtos/bens: • - Lençóis • - Cobertores • - Mantas • - Almofadas • - Roupa interior (H/ S e criança) • - Roupa em geral • - Produtos de higiene • - Fraldas • - Leite em pó • - Comida para bebé • - Enlatados

O papel dos Juristas e do Direito no combate à pobreza

Enquadramento do 09 Congresso CAIS - de 17 a 19 de Março, Fundação Luso-Americana «JUSTIÇA E DIREITO - O papel dos Juristas e do Direito no combate à pobreza Como critica ao projecto totalitário e uniformizante do pensamento moderno, a pósmodernidade, enquanto interpretação sem factos, também trouxe um profundo e subversivo questionamento à forma de pensar e de ser do Direito e do seu aparato, na relação com a Justiça. A independência dos Juízes, como garantia de Justiça junto dos cidadãos, esvaziada de referências absolutas e, por isso, alicerçantes, vê-se hoje despida de uma áurea sacralizada, intocável e distante, tendo-se tornado cada vez mais, na praça pública, e na fraqueza da sua subjectivação, objecto de escrutínio por parte dos Media e da opinião pública. E o que estes parecem exigir do exercício do Direito é uma Ética que se julga frequentemente esquecida ou desligada da sua prática. Será o Direito, em Portugal, como o fazer da Justiça, independente dos poderes políticos, económicos e de outros? E será essa independência a Ética do Direito, enquanto força aberta e incondicional na defesa e promoção de direitos fundamentais? E como responde o aparelho judicial do Estado à fome e sede de Justiça dos cidadãos, em matérias tão sérias como o combate à pobreza, à corrupção, à evasão fiscal, à violação da dignidade humana e da natureza? Numa história que se transforma, imparável, o estudo e debate destas e de outras questões são por si só necessárias e urgentes, mas o estado a que chegou o fazer da Justiça, em Portugal, ainda as torna mais inadiáveis. Assim, a sua realização é o propósito de mais um Congresso CAIS». Mais informações podem ser solicitadas para os seguintes contactos: Associação CAIS
Rua Vale Formoso de Cima, n.º 49 a 55 1950-265 Lisboa Tel. (+351) 21 836 90 03 Email: eliana.lavos@cais.pt

Ciclo de Debates “Um conceito, mil palavras”

«A 1ª Sessão deste Ciclo de Debates - dedicado à discussão de um conceito com relevância sociológica a partir de um texto, previamente difundido, com não mais de 1000 palavras - realizar-se-á no próximo dia 3 de Março. A Sessão incidirá sobre o conceito de “Interacção social”, sendo Bruno Monteiro e José Madureira Pinto os autores do texto submetido a discussão. O debate iniciar-se-á com comentários de Carla Almeida e Cláudia Marisa suscitados pela suas experiências de pesquisa nos domínios da sociolinguística interaccional e das artes cénicas, respectivamente. A sessão terá lugar na Sala de Reuniões da Faculdade de Letras entre as 12h45m e as 14h15m». Mais informações podem ser solicitadas para: Instituto de Sociologia Faculdade de Letras da Fundação Universidade do Porto Via Panorâmica s/n - 4150-564 Porto Telf. e Fax +351 22 607 7190 E-mail: isociologia@letras.up.pt Web: www.letras.up.pt/isociologia

Pordata: Base de dados Portugal contemporâneo

«A "Pordata, Base de Dados Portugal Contemporâneo” é um site em que o leitor poderá encontrar uma imensa base de dados online na área das Ciências Sociais. Eis alguns dos principais temas: População, Educação, Saúde, Protecção Social, Emprego, Empresas, Cultura, etc. A Pordata foi organizada pela Fundação Francisco Manuel dos Santos, cujo Presidente do Conselho de Administração é o sociólogo António Barreto».
Aceder AQUI Notícia retidada do blog Caderno de Sociologia.

Fórum Permanente sobre a Extrema Pobreza no Mundo

«Aproveitamos o envio do número 73 da "Carta aos Amigos do Mundo" para vos agradecer e para vos dizer a que ponto tudo o que de vós recebemos nos dá coragem, nos inspira, nos ensina, a todos nós e também a muitas outras pessoas. [...] inaugurámos uma rubrica intitulada "Zoom sobre..." de que poderão ver os primeiros exemplos consultando o seguinte link, aqui. Esta rubrica é uma tentativa de dar a conhecer o empenho e as acções a um maior número possível de pessoas e, ainda, suscitar interacção, diz Huguette Redegeld, Coordenadora do Fórum Permanente sobre a Extrema Pobreza no Mundo.
Ler, ainda, a Lição de Vida de Pedro, aqui.

Dia Mundial do Serviço Social

As comemorações do Dia Mundial do Serviço Social associam-se ao Ano Europeu de Luta Contra a Pobreza e Exclusão Social. Assim, o jantar-convívio está agendado para o dia 12 de Março, às 19.30 horas, no Hotel D. Luís, em Coimbra. [clicar na imagem para aumentar].

Gestão de Excelência nas Instituições do Sector Solidário

O Seminário de Gestão de Excelência nas Instituições do Sector Social, terá lugar no Hotel Cinquentenário, em Fátima, no dia 20 de Março. «A gestão nas Organizações do Sector Solidário pode e deve ser um exemplo para as empresas dos Sectores Privado e Estatal. A consciência e responsabilidade sociais das IPPS exigem uma gestão com eficiência e qualidade para fazer bem, gastando o menos possível. A gestão de excelência só é possível com base no princípio de melhoria contínua. Impõe-se saber envolver os dirigentes e os colaboradores que devem sentir-se motivados através de processos de avaliação, de reconhecimento e de incentivo. As Organizações do Sector Solidário têm o dever de comunicar o que fazem, as dificuldades que encontram e os objectivos que as animam. Comunicar, utilizando os meios que tenham menos custos e sejam eficazes, é uma obrigação. Existem modernas tecnologias que permitem, por exemplo, gerir eliminando os papéis e ganhando tempo. A factura anual do papel, nomeadamente de fotocópias, tem significado na vida das Organizações. A redução dos custos elevados da energia é possível. Neste Seminário Internacional pretende-se colocar à disposição dos dirigentes e quadros técnicos das IPSS conhecimentos e experiências que lhes permitam gerir melhor, com mais eficiência e menos custos. A sustentabilidade financeira das Organizações passa pelas estratégias de gestão.» Mais informações, inscrições e programa AQUI.

I Encontro de Profissionais que trabalham com população de etnia cigana

A Associação para o Planeamento da Família – Projecto Xis, irá realizar o I Encontro de Profissionais que trabalham com população de etnia cigana - Troca(s). Este encontro terá lugar nas instalações da Associação para o Planeamento da Família – Delegação Regional do Norte (Rua Anselmo Brancaamp, 501 – 4000-084 Porto), dia 30 de Abril.

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Cinema contra a pobreza começa hoje, em Viseu

«Terminado o ciclo Europa 2010, o Cine Clube de Viseu (CCV) [em parceria com a REAPN] inicia no dia 23 de Fevereiro o ciclo A VIDA POR DIANTE. Com este ciclo, o CCV apresenta os últimos filmes de Jacques Audiard (“O Profeta”), Spike Jonze, (“O sítio das coisas selvagens”) e de Michael Haneke, (“O Laço branco”), vencedor da Palma de Ouro 2009 do Festival de Cannes. Todos os filmes são exibidos às terças-feiras, no Auditório do IPJ, em Viseu, às 21h45. Em comum, todos os filmes propostos partem de temas associados à infância e juventude, conseguindo ao mesmo tempo captar a atenção para uma fase sensível das vidas de todos nós, e equacionar contextos histórico-sociais e, por vezes, ideias e mitos que ainda subsistem. Integrada no Ano Europeu de Combate à Pobreza e Exclusão Social, A VIDA POR DIANTE inclui uma sessão comentada por Etã Sobal Costa, responsável pelo Internato de Santa Teresinha, a propósito da projecção de “Los Olvidados”, de Luis Buñuel.».
Fonte: AQUI

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Agenda do Ano Europeu: adquira já a sua!

2010, como sabemos, é o Ano Europeu do Combate à Pobreza e à Exclusão Social. A abertura oficial foi no dia 21 de Janeiro, em Madrid e, em Portugal, no dia 6 de Fevereiro.
Para assinalar o Ano Europeu, a REAPN editou uma agenda onde estão assinalados os dias em que, especialmente, na Europa, se comemora a iniciativa: as "focus weeks".
A REAPN convidou fotógrafos portugueses a cederem fotografias e o resultado está compilado neste suporte.
Assim, temos 12 fotografias alusivas à pobreza e à exclusão social, da autoria dos seguintes fotojornalistas: Alfredo Cunha; Fernando Veludo; João Pedro Marnoco; José Manuel Ribeiro; Leonel de Castro; Lucília Monteiro; Paulo Pimenta e Pedro Neves.
A REAPN quer reiterar o agradecimento a todos os fotógrafos. Sem as fotografias que, gentilmente, nos cederam este trabalho não seria viável.
A agenda pode ser adquirida pelo valor de 5 euros. Mais informações podem ser solicitadas através do e-mail comunicacao@reapn.com
imagens: capa e contracapa da AGENDA. Design by Mariana Mattos Design

Parabéns e sementes para a OIKOS

A OIKOS está de parabéns! Faz 22 anos na próxima terça-feira, dia 23 de Fevereiro. E pede sementes. Saiba mais aqui.

Violência Doméstica em debate

Dirigido a toda a comunidade e, em particular, à comunidade educativa o seminário "Violência Doméstica" tem como objectivo sensibilizar a população para a prevenção e para a alteração de práticas e comportamentos, alertando para os estereótipos de género, promovendo dinâmicas participativas. A iniciativa está agendada para o dia 26 de Fevereiro, às 21.30 horas, no auditório da junta de freguesia da Madalena, em Vila Nova de Gaia. Inscrições: baloicodotempo@gmail.com tm: 910279273

Indisciplina na escloa - causas e efeitos

”Indisciplina na Escola - Causas e Efeitos. Família, Escola, Sociedade – Uma Convivência Necessária”. É assim que se intitula a conferência que terá lugar no auditório da Casa do Povo de Alcochete, dia 27 de Fevereiro, às 15 horas. Jorge Souto, membro da Comissão Nacional de Protecção de Crianças e Jovens em Risco; Tiago Caeiro, sociólogo, mestrado em violência na escola, trabalha no Programa dos Territórios Educativos de Intervenção Prioritária; Félix Bolaño - director do Agrupamento de Escolas da Apelação, Loures; Ana Beatriz, psicóloga (especialista na área de Comportamento Desviante e Ciências Criminais); doutoranda em Estudos da Criança, área de Psicologia do Desenvolvimento e Educação Augusta Alves, directora do Agrupamento de Escolas de Alcochete e Carlos Romão, subdirector da Escola Secundária de Alcochete, são os oradores convidados. A entrada é livre.

Debate e reflexão sobre violência doméstica

"Violência Doméstica e Repercussões na Vida Escolar" é o tema do debate que terá lugar amanhã, às 15 horas, no auditório da junta de freguesia do Feijó.

Mulheres juristas comemoram Dia Internacional da Mulher

A Associação Portuguesa de Mulheres Juristas comemora o Dia Internacional da Mulher - 8 de Março - com um jantar temático "As Mulheres e a Instauração da República". A iniciativa, acompanhada de uma mostra, terá lugar na Cantina Militar, em Lisboa. Mais informações podem ser solicitadas através dos contactos encontrados no neste site.

Programação Neurolinguística

«A Programação Neurolinguística estuda o funcionamento da mente,comportamento e pensamento do ser humano através da junção de várias vertentes e estudos já realizados em relação ao funcionamento e desenvolvimento humano. Estes estudos vem de encontro às necessidades de uma comunicação eficaz, de melhorar a performance, desbloquear situações e dificuldades, ganhando ferramentas e conhecimentos em relação a si próprio e aos outros. É dotada de várias técnicas práticas para a alcançar objectivos que se propõem. Em constante crescimento a PNL (programação neurolinguística) tem sido aplicada em vários sectores como liderança, desenvolvimento pessoal, organização de empresas, trabalho com equipas, formação, saúde entre outros. A aprendizagem nesta formação é privilegiada para pessoas e profissionais responsáveis pelo desenvolvimento pessoal e/ou profissional de uma organização e para quem quer obter competências de excelência para o relacionamento interpessoal». Nos dias 2 e 3 de Março, o Núcleo Distrital da Guarda da REAPN, promove uma acção de formação dedicada à Programação Neurolinguística que terá lugar na Escola Superior de Tecnologia e Gestão/Instituto Politécnico da Guarda. Mais informações podem ser solicitadas através do e-mail guarda@reapn.org

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Avaliação e Monitorização de Projectos de Intervenção Social

Contribuir para a melhoria das competências dos dirigentes e quadros técnicos de organizações sem fins lucrativos de intervenção social é um dos objectivos da acção de formação "Avaliação e Monitorização de Projectos de Intervenção Social", a decorrer nos dias 23, 24, 30 e 31 de Março, na Biblioteca Municipal da Marinha Grande. Esta iniciativa, organizada pelo Núcleo Distrital de Leiria da REAPN, destina-se a quadros técnicos e dirigentes de instituições com formação na área das ciências sociais e com responsabilidades na monitorização e avaliação de projectos. O programa pode ser consultado AQUI e mais informações podem ser soliciatadas através do e-mail leiria@reapn.org

Ciclo de sessões sobre responsabilidade social

A Associação Portuguesa para a Qualidade [APQ] está a organizar um ciclo de sessões sobre responsabilidade social. As sessões técnicas, subordinadas a diferentes temas, decorrem no Porto e em Lisboa e podem ser consultadas AQUI.
Condições de participação AQUI.

Curso de Especialização em Protecção das Crianças e dos Jovens

«O Instituto Jurídico da Universidade Portucalense realiza a 2.ª Edição do Curso de Especialização em Protecção das Crianças e dos Jovens. O Curso, com início no dia 12 de Março de 2010, visa proporcionar uma formação especializada em todas as matérias relacionadas com a Protecção das Crianças e dos Jovens. Destina-se a licenciados em Ciências Policiais; Direito; Educação; Enfermagem; Medicina; Política Social; Psicologia; Serviço Social; Sociologia, Solicitadoria e áreas afins. Destina-se também a profissionais não licenciados com currículo relevante nas áreas da Infância e Juventude. O Curso, com uma duração total de 94h, será ministrado em horário pós-laboral. Mais informações através da linha verde do Gabinete de Ingresso 800 27 02 01 ou AQUI.

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

e-news da REAPN

A partir de hoje poderá fazer a subscrição da e-news da REAPN aqui. Assim, receberá, comodamente, as notícias na sua caixa de correio. Fique a conhecer os projectos REAPN. Já conhece o "guia para professores", uma "ferramenta que pode ser útil a toda a comunidade educativa? Esta informação consta da edição electrónica do FLASH REDE. Subscreva-a e recomende-a. Ajude-nos a divulgar o nosso trabalho. Mantenha-se informado.

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

FNGIS traça objectivos e acções para o Ano Europeu

No âmbito da abertura oficial do Ano Europeu de Combate à Pobreza e Exclusão Social, no passado dia 6 de Fevereiro, o Fórum Não Governamental para a Inclusão Social (FNGIS) considera urgente sublinhar a importância e a oportunidade desta iniciativa na qual deposita grandes expectativas. De acordo com Sérgio Aires, presidente da Comissão Instaladora do FNGIS, «este Ano Europeu acontece num momento particularmente relevante em que a União Europeia se encontra a avaliar a Estratégia de Lisboa (2000-2010) e a preparar uma nova estratégia onde o objectivo do combate à pobreza deveria, na nossa opinião, ganhar uma nova centralidade e valor instrumental. O FNGIS tem um carácter inter-institucional. Apostamos na interlocução com o Estado contribuindo para o delineamento, implementação e avaliação do Plano Nacional de Acção para a Inclusão. Tal só é possível através da colaboração activa dos membros que integram esta plataforma e da complementaridade de experiências de trabalho envolvidas. O desafio do acesso à educação, à saúde, à habitação, ao emprego, mas também do integral cumprimento dos direitos humanos, sobretudo em relação a grupos particularmente vulneráveis (idosos, crianças, minorias étnicas, imigrantes, entre outros) são algumas das causas abraçadas pelo Terceiro Sector, imprescindíveis para a sinalização e resolução de novos problemas sociais. Como sempre afirmámos, o Ano Europeu de Combate à Pobreza e Exclusão Social assume uma importância fulcral na medida em que estaremos perante uma avaliação da Estratégia de Lisboa (2000 – 2010) e a apresentação de uma nova estratégia (2010 – 2020), num contexto de uma crise económica e social internacional muito grave. É neste sentido que o FNGIS considera que, durante este ano, seria de importância decisiva privilegiar um conjunto de objectivos e acções concretas (algumas já em curso e protagonizadas por vários dos nossos membros mas que deveriam merecer um forte investimento ao longo deste ano) e na concretização das quais nos encontramos plenamente empenhados». Continua AQUI, no site do FNGIS.

“O Combate à Pobreza e à Exclusão Social pelos caminhos da inovação”

«A Cáritas Portuguesa promove nos dias 24 e 25 de Fevereiro, no Auditório Municipal Charlot, umas Jornadas, de âmbito nacional, que terão como tema geral “O Combate à Pobreza e à Exclusão Social pelos caminhos da inovação”. Pelo tema se poderá constatar a importância desta iniciativa. Para além da indispensável vontade política e do cumprimento responsável dos deveres de cidadania, a complexidade de que se reveste, cada vez mais, qualquer estratégia de combate à pobreza e à exclusão social, exige muita criatividade. A reflexão que será suscitada pelos peritos convidados, a juntar à dos participantes que levarão consigo muita “experiência feita”, hão-de ser contributos que reforçarão o combate às injustas desigualdades sociais que terá este ano e no espaço europeu uma particular relevância. Dada a limitação do número de lugares, as inscrições serão aceites por ordem de chegada. Será, por isso, necessário indicar o endereço electrónico para que, no caso de não se poder aceitar a inscrição por falta de vagas, se avisar, atempadamente, os/as visados/as. As inscrições poderão ser enviadas por correio, fax ou mail, até ao dia 19 de Fevereiro, para Cáritas Portuguesa, Praça Pasteur n.11 – 2.º Esq, 1000-238 Lisboa, fax:218 454 221, mail: luisacorreia@caritas.pt.» FONTE:AQUI.

Dia Europeu da Vítima do Crime

Dia 22 de Fevereiro, data em que se assinala o Dia Europeu da Vítima de Crime, a Associação de Apoio à Vítima (APAV) organiza o seminário-debate “As vítimas de crime e os órgãos de comunicação social”. O programa pode ser consultado no portal da APAV. Mais informações podem ser solicitadas através dos seguintes contactos: 21 358 79 19 secretariado@apav.pt

Cuidar a democracia, cuidar o futuro

"Esquemas de Produção e Padrões de Consumo" é o tema do próximo debate do ciclo "Cuidar a Democracia, Cuidar o Futuro", a ter lugar dia 11 de Fevereiro, às 17 horas, no Centro Nacional de Cultura. O programa pode ser consultado aqui.

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

A Europa dos Resultados [Agenda Social Europeia em debate]

A conferência "Agenda Social Europeia" decorre, em Lisboa, no próximo dia 10 de Fevereiro. A iniciativa é da responsabilidade do Instituto de Estudos Estratégicos e Internacionais (IEEI), em parceria com a Associação Industrial Portuguesa (AIP-CE). «Este debate faz parte de uma série de conferências dedicadas ao tema genérico "A Europa dos Resultados", no quadro de uma iniciativa da Representação em Portugal da Comissão Europeia e do Centro de Informação Europeia Jacques Delors. Um paradoxo central tem marcado os últimos anos do processo de integração europeia: num mundo globalizado, nunca a União foi tão necessária, mas simultaneamente, está, de forma quase sistemática, a ser posta em causa. Discutir a eficácia dos instrumentos que a UE desenvolveu, como o Mercado Único ou a Estratégia de Lisboa, e a capacidade das instituições europeias para responder aos anseios dos seus cidadãos e atingir os objectivos estratégicos da prosperidade, solidariedade e segurança, tornou-se uma peça essencial do debate sobre o futuro da Europa.» Mais informações podem ser solicitadas através dos seguintes contactos: Inscrições: pmf@ieei.pt . Tel: 210 306 700 . Fax: 351 217 593 983

Plataforma Portuguesa de ONG´S abre canais de comunicação

A Plataforma Portuguesa das ONGD, informa que «no seguimento dos recentes acontecimentos no Haiti e aproveitando a crescente onda mediática em redor deste assunto decidimos, para além das “simples” relações com os media, tentar a presença em alguns programas televisivos. Esta presença teria como objectivo educar as pessoas sobre o trabalho das ONGD nestes cenários e o tipo de ajuda que pode ser dado. Neste sentido, conseguimos estar presentes no programa Sociedade Civil num programa sobre "Como proteger-se das catástrofes naturais". O tema não era o desejado, mas considerámos que esta era uma oportunidade que não podíamos perder. Tendo em conta estas condicionantes, consideramos que o resultado foi positivo pois conseguimos passar algumas mensagens muito importantes. A presença neste programa abriu igualmente as portas à presença da Plataforma Portuguesa das ONGD e das suas associadas em futuros programas. Este facto vai ao encontro de uma das metas de comunicação para este ano que passa por ter uma presença mais regular nos media nacionais.» O programa pode ser visto AQUI.

Grande será o seu futuro

«Se acredita que Grande Será o Seu Futuro e concluiu o 12º ano através de um percurso formativo apoiado pelo Fundo Social Europeu, nomeadamente através de Cursos do Sistema de Aprendizagem, Cursos Profissionais, Centros Novas Oportunidades ou Cursos de Educação e Formação de Adultos, esta é a oportunidade de nos dizer como a sua vida mudou, projectos para o amanhã e sonhos já conquistados. O que pretendemos é simples: envie-nos ao próximo dia 28 de Fevereiro, um texto (máximo cinco mil caracteres), juntamente com alguma fotos que ilustrem a sua realidade, e dê-nos a conhecer a sua história e o seu futuro após a conclusão do Ensino Secundário. Como recompensa à sua criatividade, inovação e empenho em mudar de vida, todos os participantes receberão uma t-shirt personalizada e aos dois depoimentos com mais potencial humano será atribuído um voucher de estudo no valor de 3.500€ e 2.000€, para além da divulgação dos seus trabalhos na Feira da Juventude, Qualificação e Emprego – FUTURÁLIA e no Programa Iniciativa da RTP2. Conte-nos como vai ser grande o seu futuro!» Fonte e REGULAMENTO do concurso AQUI.

Programa Juventude em Acção

«O Programa Juventude em Acção é uma grande aposta na emancipação dos jovens e das suas organizações, com resultados na expressão internacional do movimento associativo e num significativo aumento de competências, não só no domínio do multilinguismo, mas também no desenvolvimento pessoal e social dos seus participantes. A Comissão Europeia e o Governo disponibilizam com o «Juventude em Acção» uma oportunidade de trabalho, de reflexão e partilha que se reflectem num aumento significativo da qualidade da prestação de todos quantos neste sector operam, sendo responsáveis pela criação de novas oportunidades e de novos cenários para uma cada vez maior e mais diversificada expressão da emancipação juvenil. A apresentação continua aqui. Este curso de formação internacional visa desenvolver os mecanismos criativos na utilização do Programa Juventude em Acção. Tem como finalidade melhorar a qualidade dos projectos juvenis internacionais através da diversificação de soluções para desafios que são comuns no desenvolvimento de projectos, bem como, multiplicar as práticas inovadoras a nível local. Objectivos: Apoiar os trabalhadores e os líderes juvenis na elaboração de abordagens inovadoras relacionadas com as questões juvenis e no desenvolvimento de soluções criativas para aumentar o impacto e a eficiência das actividades com jovens; Analisar todas as fases de gestão de um projecto (preparação, implementação, avaliação e seguimento) e desenvolver soluções criativas para melhorar estas fases em termos de processo e qualidade dos resultados; Desenvolver metodologias inovadoras que promovam a participação efectiva de todos os actores envolvidos nos projectos juvenis: parceiros, jovens, comunidades locais e decisores políticos. Condições de participação: O curso de formação é gratuito e todas as despesas relacionadas com estadia, alimentação e actividades serão suportadas pela Agência Nacional Portuguesa. A Agência Nacional apoia ainda as deslocações entre o local de residência e o local de realização do curso aos inscritos seleccionados, quando justificadas. Destinatários:Gestores de projectos, Formadores, Jovens, Líderes Juvenis, Trabalhadores na área da Juventude. Os candidatos devem ter alguma experiência no Programa Juventude em Acção ou pelo menos ter a intenção de a curto prazo desenvolver uma candidatura a este programa. Devem também ter disponibilidade para participar em todo o programa do curso e ter competências necessárias para usar o inglês como língua de trabalho. Prazo Limite de inscrição: 16 de Abril de 2010»
Ficha de inscrição aqui e mais informação aqui.

Debate Sociologia e Profissão: Olhares Cruzados

O presidente da REAPN, Padre Jardim Moreira é um dos oradores do painel "O mercado de trabalho da Sociologia na óptica dos empregadores: oportunidades e constrangimentos". Moderado por João Teixeira Lopes, da Associação Portuguesa de Sociologia (APS), organizadora do encontro, este painel conta, ainda, com as intervenções de Elisabete Ribeiro, da Associação Desenvolvimento Comunidadades Locais, Henrique Melo, da Caixa Geral de Depósitos, Carlos Gonçalves, da Continental Mabor, Avelino Leite, do Instituto de Emprego e Formação Profissional e Paulo Finuras, da CEGOC. O programa, na totalidade, pode ser consultado aqui. "Debate Sociologia e Profissão: Olhares Cruzados", terá lugar na Biblioteca Municipal de Viana do Castelo, nos próximos dias 19 e 20 de Fevereiro. Mais informação aqui.

Qualidade e Sustentabilidade nas ONG`S

Com os objectivos de reforçar a competência na gestão das organizações, compreender o conceito de Qualidade nas instituições do terceiro sector e identificar os principais conceitos e ferramentas da área da Qualidade, o Núcleo Distrital da REAPN de Castelo Branco promove uma acção de formação subordinada à "Qualidade e Sustentabilidade nas ONG`S". A iniciativa tem lugar na Biblioteca Municipal de Castelo Branco nos dias 10, 17, 24 e 31 de Março. Mais informações podem ser solicitadas através do e-mail castelobranco@reapn.org

Cooperativa António Sérgio nasce para apoiar "terceiro sector"

«[...] Estima-se que a economia social empregue em Portugal mais de 250 mil pessoas em quase nove mil instituições. Sob a figura de régie cooperativa (cooperativa mista), a nova instituição resulta de uma parceria entre o Estado, que detém 60% do capital social, e actores da designada economia social, como a Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade (CNIS), União das Misericórdias Portuguesas, União das Mutualidades Portuguesas, Confederação Cooperativa Portuguesa, Confederação Nacional das Cooperativas Agrícolas e do Crédito Agrícola, e Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Local. A Cooperativa António Sérgio sucede ao INSCOOP – Instituto António Sérgio do Sector Cooperativo e é uma das medidas anunciadas pelo Governo para reforçar a parceria com o designado sector social. Entre os projectos anunciados no VIII Governo Constitucional, está o Inov-Social, programa de estágios em instituições da economia social, orçado em 10 milhões de euros. As candidaturas decorrem até 30 de Abril. Está previsto, igualmente, o lançamento do PADES, um programa de apoio a projectos da economia social, orçado em 50 milhões de euros, a constituição de uma linha de crédito bonificado destinada a apoiar as actividades do sector social e a criação de um Conselho Nacional para a Economia Social, presidido pelo primeiro-ministro. »
Fonte: aqui.

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Inquérito sobre motivação solidária

No âmbito do Doutoramento em Gestão pelo ISCTE, Instituto Universitário de Lisboa, Madalena Abreu está a realizar uma investigação com o objectivo de conhecer melhor a motivação para ajudar. «O objectivo é desenvolver o conhecimento sobre os doadores, actuais e potenciais, já que é fundamental dispormos de estudos nacionais sobre as doações às diversas organizações,para que todos possam ser cada vez mais eficazes na sua missão. Estou presentemente na fase da recolha de dados, recorrendo a uma base de dados de quase todas as organizações sem fins lucrativos do nosso país, a qual fui compilando com diversas ajudas». Para colaborar com Madalena Abreu, basta clicar aqui e responder ao questionário. «Gostaria de contar com a opinião do maior número possível de doadores/benfeitores das organizações. Por isso peço para reenviarem este questionário a todos os vossos doadores/benfeitores, dos quais a vossa Organização tem o endereço electrónico, até ao dia 14 de Fevereiro.» Os participantes que desejem receber um relatório síntese dos resultados, podem solicitá. lo através do e-mail mabreu@iscac.pt

Apresentação de candidaturas das Comunidades Portuguesas

«Ano Europeu do Combate à Pobreza e à Exclusão Social (AECPES) apresentação de Candidaturas das Comunidades Portuguesas até 1 de Março de 2010 Objectivos Gerais i) O reconhecimento dos direitos — reconhecer o direito fundamental das pessoas em situação de pobreza e exclusão social a viver com dignidade e a participar activamente na sociedade; ii) A responsabilidade partilhada e participação — reforçar a apropriação pelo público das políticas e acções de inclusão social, sublinhando a responsabilidade colectiva e individual na luta contra a pobreza e a exclusão social, bem como a importância de promover e apoiar actividades voluntárias; iii) A coesão — promover uma sociedade mais coesa através da sensibilização do público quanto aos benefícios para todos de uma sociedade onde a pobreza foi erradicada, a repartição justa é apoiada e ninguém marginalizado; iv) O empenho e acções concretas — reiterar o forte empenho político da União Europeia e dos Estados membros em acções com um impacte decisivo na erradicação da pobreza e da exclusão social e promover esse empenho e essas acções em todos os níveis de governação. Continua.» Mais informação, aqui.

P´RA TI

A pedido da instituição, divulga-se a existência do P'RA Ti - Centro de Atendimento e Acompanhamento a Mulheres Vítimas de Violência, da União de Mulheres Alternativa e Resposta ( UMAR), Porto. P'RA Ti - Centro de Atendimento e Acompanhamento a Mulheres Vítimas de Violência Morada: Rua do Paraíso, nº 250, 4000-376 Porto Telefone: 222 025 048 Fax: 222 018 245 Telemóvel: 910 018 245 E-mail: umarporto@sapo.pt Horário de Funcionamento: 2ª a 6ª feira, das 9h30m às 17h30m (possibilidade de flexibilização e agendamento de emergência no próprio dia) Valências: Apoio Psicológico Apoio Social Apoio Jurídico Orientação Profissional Apoio pontual em vestuário Público-alvo: Mulheres Vítimas de Violência e seus/filhos/as. Articulação com a Linha Nacional de Emergência Social (LNES): 144 Articulação com a Rede Nacional de Casas Abrigo para mulheres vítimas de violência e seus filhos/as menores. Outras articulações (CPCJs, EMATs, Centros de Acolhimento Temporário para Menores, Banco Alimentar, etc.)

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Risco de pobreza: estudar faz toda a diferença

«A incidência do risco de pobreza tende a variar de acordo com algumas variáveis de caracterização sociográfica, tal como sexo, idade, escolaridade ou tipo de agregado doméstico. As mulheres, os mais velhos e a população até aos 17 anos, os menos escolarizados e as famílias monoparentais são os grupos mais afectados. A Letónia é o país da UE-27 que apresentava em 2008 a mais elevada taxa de risco de pobreza após serem efectuadas as transferências sociais (ver nota metodológica). Mais de 1/4 da população da Letónia dispunha de um rendimento anual líquido inferior a 60% do rendimento mediano (por adulto equivalente) do país. Na Roménia e na Bulgária o valor deste indicador situa-se também acima dos 20%, enquanto em Portugal é de 18% – um ponto percentual acima do valor médio para a UE-27. A República Checa, por seu lado, é o único país da UE-27 no qual a taxa de risco de pobreza após as transferências sociais se situa abaixo dos 10%. Da observação do Quadro 1 constata-se que em nenhuns dos países em causa o valor do risco de pobreza entre as mulheres é inferior ao verificado nos homens. Na Estónia essa diferença atinge os seis pontos percentuais. [...]» Continua. Fonte:aqui.

Ano Europeu em português

Os actores Sandra Barata Belo e Ricardo Pereira apresentam, dia 6 de Fevereiro, na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, a cerimónia de abertura oficial do Ano Europeu do Combate à Pobreza e à Exclusão Social. Apesar de o Ano Europeu já ter arrancado, o mês passado, em Madrid; em Portugal, oficializa-se no próximo Sábado.
PROGRAMA 21h30 Intervenção de Abertura pelo Presidente da Fundação Calouste Gulbenkian Actuação da Orquestra Geração Actuação da Orquestra Gulbenkian Intervenção do Presidente da República (registo audio-visual) Intervenção do Primeiro Ministro (a confirmar) Intervenção da Ministra do Trabalho e da Solidariedade Social Apresentação dos Embaixadores do Ano Europeu do Combate à Pobreza e à Exclusão Social 23h00 Encerramento pelo Coordenador Nacional do Ano Europeu Site a consultar, AQUI.

«Solidariedade em tempo de crise»

«A União Europeia designou 2010 como o ano da erradicação da pobreza e exclusão social. Este tema ganha um novo significado, no contexto das tentativas realizadas para ultrapassar sistemas injustos, que causaram a crise financeira global. Esta crise serviu para lembrar o potencial destrutivo do crescimento económico não regulado e dos modelos de desenvolvimento que falham na resolução das questões relacionadas com a desigualdade e a justiça social. Foi a última de uma série de crises internacionais – incluindo alimentos, água, recursos naturais, energia, armas nucleares e alterações climáticas – que ameaçaram a paz, a estabilidade e a justiça no nosso mundo. Esta mensagem, da Conferência das Comissões Europeias Justiça e Paz, que representa 29 países, é um apelo a todas as nações europeias. É preciso reconhecer que a nossa única esperança para dar uma resposta de longo prazo à actual crise assenta num compromisso renovado para com a solidariedade e a cooperação, à escala global. Inspirando-nos nas Sagradas Escrituras e na Doutrina Social da Igreja, bem como em ligação com as recentes mensagens do Papa Bento XVI, defendemos que os valores centrais que informam as nossas respostas aos desafios actuais devem ser a dignidade da pessoa humana, o bem comum e a promoção do desenvolvimento humano integral. Estamos agora a cinco anos do cumprimento dos Objectivos de Desenvolvimento do Milénio e qualquer tentativa das nações mais desenvolvidas para protelar os compromissos assumidas relativamente a estas metas até 2015 deve ser afastada. No nosso mundo crescentemente globalizado estamos mais do que nunca conscientes da interdependência entre as nações e da necessidade de trabalhar para o bem comum à escala global, como é sublinhado, de forma particular, pelos desafios colocados pelas alterações climáticas. Ao mesmo tempo, os direitos e a dignidade dos mais vulneráveis através do mundo continuam a ser ameaçados por acções e políticas das nações mais desenvolvidas. A migração crescente para a União Europeia dos que estão a ser mais afectados pela crise trouxe o desafio da solidariedade para perto de nós, de uma maneira muito concreta.» A Mensagem da Conferência das Comissões Europeias Justiça e Paz, continua aqui.

Pós Graduação em Gestão Organizacional de Equipamentos Destinados a Pessoas Idosas

Estão abertas as inscrições para a Pós Graduação em Gestão Organizacional de Equipamentos Destinados a Pessoas Idosas, em colaboração com a Universidade Fernando Pessoa e Instituto Leopoldo Guimarães. «A realização desta Pós Graduação é mais um esforço da Associação dos Amigos da Grande Idade, no sentido de dar mais Qualidade à Gestão Organizacional de Lares e equipamentos destinados às pessoas idosas em Portugal (lares, residências assistidas, cuidados continuados, centros de dia, etc)». Contactos: Rui Fontes - Telf. 919711797 César Fonseca - Telf. 969042537 Incrições e informações aqui. Fonte: Associação dos Amigos da Frande Idade

Especialização em Mainstreaming de Género nas Políticas Públicas

«A integração transversal da dimensão de género em todos os domínios de política (mainstreaming) está determinada no III Plano Nacional para a Igualdade – Cidadania e Género (2007-2010), tendo em vista alcançar os objectivos previstos na Convenção sobre a Eliminação de todas as formas de Discriminação contra as Mulheres (ONU, 1979) e seguindo o disposto na Declaração e Plataforma de Acção de Pequim (ONU, 1995), bem como na estratégia e nas medidas de política da União Europeia para a promoção da igualdade entre mulheres e homens. Reconhece-se a importância da integração da dimensão de género em todos os domínios de política enquanto estratégia de promoção da igualdade entre mulheres e homens e como requisito de boa governança.». Mais informação AQUI.
Fonte: aqui.